Cada Minuto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

No início da noite deste sábado (09), as Polícias Militar e Civil realizaram a Operação Limpeza, no município de Mata Grande, no povoado Morro Vermelho, Alto Sertão de Alagoas. Duas pessoas foram presas. A casa de um dos acusados servia como local para o desmanche de veículos. Foram apreendidos vários documentos automotivos, motos e armas.

Segundo o sargento Jalves, policiais da 3ª CIA de Mata Grande e 9° Batalhão de Delmiro Gouveia já vinham investigando a quadrilha há algum tempo. Aelton José Fagundes , 25 anos estava saindo de casa numa moto quando foi abordado pela guarnição e acabou sendo preso em flagrante.

Aelton José estava numa moto CG 150 cc, cor preta, placa PPH-3940/SP, veículo roubado. “Uma das vítimas da quadrilha, que estava conosco reconheceu o acusado na hora. Assim, efetuamos a prisão”, explicou.

Ao entrar na residência, policiais encontram motos desmontadas, vários documentos automotivos, uma espingarda e um revólver, ambos com calibre 32, e onze munições intactas. Petrúcia Fagundes Gouveia, tia de Aelton José, também foi presa e levada para delegacia do município.

Ainda de acordo com o sargento, Aelton José é um dos integrantes da quadrilha que vinha atuado na divisa dos estados de Alagoas/Pernambuco, entre Mata Grande e Inajá-PE, na BR-316. “Outros três carros roubados na região podem ter ligação com a quadrilha. Vamos investigar e fazer a limpeza total na região”, declarou Jalves.

O delegado Walter Cunha, titular do 28° Distrito Policial vai continuar investigado o caso. A operação contou com a participação dos cabos Bernardo e Elenivaldo, soldado L. Carlos e o agente da Polícia Civil, Paulo. Toda operação foi comandada pelo major Reginaldo Rolim e capitão Winston.