O secretário de Estado da Defesa Social, Paulo Rubim, reuniu-se ontem (23) com o governador Teotonio Vilela e representantes da Oi no Palácio República dos Palmares. Na reunião, foram discutidas propostas para modernização do atendimento do serviço de emergência 190.

Entre os benefícios do novo sistema, já implantado nos estados do Rio de Janeiro e Sergipe, estão: identificação do número da chamada, gravação da ligação, possibilidade de visualizar no mapa georreferencial de forma atualizada os locais das ocorrências e das viaturas, diminuindo o tempo de resposta e podendo de forma mais fidedigna computar os dados estatísticos, diminuir a quantidade de trotes, além de viabilizar pesquisa de satisfação entre os usuários do 190.

O projeto, orçado em R$ 12 milhões, vai contemplar toda região metropolitana de Maceió (de Barra de São Miguel a Barra de Santo Antônio e Messias) e mais a cidade de Arapiraca, com isso o Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciods) vai poder atender 100% das chamadas recebidas na Central.

O contrato, que deve ser assinado em meados do próximo mês, será feito por meio de compensação tributária com a empresa de telecomunicações e toda nova estrutura passa a funcionar em novembro, de acordo com o Gerente da Oi, Leonardo Dias.