Prestes a completar um ano de implantação em Alagoas, o projeto Pequenos Jardineiros, desenvolvido pela Petrobras com adolescentes residentes em Guaxuma e áreas próximas, começa a alcançar seus primeiros resultados.

Durante seis meses, os alunos participam de aulas teóricas e práticas sobre educação ambiental, jardinagem, produção de arranjos florais e outros temas relacionados. Ao final do treinamento, todos recebem um certificado de conclusão de curso. "Graças a essa iniciativa, muitos alunos estão conseguindo seu espaço no mercado de trabalho", afirma Sérgio Leal, um dos coordenadores do projeto.

Um dos beneficiados é José Carlos dos Santos. Após a participação no projeto, ele agora presta serviços de jardinagem para empresas e residências na capital. Seu trabalho pode ser observado inclusive, na sede do Clube dos Empregados da Petrobras (CEPE), onde colocou em prática o que aprendeu sobre técnicas de jardinagem.

Segundo o gerente da Petrobras em Alagoas, Marcos Gonçalves, a iniciativa proporciona uma melhoria na qualidade de vida dos participantes. "Com esse treinamento, oferecemos uma possibilidade de inserção no mercado de trabalho e uma alternativa concreta de geração de emprego e renda. Outro aspecto positivo é que eles recebem um certificado", explica.

Aprendendo

Desenvolvido em Alagoas desde agosto de 2008, o projeto beneficia 26 adolescentes, com idade a partir de 16 anos, regularmente matriculados na rede pública de ensino. As aulas acontecem duas vezes por semana, na sede do Clube da Petrobras, em Guaxuma.

Até 2012, a Petrobras investirá, através do programa Desenvolvimento & Cidadania Petrobras, cerca de R$ 1,2 bilhões, em projetos que promovam desenvolvimento com igualdade de oportunidades e valorização das potencialidades locais. O programa tem como meta atender 4 milhões de pessoas diretamente e outros 14 milhões indiretamente em todo o território nacional, e pretende alcançar ainda, com ações de comunicação e difusão da cidadania, outros 27 milhões de pessoas.