A Red Eventos, organizadora do rodeio de Jaguariúna, disse que disponibilizará à polícia as gravações das câmeras do circuito de segurança da arena onde são realizados os shows. Segundo o advogado da produtora, Ricardo José Belém, as imagens podem ajudar a esclarecer o ocorrido.

A polícia informou que o tumulto ocorreu na entrada do festival de rodeio na cidade, próximo a Campinas, a cerca de 120 km de São Paulo. O total de feridos, segundo a organização, é de 14, tendo uma das vítimas fraturado a perna. Segundo o hospital Municipal Walter Ferrari, este número de feridos pode chegar a 22, todos já medicados e liberados.

Uma comissão com representantes da Prefeitura Municipal de Jaguariúna, do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura e da Ordem dos Advogados do Brasil decidirá se a programação do rodeio prossegue. A Red Eventos disse que pretende realizar os shows de Victor & Leo e Roberto Carlos, respectivamente neste sábado e no domingo.

O advogado ressaltou que este foi o primeiro incidente com mortes no evento. "Em 20 anos de rodeio, é a primeira vez que ocorre um incidente desta magnitude", disse Belém. Ainda de acordo com a Red Eventos, 27 mil pessoas estavam no complexo e de 7 a 8 mil acompanhavam o show de João Bosco & Vinícius dentro da arena.

Uma das presentes era a atendente Eloísa Sousa, que estava na arquibancada. Segundo ela, os músicos chegaram a apelar para o público para que ficasse próximo ao palco para não se ferir. A apresentação teria transcorrido normalmente, apesar da confusão.

"Havia muita gente querendo entrar e muita gente querendo sair", disse Eloísa.