A partir desta segunda-feira (03) todos os serviços prestados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AL) estão paralisados. O motivo é a greve deflagrada pelos servidores do órgão que afeta milhares de usuários em todo o Estado. Os atendimentos na sede do Detran, nas 13 Ciretrans e nas centrais de Atendimento Já ficam suspensos por tempo indeterminado.

A reivindicação dos servidores é o reajuste salarial de 27,6%. As negociações com o Governo esbarram na alegação de o aumento não pode ser concedido a categoria devido o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Representantes da categoria afirmam que o aumento na folha fica em apenas 0,02%. O número foi comprovado após um estudo feito pela categoria e confirmado por uma comissão criada pelo Diretor do órgão, Antônio Sapucaia.

Além do reajuste, outro ponto de reivindicação dos servidores é a revitalização da Escola Pública de Trânsito.