Vanessa Alencar

Senador Paim volta a Maceió para discutir reforma da previdência

Foto: Vanessa Alencar/CadaMinuto/Arquivo D4c16c9c 0818 44fa 82ce 679488b9f3f1 Senador Paulo Paim

Quatro meses depois de participar, na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), de uma sessão pública onde foi discutido o projeto que regulamenta os contratos de terceirização, o senador Paulo Paim (PT/RS), volta a Maceió na próxima segunda-feira, 11, para discutir a reforma da Previdência Social.

Desta vez, a audiência pública promovida Associação Nacional dos Servidores da Previdência Social (Anasps) será realizada no Centro de Convenções, a partir das 14h.

Por meio de sua assessoria de Comunicação, o deputado estadual Ronaldo Medeiros (PMDB), que também participa do encontro, informou que, entre os temas que serão abordados pelo senador, que é presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado, estão o projeto de lei que altera a legislação sobre trabalho escravo e a proposta que versa sobre previdência  complementar e terceirização para atividade fim.

Medeiros, que também é servidor do INSS, disse que a audiência visa esclarecer a sociedade sobre alguns “mitos” que sustentam discursos favoráveis a reforma da previdência.

"A Previdência não está falida, não é preciso retirar nenhum direito dos trabalhadores seja na área pública, privada, no campo e na cidade", afirmou o vice-presidente da ALE.

Leia também:

Paulo Paim sobre o PT: “Eu fico no barco, remando junto”

“Não tem Papai Noel, nem milagre. Só quem perde é o trabalhador", diz Paim sobre terceirização

 

Alagoas está entre os estados com menos mulheres nas bancadas

Foto: Ascom/ALE 9a2087b6 1e4d 4be1 a1e6 90b94e0486b0 Deputadas Thaíse Guedes e Jó Pereira

Alagoas está entre os cinco estados do País cujas bancadas na Câmara dos Deputados são integralmente masculinas; entre os dez estados com menos de 10% de mulheres na Câmara e nas assembleias legislativas e, por fim, entre os 15 sem representantes no Senado.

O levantamento acerca da representatividade feminina nos estados foi realizado pelo portal Congresso em Foco.

Apenas duas mulheres, as deputadas estaduais Jó Pereira e Thaíse Guedes, ambas do PMDB, integram a bancada alagoana, composta por nove deputados federais, 27 estaduais e três senadores.

Ao divulgar os dados, o Congresso em Foco chama a atenção para a PEC 134/2015, em tramitação na Câmara, que cria a cota para mulheres na Casa.

Pela proposta, na primeira legislatura subsequente a promulgação da matéria, 10% das vagas na Câmara dos Deputados devem ser ocupadas por representantes do sexo feminino, passando para 12% na segunda legislatura e 16% na terceira.

É pequena a participação feminina na política? Sim. Mas, a opção de empurrar uma mudança dessas goela abaixo parece uma emenda bem pior que o soneto, sem contar que abre um perigoso precedente.

Ou será que os eleitores não devem ter preservado o democrático direito a escolha - independente do sexo, raça ou outros critérios – de quem irá representá-los?

Parece o pouco que ainda nos resta no meio do caos.

Deputado lança plataforma de monitoramento online

Foto: Vanessa Alencar / CadaMinuto Bc8bf5e5 f6d4 4134 a348 a66f817fd445 Deputado Rodrigo Cunha

Na próxima quinta-feira, 7, o deputado estadual Rodrigo Cunha (PSDB) lança, oficialmente, o “Monitora Alagoas”, que está sendo apresentado como a primeira plataforma de fiscalização das metas de Governo.

O lançamento acontece depois de uma maratona de visitas feitas pelo parlamentar a várias secretarias e órgãos do Poder Executivo, e reúne as informações obtidas pelo parlamentar sobre a execução das metas propostas pelo governo.

Cunha promete uma plataforma com conteúdo atraente e linguagem clara, ao alcance de todos por meio das mídias digitais.

Detalhes acerca do projeto só devem ser divulgados no dia do lançamento, marcado às 8h, no restaurante Anamá.

Contra maus comerciantes, o boicote é a melhor arma

Foto: Ilustração 8365dce8 2cc0 48df 86e1 566f4fedd901

Usuários de uma casa lotérica situada no Farol denunciaram o péssimo serviço prestado pelo estabelecimento que, durante parte da tarde desta sexta-feira, 1º, só contava com um caixa para atender todos os clientes, inclusive os preferenciais.

“As pessoas ficam mais de meia hora na fila e todos os idosos passam na frente, pois não há fila preferencial”, criticou uma cliente.

Por meio de sua assessoria de Comunicação, o Procon informou ao blog que o atendimento preferencial – não necessariamente a fila exclusiva -  é que é obrigatório.

