Dilma é a candidata do PT e a tendência é de vitória, afirma Dirceu

  • master
  • 31/05/2009 19:20
  • Política
O ex-ministro José Dirceu disse que não vê motivos para o PT mudar os planos da candidatura da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) porque a tendência, segundo ele, é de vitória. Em entrevista à revista "Época", Dirceu avaliou o cenário político nacional e afirmou que na dá pra saber, hoje, o impacto da doença de Dilma poderá ter no eleitorado.

Pré-candidata do PT à Presidência com o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a ministra faz tratamento contra um linfoma (câncer nos gânglios linfáticos). Segundo os médicos, as chances de cura são superiores a 90%.

Dirceu admitiu entrevista que será uma eleição difícil, mas disse que não vê o "país entregando o governo para os tucanos", votando no governador de São Paulo, José Serra (PSDB), para presidente.

"Qual a razão que o eleitor tem para mudar o rumo do país? Por que não continuar com um governo em que o Lula é o fiador? [...] Não é uma eleição em que a tendência é a vitória do PSDB. A tendência é a vitória de Dilma", afirmou à revista.

O ex-ministro também avaliou a possibilidade de Lula disputar um terceiro mandato. Segundo ele, a proposta não interessa para a democracia brasileira nem para o PT. "Reeleição já está bom demais. Devemos exercitá-la por mais 20 anos", disse.