SEUL - Os sete mísseis testados neste final de semana pela Coreia do Norte provavelmente são capazes de atingir alvos militares e prédios do governo na Coreia do Sul, afirmou uma autoridade do Ministério da Defesa sul-coreano, que não quis ser identificada.



Segundo a autoridade, embora ainda haja uma investigação para a obtenção de dados mais específicos sobre os lançamentos, os mísseis aparentemente foram capazes de cruzar 400 quilômetros, distância suficiente para atingir praticamente qualquer área da Coreia do Sul.



A notícia sobre o lançamento dos mísseis, divulgada pela agência sul-coreana Yonhap, não foi não foi veiculada pela imprensa oficial norte-coreana.



Segundo outra autoridade do Ministério da Defesa da Coreia do Sul, não foi detectado nenhum outro sinal de lançamento de mísseis, mas é possível que eles ocorram porque o governo norte-coreano recomendou aos navios que abandonem a área supostamente utilizada como alvo durante os testes até o dia 10 de julho.



Neste ano, a Coreia do Norte já realizou algumas ações no campo militar consideradas pela comunidade internacional como provocativas. No início de abril, o país lançou um foguete de longo alcance, afirmando que o disparo estava relacionado ao lançamento de um satélite, e em maio conduziu um teste nuclear subterrâneo. As informações são da Associated Press.