No próximo dia 14 de agosto, o governo do Estado se mudará, literalmente, para o bairro de Bebedouro. O mutirão da cidadania faz parte do programa Governo Perto de Você e levará diversos serviços públicos para as comunidades da capital e interior.

O governador Teotonio Vilela receberá lideranças comunitárias e a população, num espaço montado no Parque da Lagoa, onde as atividades ocorrerão. O chefe do Executivo vai ouvir as sugestões, denúncias, críticas ou elogios que a comunidade tem a fazer em relação aos serviços públicos estaduais.

Para interiorização do projeto, o primeiro município contemplado deve ser Pão de Açúcar, no Baixo São Francisco, que receberá as equipes do governo no dia 11 de setembro.

O ouvidor-geral do Estado, Claudionor Araújo, responsável pela coordenação do projeto, diz que esta é a retomada de uma ação de governo voltada para o povo. “Estasmo fazendo uma prestação de serviços. Conforme determinação do governador Teotonio Vilela, o programa estará um mês em um bairro de Maceió e outro em um município do Estado”, disse.

O Governo Perto de Você pretende levar o as ações de Estado para perto da população e que esta possa se beneficiar dos serviços públicos. Para Claudionor Araújo, muitas pessoas que moram no interior não tem condições de se deslocar até a capital. “Por isso, o governo irá até a população, com ações de assistência social, saúde, educação, segurança pública, esportes, cultura, segurança no trânsito, com o Detran, agricultura, entre outras”, ressaltou o ouvidor-geral.

Entre os serviços oferecidos, Claudionor Araújo destaca a emissão de carteiras de Identidade e Profissional, seguro-desemprego, atendimento pela Defensoria Pública, para as pessoas que não tem condições de pagar um advogado; serviços ao consumidor, oportunidades de emprego, por meio do Sine.

O projeto prevê ainda ações preventivas de saúde, como teste de glicemia e aferição de presão arterial, distribuição de camisinhas, entre outros. Claudionor Araújo lembra ainda que a Polícia Militar contribuirá com o projeto Para Ver a Banda Tocar; programa de resistência às drogas e à violência, além de palestras voltadas para o público infanto-juvenil; a cavalaria; demonstração de adestramento de cães e exposição do Batalhão Ambiental.

Outros serviços

O Instituto de Identificação fará a emissão de 500 carteiras de Identidade e a Secretaria do Trabalho emitirá um número ilimitado de Carteiras Profissionais. A Uncisal também integrará a equipe com ações de saúde preventiva.

Já a Secretaria da Fazenda participará com o Programa de Educação Fiscal, em parceria com a Receita Federal, que também estará presente. O objetivo é conscientizar os cidadãos sobre a importância do tributo e o cadastramento da Nota Fiscal Alagoana. A Sefaz fará ainda a divulgação do Portal da Transparência e montará no espaço aberto do Parque da Lagoa uma "vendinha" com produtos diversos. A partir desses produtos, a secretaria busca orientar o consumidor sobre os tributos que estão embutidos ali. Haverá ainda palestras e jogos educativos, em parceria com o Procon, no quesito educação fiscal.

O Instituto do Meio Ambiente (IMA) também já definiu o que levará para a população de Bebedouro. O instituto fará trabalho de educação ambiental, a partir da exibição de filmes de caráter educativo e orientação de como a população pode reutilizar produtos como o óleo comestível na produção de sabão. Coleta seletiva, distribuição de sacolas para lixo e plantio de mudas de árvores são outros serviços a serem prestados pelo IMA à população do bairro.

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte também mostrará a importância da prática esportiva. Para isso, levará equipes de fisioterapia e montará uma espécie de academia no local. O Corpo de Bombeiros é outra instituição que integrará a ação. Os bombeiros farão demonstração de combate a incêndio, como evitar acidentes domésticos e distribuirão material informativo.

Ação semelhante vem sendo desenvolvida pela Ouvidoria Geral do Estado, com o projeto Ouvidoria Vai às Ruas, que já percorreu os bairros de Ponta Grosssa e Jacintinho, em Maceió, e o município de Pindoba. A ação visa ouvir sugestões, críticas, denúncias e elogios em relação aos serviços prestados pelo Estado, buscando solução junto aos órgãos responsáveis.