Centenas de candidatos participaram do processo de seleção realizado pela Secretaria de Estado do Trabalho, realizado desde o dia 8 deste mês, para atender à solicitação da empresa Perdigão, que busca mão-de-obra alagoana para sua unidade no estado do Mato Grosso.

Os 130 trabalhadores selecionados viajam no dia 24 para o Mato Grosso em dois ônibus fornecidos pela empresa. A partida será na sede do SINE, em Jaraguá, e vai ser acompanhada pela diretoria do órgão, que está empenhada no fomento junto ao empresariado nacional e local, para oferecer mais oportunidades de emprego aos trabalhadores alagoanos.

O secretário de Estado do Trabalho, Regis Cavalcante, que se reuniu representantes da Perdigão, disse que isso que a empresa está fazendo é algo novo em Alagoas. Regis destacou também a vontade de crescimento do povo alagoano, que abraça a oportunidade com vontade.

Durante os dias 16 e 17, foram realizadas, no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Maceió (CDL), apresentações de vídeos institucionais da Perdigão, retratando todo o procedimento de trabalho da empresa. Essa foi a última etapa do processo de seleção, que definiu as 130 pessoas para o quadro da multinacional.

De acordo com a psicóloga da Perdigão, Karla Erdmann, a transparência em todo o processo foi fundamental para o sucesso da seleção. Karla explicou que a unidade do Mato Grosso é um antigo frigorífico, que já contempla quatro anos com a instalação da Perdigão.

“Esperamos que os trabalhadores gostem e que fiquem lá, porque temos deficiência de mão-de-obra com o 2º grau no Mato Grosso”, frisou a psicóloga, ressaltando que foi feita uma pesquisa em todo o território nacional para verificar quais eram os estados mais promissores de mão-de-obra disponível.