Ou seja: se não há fila preferencial, idosos, gestantes e deficientes físicos têm prioridade nas filas comuns.

Com relação ao tempo de espera para atendimento, ainda de acordo com o Procon, não existe legislação específica determinando um prazo máximo para que ele aconteça, como ocorre nos bancos.

Contra alguns maus comerciantes e maus prestadores de serviços, o boicote continua sendo a melhor arma do cidadão.

 

Acidente de serviço: projeto prevê indenização a policiais, bombeiros e agentes 

Foto: Ascom/ALE/Arquivo 7312c428 f2bd 447c 8e0b a9a0c06c2980 Alcides Andrade, Cidoca

Os policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários de Alagoas podem ser indenizados por acidentes em serviço, é o que prevê um Projeto de Lei (PL) de autoria do deputado Alcides Andrade (PSD), em tramitação na Assembleia Legislativa.

Na matéria, considera-se acidente de serviço o dano físico ou mental sofrido, que se relacione mediata ou imediatamente com o exercício das atribuições, provocando perda ou redução permanente ou temporária da capacidade para o trabalho ou perturbação física que possa causar a morte.

Equipara-se ao acidente em serviço, danos decorrentes de agressão sofrida – e não provocada, segundo o PL – no exercício do trabalho, inclusive durante viagens de serviço ou para desempenho de missão oficial; no percurso da residência para o trabalho (e vice-versa) ou no percurso do local de refeição para o trabalho, no intervalo, e na volta dele.

A indenização só será paga se o acidente em serviço resultar em afastamento superior a cinco dias. O valor será igual ao dia/soldo ou dia/vencimento correspondente aos dias de licença.

Em caso de invalidez permanente e morte, o valor deve ser pago em parcela única, correspondente a cinco mil Unidades Padrão Fiscal de Alagoas (UPFAL).

O pagamento das indenizações caberá à instituição da qual o policial, bombeiro ou agente fizer parte.

ALE entra em recesso e João Beltrão se afasta por mais 121 dias

Foto: Ascom ALE C7a9924a 7bf3 4296 8e7d a654059994b2 Plenário da ALE

Na sessão desta quinta-feira, 30, a última antes do recesso parlamentar, os parlamentares aprovaram um novo pedido de licença para tratamento de saúde, por 121 dias, do deputado João Beltrão (PRTB). Com isso, o suplente Léo Loureiro (PPL) permanece na vaga pelos próximos meses.

Agora os deputados só retornam às atividades em plenário a partir do dia 1º de agosto. E, como costuma ocorrer em ano eleitoral, a tendência é um esvaziamento nas sessões no segundo semestre.

Além dos três deputados que podem concorrer a uma vaga nos executivos municipais – Cícero Cavalcante (PMDB), Ricardo Nezinho (PMDB) e Tarcizo Freire (PP) – os demais integrantes da Casa de Tavares também estarão totalmente envolvidos com o pleito, uns mais diretamente, outros menos.

Mea culpa: Biu diz que Senado assiste “de camarote” disparada dos juros

Foto: Agência Senado 63f3c8c6 cc83 4367 862f 147edea10be1 Senador Benedito de Lira

O senador Benedito de Lira (PP) chamou a atenção, durante pronunciamento nesta quarta-feira, 29, para o que quase todo brasileiro já sabe: os juros do cheque especial e do cartão de crédito são abusivos e estão entre os mais altos do mundo.

Reconhecendo que a situação é "vergonhosa", Lira puxou a própria orelha e a dos colegas: “Há centenas e milhares de empresas fechando as portas, outras dezenas e centenas de empresas entrando em recuperação judicial, e nós não fazemos absolutamente nada. Assistimos a isso de camarote. É essa a obrigação que nós temos? E o que é que nós estamos fazendo aqui? Discutindo politicagem, discutindo política, discutindo determinados assuntos que não levam a lugar nenhum, a nada? Não”.

Lira se baseou em dados do Banco Central (BC) para fazer a reclamação. De acordo com a instituição, os juros do especial subiram de 308,7% em abril para 311,3% em maio deste ano, a maior taxa em 22 anos.

A situação é ainda pior em relação ao cartão de crédito, cujos juros médios aumentaram de 452,4% em abril para 471,3% em maio.

O senador lembrou ainda que, nas operações de crédito para pessoas físicas, a alíquota média cobrada pelas instituições bancárias atingiu 117,6% ao ano em 2015 e também subiram os juros para financiamento em geral.

Ele cobrou do governo federal e do BC medidas para a redução dos juros, cobrou dos colegas contribuições para mudar o quadro e alfinetou as instituições financeiras que, segundo ele, seguem “muito satisfeitas”, apesar da crise.

