A Central de Abastecimento de Alagoas (Ceasa) dinamiza a produção agrícola local aproximando fornecedores e consumidores alagoanos e oferecendo produtos de qualidade comercializados a baixo preço, seja no varejo ou no atacado.

Vinculada ao Instituto de Desenvolvimento Rural e Abastecimento de Alagoas (Ideral), a Ceasa gera cerca de três mil empregos diretos, comercializa aproximadamente 10 mil toneladas de hortifrutigranejeiros por mês e recebe diariamente uma média de três mil pessoas.

O diretor-presidente do Ideral, Manoel Costa Tenório, responsável pela administração da Ceasa, é um entusiasta da Central de Abastecimento. Segundo ele, a Ceasa melhorou seu conceito junto à população alagoana desde que se mudou do Centro de Maceió para o bairro Forene, em dezembro de 2006.

A Ceasa funcionou ao lado do Mercado Público durante 34 anos. Desde que mudou de endereço vem otimizando os serviços e melhorando a relação entre consumidores e fornecedores.

O diretor-presidente do Ideral, órgão ligado à Secretária de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário afirmou que até o final deste ano, mais um galpão será inaugurado na Ceasa.

“A construção deverá ser iniciada, provavelmente, em setembro deste ano. O novo galpão irá atender a mais 80 comerciantes. O novo galpão será construído com recursos próprios do Ideral”, adiantou o diretor-presidente Manoel Tenório.

As inovações e serviços prestados ao público alagoano não se resumem à construção de um novo galpão. O assessor do presidente do Ideral, Artur Cesar Nogueira, destacou o funcionamento do Tele Preço Rural, um serviço de atendimento gratuito, onde através do telefone, o agricultor pode se informar sobre o preço de qualquer produto vendido em atacado. Para isso, basta ligar para o número 0800 284 9555.

As mudanças significativas vão desde a melhoria na comercialização de frutas e verduras até a satisfação dos próprios comerciantes. A vendedora Michelly de Oliveira, 30, é uma das que se sente gratificada por trabalhar na Ceasa.

Ela vende batata inglesa. Chega a levar para casa por mês uma média de R$ 1 mil reais livres. Michelly de Oliveira está em Maceió com sua família há cerca de três anos. Todos vieram de Viçosa, onde já comercializavam o produto, em busca de melhores condições em Maceió.

“Estamos realizados aqui. É tudo muito limpo e organizado. As pessoas sabem que aqui encontram verduras e frutas novinhas e com um precinho ao alcance de todos”, comemora ao mesmo tempo em que oferece suas batatas inglesas a uma consumidora que se aproxima.

Com um sorriso aberto, Michelly de Oliveira anuncia: “pode vir freguesa, as batatas estão fresquinhas e sem agrotóxicos. Aqui é tudo novinho e tem gosto de carinho”, afirmou, antes de fechar mais uma venda no dia.

Caixa — Pensando na comodidade e na segurança da vendedora Michelly de Oliveira e das outras milhares de pessoas que circulam pela Ceasa diariamente, o governo do Estado e a Caixa inauguraram, na manhã desta sexta-feira, 31, uma unidade da Caixa Econômica Federal dentro da Central de Abastecimento de Alagoas.

Na opinião do diretor-presidente do Ideral, Manoel Costa Tenório, a agência da Caixa representa mais um passo importante para a consolidação da Ceasa na gestão do governador Teotonio Vilela Filho.

“A Ceasa alagoana é a mais nova e mais moderna do Brasil. Passo a passo estamos nos consolidando em um caminho certo e seguro”, destacou.

Além do diretor-presidente do Ideral, Manoel Costa Tenório, a inauguração contou com as presenças do secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário, Jorge Dantas; do superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em Alagoas, Eliseu Rego; do superintendente da Caixa em Alagoas, Gilberto Magalhães Occhi; do diretor-presidente da Companhia Alagoana de Recursos Humanos e Patrimoniais, Dalton Dória; do prefeito de Penedo, Alexandre Toledo; do presidente da Associação dos Comerciantes da Ceasa de Alagoas (Asconcal), Agnaldo José Albuquerque e de comerciantes locais.

Antes de entrar em funcionamento, na manhã desta sexta-feira, 31, a unidade da Caixa recebeu as bênçãos do diácono Washington Bezerra.

Na opinião do secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário, Jorge Dantas, a parceria firmada entre o governo do Estado e a Caixa é de fundamental importância para o crescimento contínuo da Ceasa e sua consolidação na produção agrícola local. Conforme o superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em Alagoas, Eliseu Rego, o incentivo que a Ceasa vem recebendo é a prova da preocupação do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e do governador Teotonio Vilela Filho com a agricultura familiar. “Setor que, na verdade, produz os alimentos consumidos pela população brasileira e alagoana”, frisou.

De acordo com o superintendente da Caixa em Alagoas, Gilberto Magalhães Occhi, a unidade irá suprir a demanda dos fornecedores e consumidores locais. “Estamos atendendo a uma demanda do governo do Estado, através do Ideral. Estamos com uma expectativa muito positiva em relação a esta nova unidade da Caixa no Estado. Além da população que circula pelo local, iremos suprir a necessidade de municípios que integram a grande Maceió, como Rio Largo, por exemplo”.

Ainda segundo Gilberto Magalhães Occhi, a unidade inaugurada nesta manhã é a mais moderna, das já construídas em Alagoas, em termos de segurança. “Na agência Caixa unidade Ceasa foram instalados os mais seguros e modernos dispositivos de segurança eletrônica. Esta unidade servirá de modelo para outras que serão ainda construídas em Alagoas”.

O prefeito de Penedo, Alexandre Toledo, destacou que pela primeira vez, comerciantes, fornecedores, consumidores e governo do Estado estão se entendendo quando o assunto é Ceasa. “O Ideral é hoje um cargo consolidado e harmônico”.

Para o presidente da Asconcal, Agnaldo José Albuquerque, a inauguração da Caixa na Ceasa representa um dia de festa. “Há quase três anos estávamos assustados com a mudança de endereço. Agora, além de colhermos os bons frutos, estamos diante de uma conquista. Somos a maior referência de hortifrutigranjeiros em Alagoas”, concluiu.

Na unidade da Caixa na Ceasa, as centrais de auto atendimento irão funcionar das 8 às 15 horas e os caixas ficarão abertos das 9h às 13h.