O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou nesta segunda-feira o lançamento de um míssil durante o final de semana pela Coreia do Norte, considerando o fato uma violação das resoluções da própria ONU.

No sábado 4 de julho, dia em que os Estados Unidos comemoraram sua independência, os norte-coreanos dispararam sete mísseis balísticos experimentais de médio alcance, em um gesto de claro desafio a Washington.

A reunião do Conselho de Segurança foi realizada a pedido do Japão, informou Arthur Kafeero, porta-voz do embaixador de Uganda, Ruhakana Rugunda, que detém as presidência rotativa do organismo.