O Ministério da Saúde lançou hoje, domingo, o Dia Mundial da Atividade Física. Além de aumentar o percentual da população brasileira que pratica exercícios físicos regularmente, o governo pretende reduzir o número de doenças crônicas como as coronárias e os cânceres.

 

Problemas no aparelho circulatório e as neoplasias, que atingem 29,4% e 15,1% dos brasileiros, respectivamente, poderiam ser evitados com essas atividades. "O brasileiro está mais atento à importância de praticar atividade física e fez avanços significativos, mas pode melhorar ainda mais", disse a coordenadora geral de Doenças e Agravos Não Transmissíveis do Ministério, Deborah Malta.

 

Hoje, 16,4% da população é considerada ativa, ou seja, praticam 30 minutos de exercícios leves ou moderados por pelo menos cinco dias na semana, conforme a Organização Mundial de Saúde.