O mundo está caminhando sobre um rastro "de desigualdade, injustiça e insegurança, a ponto de explodir", alertou a Anistia Internacional (AI).

Relatório anual destaca que a crise não é apenas econômica, é também de direitos humanos.

O relatório anual da Anistia Internacional traça um quadro de injustiça.

De acordo com a secretária-geral da organização, Irene Khan, a situação está ainda pior por causa da atual crise econômica.