Wadson Correia Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Organizadores do evento, Iran Malta e Núbia Vilar

Mais uma vez conterrâneos de Mata Grande se encontram na Avenida Silvio Vianna, no bairro da Ponta Verde, em Maceió, para acompanhar os desfiles dos blocos Pinto da Madrugada e Pecinhas, no último sábado (26). O bloco dos matagrandenses se concentrou, mas não saiu.

O evento reuniu cerca de 500 pessoas. Este é o segundo ano que a concentração acontece nas proximidades do Bar do Pirata, na orla da capital. A novidade deste ano foi a porta-bandeira que estava trajada com as cores da bandeira de Mata Grande.

Uma das organizadoras, Núbia Vilar, destacou o apoio de todos para que o evento acontecesse. “A festinha só está acontecendo graças o empenho de todos. O ano que vem estamos estudando colocar uma orquestra de frevo para animar ainda mais”, falou.

Cleide Vilar mesmo sob o sol quente, não perdeu o ritmo do samba mostrando o símbolo que representa os matagrandenses na folia. “Sempre é bom reencontrar amigos matando a saudades. Todos gostaram da surpresa desse ano”, brincou.

O prefeito da cidade, Jacob Brandão prestigiou a folia dos matagrandenses e parabenizou pela organização do bloco. “Estou revendo amigos no dia de hoje é gratificante. Prontificamos a ajudar com alguma coisa no bloco, mas a organização preferiu que não. Estou sempre à disposição”, garantiu Brandão.

Vereadores Júlio Brandão, Karine Gomes, Samyr Malta estiveram presentes. O promotor José Antônio não perdeu a folia e se divertiu ao lado da família e amigos. Iran Malta, outro organizador do evento garantiu que o ano que vem o bloco terá novidades. “Esse ano teve uma quantidade maior de pessoas em relação ao ano passado. Vamos caprichar no próximo ano”, finalizou Iran Malta.

Clique aqui e veja as fotos