“O que essas cifras mostram? Mostram que, apesar de o País estar passando por um período crítico tanto na economia quanto na política, alguns setores da sociedade estão bastante satisfeitos. Agora, eu pergunto: qual o setor da sociedade que está satisfeito? Claro que eu não estou falando dos brasileiros que veem o fantasma do desemprego rondando suas vidas, que têm seus salários drenados”, disse o senador.

Lembrando que, em reportagem de dezembro de 2015, ao se referir aos juros das linhas de crédito oferecidas no Brasil, o jornal The New York Times disse que eles "fariam um agiota americano sentir vergonha", o senador disse, por fim, que está trabalhando em um projeto no sentido de mudar essa realidade.

Ufa!

 

Além de Marx Beltrão, outros peemedebistas estão no páreo por Ministério

Foto: Assessoria Beed107c 75bd 471f a065 b87934dc9d5d Deputado Marx Beltrão

Indicado pela maioria da bancada do PMDB na Câmara para comandar o Ministério do Turismo, o deputado federal Marx Beltrão ainda disputa a vaga internamente, com pelo menos três parlamentares mineiros: Newton Cardoso Júnior, Leonardo Quintão e Saraiva Felipe.

Uma pessoa ligada ao partido garantiu que a indicação do parlamentar alagoano para o cargo partiu da própria bancada e não do presidente do Senado, Renan Calheiros.

Ainda de acordo com a fonte, o cenário é o seguinte: contam a favor de Beltrão pontos como o apoio da bancada e o fato de ele ser visto como figura agregadora dentro do partido, com bom trânsito nas bancadas de todas  as regiões, principalmente Norte e Nordeste.

Conta a favor dos parlamentares mineiros o fato de o Estado – um dos maiores colégios eleitorais do País - ainda não ter emplacado um ministro no governo Temer.  

O Ministério do Turismo está “acéfalo” desde a saída de Henrique Eduardo Alves, após ser citado na Operação Lava Jato.

O blog tentou contato com Marx Beltrão, mas não obteve êxito.

Um bocadinho do trio

Newton Cardoso Júnior chegou a ser indicado pela bancada mineira para assumir o Ministério da Defesa, mas, a indicação não vingou.

Recentemente, o parlamentar, que responde a processo no STF por emissão de nota fiscal falsa, foi citado, juntamente com o pai, o ex-governador de Minas, Newton Cardoso, no escândalo Panama Papers.

Saraiva Felipe foi ministro da Saúde de Lula e, em 2013, seu nome surgiu em uma gravação bastante incômoda, para dizer o mínimo.

Em janeiro deste ano, Leo­nar­do Quin­tão renunciou a can­di­da­tu­ra à li­de­ran­ça do PMDB na Câmara para apoiar o atual líder, Leonardo Picciani, nome do Palácio do Planalto na ocasião.

Cícero Almeida denuncia ataques anônimos no Facebook

Foto: Reprodução/Facebook E6431b44 f25b 45fe 9492 5efdd09ba33c

 

O deputado federal Cícero Almeida (PMDB), pré-candidato à Prefeitura de Maceió, usou suas redes sociais para denunciar que vem sofrendo ataques anônimos por meio da página “Velho Ciço”, no Facebook.

O parlamentar disse que há meses vem sendo atacado de forma gratuita e apelou para que os internautas denunciem a página, por meio do link https://m.facebook.com/velhocico/.

“É uma pena que meus adversários ainda estejam apegados à velha política de ataques e difamações. Quem me acompanha nesses vários anos na política, sabe que nunca fiz política de forma suja. Prefiro rebater as críticas com trabalho e serviço prestado. Prefiro ser reconhecido como um dos melhores prefeitos que Maceió já teve”, desabafou Almeida em seu perfil na rede social.

Vale lembrar que o deputado não detém a “exclusividade” dos ataques. Pelo menos dois pré-candidatos, o prefeito Rui Palmeira (PSDB) e o deputado federal JHC (PSB), também estão sendo alvos da “velha política”, a qual se referiu Almeida, nas redes.

Contra isso, só resta a todos, a denúncia – anônima ou não.

Crise leva alagoanos a apostarem no “desapega”

Foto: Ilustração/Internet 1af6e70e 51ce 4e8d 8387 ebbc90f184c1

Reflexo da crise? A OLX, plataforma de classificados online, registrou um aumento de 137% nas vendas em Alagoas, em maio deste ano, em relação ao mesmo mês de 2015. Em primeiro lugar no ranking de crescimento, ficou Roraima, com um aumento de 409%. Alagoas ocupa o nono lugar.

Por meio de nota, a OLX creditou o incremento a alguns fatores: a crise econômica, a consequente consolidação da cultura do “desapega”, e o aumento no número de smartphones na região Nordeste.

Ainda segundo a empresa, uma pesquisa do Ibope constatou que os brasileiros têm, em média, cerca de R$ 1.800,00 em produtos em casa e que podem ser comercializados online.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com