O mais famoso verso do poeta espanhol Federico Garcia Lorca - "verde que te quero verde" - cairia como uma moldura para as praias de Alagoas. Dono da mais linda costa litorânea brasileira, o Estado traz para o visitante e investidores uma infinidade de riquezas naturais, gastronomia, rio São Francisco, Mata Atlântica, cidades históricas, lagoas, folclore e artesanato.

De olho nesse mercado, centenas de investidores nacionais e internacionais e toda a mídia impressa mundial do setor estarão no Nordeste Invest 2009, o mais importante evento de investimentos turísticos e imobiliários do Brasil, uma realização da Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Nordeste (Adit/Nordeste), com apoio do governo do Estado.

O megaevento acontece no Centro de Convenções de Maceió entre os dias 31 de março e 2 de abril, com o foco na realização de negócios, atração de investimentos e a ampliação da rede de relacionamentos. Para o secretário de Estado do Turismo, Virginio Loureiro, essa é uma grande chance para os investidores conhecerem as oportunidades que o estado de Alagoas oferece, principalmente na atividade turística.

No segmento de negócios no turismo, Alagoas vive hoje um momento de consolidação como destino preferencial de grandes investidores de classe mundial, que já anunciaram sua chegada, como Invest Tur (Six Senses e Txai); Itacaré Capital Partners e Gustavo Halbreich (Aman Resorts).

A garantia, além da extrema beleza natural do Estado, está na segurança jurídica, em programas de incentivo aos investidores e investimentos públicos na infraestrutura turística, como duplicação de rodovias, ampliação do porto, novos aeroportos e saneamento da orla urbana da capital, Maceió.

Os investimentos privados no turismo no Estado, projetados até 2010, são da ordem de R$ 2 bilhões, de acordo com estimativa da Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Nordeste (Adit/Nordeste).

“Temos uma grande preocupação em atrair novos empreendimentos de alto padrão, com foco no desenvolvimento sustentável. Afinal, uma das maiores riquezas de Alagoas está nas suas belezas naturais, e precisamos preservar”, explica o secretário Virgínio Loureiro.

“O Nordeste Invest trabalha com a mesma concepção que a Secretaria de Estado do Turismo: a captação de empreendimentos de qualidade superior, com visão em um público mais seleto, por isso o Nordeste Invest tem o apoio do governo do Estado”, frisou o secretário.

A programação do evento tem conferências, com a presença de grandes ícones dos setores imobiliário e turístico, que debaterão sobre os temas atuais de ambos os setores; Salão Imobiliário e Turístico, área onde empresas e entidades poderão expor seus projetos e serviços, além de ampliarem sua rede de relacionamentos, e a Rodada de Negócios, espaço ideal para a concretização de novos negócios. Ou seja, em único espaço, o participante terá acesso às informações da conferência, irá expor seu produto no salão e realizar negócios na rodada.

Segundo o presidente da Adit-NE, Felipe Cavalcante, nos últimos anos houve grande aumento de interesse dos investidores estrangeiros em buscar parceiros locais para o desenvolvimento de projetos no Nordeste, tanto no setor imobiliário quanto turístico.

“As redes hoteleiras despertaram para a região com o intuito de explorar o mercado crescente da classe média brasileira, no foco do setor imobiliário residencial. Esse interesse pode ser confirmado através da última pesquisa realizada pela Associação de Investidores Estrangeiros em Imóveis, a Afire, que confirma o Brasil como o 2º melhor destino para investimentos no setor imobiliário”, afirma Felipe.

Novos empreendimentos - Assim como Virginio Loureiro, o superintendente de Investimentos da Setur, Marcos Vital, aposta no momento positivo para o turismo em Alagoas. Segundo Vital, tanto os empresários nacionais, quanto os internacionais estão com o foco no estado nordestino, que tem a atenção voltada para o turismo de padrão diferenciado como política de governo, e uma de suas prioridades para a economia local.

“A Setur vem acompanhando os empresários, dando a assistência em todo o processo, desde as licenças ambientais até reuniões com instituições financeiras e outras entidades. Isso tem dado credibilidade ao Estado com empresários locais, nacionais e internacionais, que veem em Alagoas uma grande oportunidade para investimentos”, destaca o superintendente.

Devido a essa nova fase do turismo em Alagoas, grupos reconhecidos internacionalmente como os hotéis Six Senses e Aman, estão sendo implantados no Estado. De olho neste mercado, importantes empresários participarão do Nordeste Invest, como James Erlacher, vice-presidente sênior de Desenvolvimento para as Américas do Jumeirah Group, dono do hotel ‘sete estrelas Burj Al Arab’, cartão-postal de Dubai, nos Emirados Árabes.

Outros dois grandes grupos vão participar do Nordeste Invest 2009 já com projeções de novos negócios no país: o Invest Property Group (IPC), grupo de investidores com sede em Nova Iorque e que tem forte atuação no mercado argentino; e a Clarus Property Ventures, uma companhia americana com experiências nos mercados norteamericano e peruano. Ambos têm forma de atuação parecida: identificação de oportunidades, análise de riscos, atração e gerenciamento do investimento