O governador Teotonio Vilela entrega, às 9h30 desta segunda-feira (3), 1.242 cestas de alimentos aos trabalhadores da Usina Utinga Leão, em Rio Largo. Ao todo serão doadas 5 mil cestas, no período de 3 a 10 de agosto, na sede da Utinga Leão e na de Taquara, em Colônia de Leopoldina. A ação foi possível graças à parceria com a Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) - por meio da Diretoria de Segurança Alimentar e Nutricional (DSAN) — e Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri). As cestas foram adquiridas com recursos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Segundo a diretora de Segurança Alimentar e Nutricional da Seades, Ana Paula Quintella, o governo pretende, com essa iniciativa, minimizar a situação crítica de vulnerabilidade social por que passam os trabalhadores. “Estamos atendendo a um pedido do Sindicato dos Trabalhadores das Usinas de Açúcar e Álcool, tendo em vista as dificuldades financeiras que as usinas estão enfrentando”, disse Ana Paula.

O superintendente Regional da Conab, Eliseu Rego, disse que a Companhia vai coordenar o transporte das cestas até as usinas, e a Seagri, além de ajudar na entrega, vai disponibilizar um caminhão para auxiliar no transporte.

O 59º Batalhão de Infantaria Motorizada do Exército vai disponibilizar 35 homens para a guarda e entrega das cestas. Foi definido um planejamento estratégico para a ação que envolve os órgãos citados e as prefeituras dos municípios de Murici, Messias, Rio Largo, Atalaia, Cajueiro e Colônia Leopoldina. O cronograma de entrega de cestas inicia na segunda-feira (3), beneficiando os trabalhadores urbanos da Utinga (entrega na própria usina); dia 4 (terça-feira) os da Utinga, Utinga-Primavera, Utinga-Vila Nova, Atalaia e Cajueiro (entrega na Utinga Leão).

Já no dia 5 (quarta-feita) serão beneficiados os trabalhadores de Messias, Murici, Rio Largo, e Utinga-Urucum, que receberão os produtos também na usina Utinga Leão. No dia 6 (quinta-feira) recebem os dos municípios do Sertão, também na Utinga Leão; no dia 7 (sexta-feira) os retardatários recebem as cestas na Utinga Leão e no dia 10 (segunda) os de Colônia Lepopoldina, na usina Taquara.

Os municípios ficarão responsáveis pelo deslocamento dos trabalhadores até o local de recebimento. Ao final da ação, a Secretaria de Estado da Assistência Social enviará à Conab um relatório com a lista dos beneficiados e como se deu o processo de entrega dos alimentos. Participam da solenidade a titular da Seades, Solange Jurema, e representantes da Seagri, Conab, Exército, Sindicato, entre outros.