Agricultores e prefeituras do norte e noroeste do Estado prometem novos protestos na próxima semana pedindo ajuda para atingidos pela estiagem. Eles consideram insuficientes os R$ 40 milhões já anunciados pelo governo federal.

Representantes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul (Fetraf-Sul), da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no RS (Fetag) e da Via Campesina se reuniram, na manhã deste sábado, em Sarandi, com prefeitos e líderes políticos para planejar as manifestações.

De acordo com o coordenador da Fetraf-Sul, Altemir Tortelli, na próxima semana a mobilização ocorrerá em agências bancárias. A partir de terça-feira, os manifestantes deverão ir às agências do Banco do Brasil e do Banrisul.

Nesta semana, manifestações bloquearam rodovias. No Estado, 261 municípios estão em situação de emergência devido à seca.