Homem cai de telhado e é resgatado por helicóptero do SAMU em estado grave

Redação|
Luciano Barbosa

O comerciante Luis Adilson da Costa, 40, sofreu um grave acidente ao cair, por volta das 10h30min desta sexta-feira, 27, do telhado da casa de um vizinho, onde havia subido para pintar a parede externa do 1º andar de sua residência, no número 210 da Avenida Comendador Tércio Wanderley, na entrada/sul de Coruripe, onde também tem uma loja de moto-peças. Por conta da gravidade em que se encontra seu estado de saúde, um helicóptero do SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), foi chamado para conduzir a vítima a Maceió, por volta das 13h25min.

Segundo informações de José Ivonaldo Melo, primo e cunhado de Costa, ele teria pisado fora da tábua que estava sendo usada como apoio, sobre o telhado do vizinho, uma altura de aproximadamente 4 metros. “Ele foi dar um passo e acabou pisando fora da tábua. Com isso ela se ergueu um pouco e, com o peso, quebrou parte do telhado, foi quando ele caiu e bateu com a cabeça no chão, no interior da casa” disse.

Ainda segundo Ivonaldo, Costa foi conduzido ao Hospital Carvalho Beltrão vomitando sangue. Também saía sangue pelo nariz e ouvidos.

De acordo com um membro da equipe médica que prestou os primeiros atendimentos, “a vítima estava bastante confusa e respirava com dificuldade. Nós estabilizamos a situação. Ele ficou por algum tempo na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), até a chegada do helicóptero” disse o membro da equipe médica, que não quis se identificar, informando que foi constatado um trauma crânio-encefálico. “O estado de saúde dele é grave, por isso a necessidade de uma transferência rápida”.

Costa foi conduzido, ao Hospital Unimed, em Maceió, onde será avaliado por um neurocirurgião. “Com a pancada forte na cabeça, há suspeitas de formação de um coágulo sanguíneo no cérebro, podendo ele ser submetido a cirurgia”, disse outro membro da equipe do Hospital Carvalho Beltrão.

Primeiro resgate de helicóptero

O resgate de Luis Adilson da Costa foi o primeiro feito por um helicóptero do SAMU em Coruripe, desde que o serviço foi implantado no município do Litoral Sul, no dia 16 de maio deste ano.

Na aeronave, além do piloto, um médico e um para-médico acompanharam a vítima.

Adilson, como é popularmente conhecido, tem uma loja de moto-peças e é bastante conhecido na cidade.

A cool cat.
A cool cat.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados