A Petrobras recebe no próximo dia 1º/7 (quarta), a visita de cerca de 30 estudantes pernambucanos do curso de Petróleo e Gás Natural da Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO). Os estudantes conhecerão a Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN), localizada a 37 km da capital alagoana.

Segundo o gerente da Petrobras em Alagoas, Marcos Gonçalves, a visita faz parte do projeto “Conhecendo a Petrobras”, voltado para alunos de instituições educacionais públicas e privadas. A ação consiste em receber nas instalações da empresa estudantes e professores interessados em conhecer um pouco mais sobre as atividades desenvolvidas pela empresa em território alagoano.

Durante a visita os estudantes são recebidos por funcionários da Petrobras e participam de atividades que permitem compreender um pouco mais sobre o petróleo e o gás natural produzido no Estado, suas propriedades, utilização e sua importância no dia-a-dia de todos. Também são abordados temas como preservação ambiental, responsabilidade social, entre outros.

Conhecendo na prática

A Unidade de Processamento de Gás Natural de Alagoas (UPGN-AL), instalada no complexo industrial da Petrobras, foi inaugurada em maio de 2003 e processa o gás produzido nos campos de produção do Estado.    

O empreendimento tem capacidade de processar até dois milhões de metros cúbicos de gás natural diariamente, resultando em 160 toneladas de GLP (gás de cozinha), equivalentes a cerca de 12 mil botijões de gás de cozinha com 13 quilos cada, suficiente para abastecer Maceió e municípios vizinhos. São produzidos ainda 28 mil litros de gasolina natural, que são enviados para reprocessamento em uma das refinarias da Companhia, e 1,8 milhão de metros cúbicos de gás industrial, destinado a postos de abastecimento de veículos, comércio e residências de Maceió e para reinjeção em poços visando o aumento da produção de petróleo.