Os Estados Unidos afirmaram neste domingo (31), através do Pentágono, que a prioridade para resolver a questão nuclear da Coreia do Norte é a "diplomacia". Mas a afirmação vem com um porém.

"A conversa entre as seis partes preferem o caminho da diplomacia", afirmou o secretário de imprensa do Pentágono Geoff Morrell, se referindo às conversas entre as duas Coreias, China, Rússia, Japão e, claro, os EUA.

"Mas se a conversa entre as seis partes não obterem resultado, nós estamos procurando, conforme (Robert) Gates colocou, nós temos que procurar por outras soluções... para nos defender, se isso se tornar necessário", completou ele em entrevista para a agência de notícias "Reuters".


No sábado, em uma conferência entre países asiáticos em Cingapura, o secretário de Defesa dos EUA Robert Gates disse que o país responderá "rapidamente" se as ambições nucleares da Coreia do Norte forem uma ameaça à América ou aos seus aliados na Ásia.