São Miguel Web

Agentes da Polícia Civil evitaram uma possível fuga em massa ontem (01), na delegacia de São Miguel dos Campos. Segundo informações do delegado Mário Jorge, um dos agentes realizava trabalhos na sala do cartório quando ouviu um barulho suspeito na parede que separa banheiro da cela da parede do cartório.

Os agentes averiguaram e constataram a suspeita. “Fizemos uma vistoria na parte externa da delegacia e observamos que uma das paredes já tem sinais do buraco que estava sendo feito pela parte de dentro”, fala um dos agentes.

Após as constatações preliminares, o delegado fez averiguações na parte interna do banheiro da cela e foi descoberto um buraco embaixo dos azulejos do banheiro. “Em mais dois ou três dias seria possível a fuga. O azulejo era o disfarce pra que o buraco não fosse descoberto, eles tiravam o azulejo e depois colocavam pra não levantar suspeita”, complementou o agente. .

Para garantir uma vistoria segura em todas as celas, Mário Jorge acionou a Polícia Militar e uma equipe do Pelopes e em conjunto com os agentes fizeram o isolamento das celas. “Encontramos além de um aparelho celular e dois carregadores, uma talhadeira e um coador de café, este provavelmente estava sendo usado pra retirar a terra que era retirada da parede”.

Durante a vistoria os agentes descobriram outro buraco na parede da cela 08. “No caso da cela oito o buraco estava sendo disfarçado por um cartaz colado na parede”, mostra o chefe de serviço.

Mário Jorge acionou o Instituto de Criminalística (IC), para que fosse feita uma análise mais detalhada do local. “Acreditamos que o ‘trabalho’ dos detentos era pra uma fuga em massa”, finaliza.

As celas suspeitas foram isoladas e os detentos foram remanejados para outras celas até que sejam tomadas providências.