O jornalista Nelson Ferreira tem a comunicação em seu DNA.
Comunicação como arte da partilha na escuta das diferentes falas sociais.
Durante sua gestão à frente da Secretaria de Estado da Comunicação inaugurou a cultura do diálogo com  representação do movimento social em Alagoas.
Nelson Ferreira foi cúmplice do processo de alargar os horizontes do fazer comunicação estatal.
Nelson Ferreira tem a percepção da mudança, simplificando caminhos e enfatizando a importância das parcerias sociais na construção de uma visão democrática de governo.
Nelson Ferreira, quando secretário de estado, foi artífice na construção das probabilidades e possibilidades para desconstruir  o racismo que habita o estado alagoano da República de Palmares.
O cargo assumido no governo não tornou Nelson Ferreira uma autoridade de gabinete, mas um cidadão que trabalhou os pequenos rastros da palavra falada e escrita, ocupando territórios de encontros mais humanos.
Ao investir na construção de ações do Projeto Raízes de Áfricas Nelson Ferreira estabeleceu espaços de ruptura com o silêncio estatal e estrutural, valorizando assim as proposições para formulação de políticas públicas.
No II Festival Alagoano das Palavras Pretas que acontece dia 31 de janeiro, das 18 às 22 horas, Nelson Ferreira recebe o Troféu de Honra ao Mérito Guerreiro Quilombola.
O Troféu de Honra ao Mérito Guerreiro Quilombola é uma criação da Comunidade de Remanescentes Quilombolas de Pau D’arco, Arapiraca, Alagoas e do Projeto Raízes de Áfricas e inaugura um referendo simbólico de agradecer a todos os parceiros e parceiras que ao longo da caminhada internalizaram a concepção da partilha como fonte de poder coletivo e o mais importante produziram possibilidades para que o Projeto Raízes de Áfricas pudesse materializar ações e construir novos e diferentes processos, na busca da igualdade e oportunidades de direitos para a população negra
O II Festival Alagoano das Palavras Pretas Festival terá como palco o Teatro Abelardo Lopes que fica na Galeria Arte Center, Av. Antonio Gouveia, 1113,no bairro da Pajuçara e pretende reunir as muitas gentes no entorno das palavras pretas: poesias e poemas, como fonte peculiar de encontros e descobertas.
A entrada para o I Festival Alagoano das Palavras Pretas é franqueada ao público, entretanto é preciso que você faça sua inscrição.
E para fazer a inscrição é simples: mande um e-mail dizendo: “Quero participar do II Festival Alagoano das Palavras Pretas”. Coloque seu nome completo, instituição, endereço, telefone/celular,e-mail.
Envie para o seguinte e-mail: [email protected], com cópia para [email protected]il.com
Você receberá confirmação da inscrição.
Inscreva-se e fique a vontade. A palavra será toda sua!
Mais informações: (82)8815-5794