Internet Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O presidente nacional do PMDB, Valdir Raupp, citou a cidade de Maceió dentre as capitais que o partido pode lançar candidato para disputar pela majoritária em 2012. A declaração de Raupp foi dada ao jornal “Valor”. O mandatário peemedebista fala em 24 candidaturas majoritárias – entre as 27 capitais.

Para o presidente nacional, uma necessidade, já que em 2008 (última disputa para prefeito), apenas 11 capitais tiveram candidaturas encabeçadas pelo PMDB. Maceió ficou de fora. Naquela época, o partido do senador Renan Calheiros (PMDB) apoiou a candidatura tucana de Solange Jurema, em um contexto onde qualquer adversário seria esmagado pela aprovação popular do prefeito Cícero Almeida (PP), que – obviamente – foi reeleito.

Agora, a situação é outra. Valdir Raupp enxerga possibilidades do PMDB conquistar o maior número de capitais possíveis. As únicas que não são alvo de peemedebistas : Porto Alegre e Goiânia, segundo Raupp.

Mas, é preciso ter calma com as declarações de Valdir Raupp. É que aqui em Alagoas, o PMDB segue as decisões do senador Renan Calheiros, que tem um compromisso firmado com Ronaldo Lessa (PDT).

Alguns peemedebistas locais afirmam que não há o mentor interesse – por parte de Calheiros – de romper este compromisso político, a não ser que os fatos para isto caminhem com o próprio apoio de Lessa.

No campo de alianças possíveis de Calheiros ainda está o prefeito Cícero Almeida, seu mais fiel amigo na atual conjuntura. O deputado federal Renan Filho (PDMB) – um dos nomes que chegou a ser cogitado para a prefeitura – também nega o interesse na disputa pela majoritária, desfalcando os sonhos de Raupp.

Raupp – talvez ciente disso; e apesar das afirmações sobre candidatura em Maceió - manda uma saída pela tangente: “onde o PMDB tem aliança sólida, vamos respeitar. Onde não tiver, vamos lançar candidato”. É isso...

 

Estou no twitter: @lulavilar