Para organizadoras, inscrição para concurso no último dia traz riscos

  • 30/03/2009 06:02
  • Negócios

Os candidatos que deixam para o último dia para se inscrever em concursos públicos podem colocar a vaga em jogo. De acordo com algumas das principais organizadoras do país, os últimos dias são os mais procurados pelos candidatos. E, com a demanda maior, há risco de congestionamento nos sites em que as inscrições são realizadas.

Além disso, o candidato que deixa para se inscrever no último dia deve ficar atento à data de pagamento da taxa – normalmente ela também deve ser paga até o último dia de inscrição.

O G1 ouviu seis organizadoras de concursos. Três delas – a Consulplan Consultoria, a Fundação Universa e a Empresa de Seleção Pública e Privada (ESPP) – informaram que preferem que os candidatos se inscrevam o quanto antes para que as empresas possam preparar melhor a infra-estrutura para aplicação das provas.

Questionadas se não seria arriscado o candidato se inscrever no começo das inscrições e depois se deparar com retificações no conteúdo do edital que poderiam faze-lo desistir de participar do concurso, a maioria informou que normalmente a pessoa pode pedir devolução da taxa de inscrição.

Fundação Cesgranrio

De acordo com Avelino Werner, coordenador de concursos da Cesgranrio, normalmente os três últimos dias são os mais procurados pelos candidatos. Segundo ele, o site da organizadora está preparado para o recebimento de um grande número de inscritos, mas podem ocorrer outros problemas técnicos com o servidor, que acabam dificultando os acessos.

Werner informou que o candidato já inscrito que desistir devido a retificações no edital pode solicitar devolução da taxa.

Fundação Vunesp

De acordo com a assessoria de imprensa, a Vunesp nunca registrou qualquer problema em relação a excesso de acessos no último dia. Mas a fundação ressalta que é arriscado o candidato perder o prazo para pagamento do boleto – normalmente a taxa deve ser paga até o último dia de inscrição.

Segundo a Vunesp, a ficha de inscrição deve ser preenchida até das 16h do último dia. E o boleto de pagamento deve ser impresso após o preenchimento da ficha.

Ainda de acordo com a Vunesp, quando os requisitos exigidos são alterados, e o candidato deixa de preenchê-los, ele pode pedir o ressarcimento do valor da inscrição.

Consulplan Consultoria

O diretor da Consulplan, Elder Abreu, diz que é muito arriscado deixar para se inscrever no último dia. “No caso da inscrição online, a procura pode ser muito grande, o que normalmente gera um congestionamento no site, tornando o acesso difícil e demorado”, diz.

Segundo ele, devido ao grande número de acessos, podem ocorrer problemas técnicos que inviabilizam a inscrição. Nas inscrições presenciais também é arriscado deixar para o último dia devido às grandes filas.

A Consulplan informou que geralmente as mudanças no edital ocorrem entre a divulgação do edital e a abertura das inscrições – portanto, o candidato não corre o risco de mudança das regras após increver-se. E, nos editais feitos pela organizadora, consta a determinação de devolver a taxa de inscrição somente em caso de cancelamento do processo seletivo.

 Fundação Universa

De acordo com Alexandre Cardoso, diretor de concursos da Universa, é natural que no último dia de inscrições os sites das organizadoras fiquem mais lentos, em função do grande volume de acessos.

Por isso, ele recomenda que os candidatos façam as inscrições com antecedência.

“Quando ocorrem retificações que mudam substancialmente o edital e conteúdo programático, novo período de inscrições é concedido”, diz Cardoso.

Mas, segundo ele, a Universa já devolveu a taxa de inscrição nesses casos. Por isso, ele recomenda que se faça a pré-inscrição antes e agende o pagamento da taxa para o último dia.

Cespe/UnB

O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) informou que muitos candidatos costumam deixar a inscrição para os últimos dias, mas que está sempre preparado, com equipes monitorando o funcionamento do site, para evitar qualquer problema.

ESPP

A Empresa de Seleção Pública e Privada (ESPP) informou que possui servidor com capacidade para processar grande volume de acessos simultâneos.

No entanto, não é possível prever algum tipo de problema com a estabilidade do servidor. Por isso, a organizadora recomenda que o candidato leia atentamente o edital e a partir daí faça a inscrição imediatamente, sem deixar para a última hora.
Segundo a ESPP, o candidato se previne também de problemas como dificuldades de impressão de boleto da taxa e perda do horário bancário.

O candidato pode pedir ressarcimento quando uma retificação no pré-requisito para o cargo pretendido o impeça de participar do concurso. Mas, no caso de alteração da data prevista para a prova, a taxa não é devolvida.