Os Estados Unidos querem uma Rússia "forte, pacífica e próspera", afirmou hoje o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em discurso em Moscou em que mostrou o que pensa sobre as relações entre as duas potências no século XXI.

Segundo Obama afirmou no discurso, os desafios deste século, como a segurança contra o extremismo e o acesso aos mercados, "demandam uma aliança global e essa aliança será mais poderosa se a Rússia ocupar o lugar que lhe corresponde como grande potência".