Vanessa Alencar

Coruripe: inscrições para concurso com quase 300 vagas terminam dia 16

Ilustração 13959211702954 Concurso Público

Termina neste sábado, 16, o prazo para inscrições no concurso público para provimento de quase 300 cargos nos níveis fundamental, médio e superior na Prefeitura Municipal de Coruripe.

A empresa responsável pelo certame, Master Consultoria Educacional, alerta que, embora o pagamento da taxa possa ser efetuado até o dia 18, tanto as inscrições quanto a emissão de boletos – inclusive segunda via – só serão realizados até o dia 16.

As taxas de inscrição variam entre R$ 40 e R$ 100 e os salários, entre R$ 880 e R$ 6 mil.

Há vagas para motorista, auxiliar de serviços gerais, agente administrativo, agente de trânsito, técnico em informática, analista de sistemas, assistente social, pedagogo, professor, médico, psicólogo, entre outros.

O edital completo, com os cargos oferecidos, número de vagas e o conteúdo exigido nas provas, pode ser conferido na página eletrônica www.master-al.com.br.

Alagoano integra comissão que analisa medidas contra a corrupção

Foto: Divulgação 79999b33 0970 4b08 87d3 ef795b565223

O deputado federal JHC (PSB) é o único alagoano a integrar, como membro titular, a Comissão Especial que irá analisar as medidas de combate à corrupção propostas pelo Ministério Público Federal (MPF).

Por meio de suas redes sociais, o parlamentar agradeceu a indicação do partido e disse que, agora o legislativo deve mostrar que representa os milhões de brasileiros que apoiam as medidas e querem mudanças na atrasada legislação do país.

O deputado federal acrescentou que a corrupção corrói empregos, economia e instituições, não podendo, portanto, ser tratada como “roubo comum”.

Composta por 60 membros, sendo 30 titulares e 30 suplentes, a comissão que irá apreciar o Projeto de Lei (PL) 4850/2016 – que reúne as medidas propostas -deve ser instalada às 14h desta quarta-feira, 13.

Mais de 80% dos brasileiros são contra aumento de impostos

Foto: Ilustração 9c1d6bd5 3691 4717 9709 27fdec65c64f

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com o Ibope, divulgada nesta terça-feira, 12, aponta que 81% dos brasileiros são contra aumento de impostos, sob a alegação de que o governo já arrecada muito.

O percentual não surpreende, exceto pelo fato de que deveria ser maior, principalmente levando-se em consideração os demais dados obtidos no estudo.

Para 84% dos entrevistados, os impostos são elevados ou muito elevados e 73% são contra o retorno da CPMF.

O número dos que consideram os impostos muito elevados no País saltou de 44% em 2010 para 65% em 2016.

Já os que afirmam que os impostos aumentaram muito nos últimos anos quase dobraram: de 43% em 2010 para 83% este ano.

Para 80% dos entrevistados, o governo deve reduzir despesas para diminuir os déficits orçamentários.

Outro ponto interessante avaliado na pesquisa é que, quanto menor a instância de governo, maior a percepção da população de que o dinheiro público é bem utilizado: 83% consideram que os recursos federais são mal utilizados ou muito mal utilizados; o percentual cai para 73% quando se analisa o orçamento estadual e para 70% em relação ao municipal.

(Com Agência Brasil)

Sorriso "perfeito" no topo dos desejos adiados pela falta de dinheiro

Foto: Ilustração/Internet E79cc4ec c4eb 4fce 9c4c baeed15a75b6

Segundo um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), a realização de tratamentos dentários e as compras de roupas e calçados estão no topo dos desejos adiados pelos brasileiros por falta de dinheiro.

A pesquisa que ouviu 790 consumidores de ambos os gêneros e todas as classes sociais, nos 27 estados, mapeou o mercado de beleza a partir do consumo.

De acordo com o estudo, o clareamento dos dentes parece em primeiro lugar (21%) entre os produtos ou procedimentos estéticos mais desejados que não foram adquiridos por falta de dinheiro, seguido da compra de roupas, calçados e acessórios (16,4%) e da colocação de porcelana nos dentes (15,8%).

Em resumo, o brasileiro espera a poeira da crise baixar para exibir – literalmente - um sorriso mais bonito.

A pesquisa completa pode ser acessada no: https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas.

 

 

 

Fábio Palmeira quer trocar o Parque pela Câmara

Foto: Divulgação/Arquivo Bd7836cd c94b 4723 bbe9 d82c2d8b9fed Fábio Palmeira

Tida como especulação até o começo do ano, está confirmada a pré-candidatura do ex-coordenador do Parque Municipal, Fábio Palmeira (PSDB), a uma cadeira na Câmara de Maceió.

Além de Palmeira, outro nome da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) – o ex-secretário David Maia (DEM), hoje à frente da Slum – era dado como certo no pleito de outubro, mas o gestor aceitou o convite do prefeito Rui Palmeira (PSDB) para jogar em outra posição.

Com isso, em tese, os frutos do Meio Ambiente não precisarão mais ser repartidos.

Em sua primeira incursão como candidato, Fábio Palmeira aposta no que classifica de “busca pelo processo de renovação”, para que a sociedade não fique refém dos mesmos representantes.

Como “cartão de visitas”, ele confia ainda no trabalho de gestão que resultou na revitalização do Parque Municipal.

Fábio conta também com outro reforço de peso: o apoio do prefeito.

Mas, sobre isso, mantém a discrição.

O pré-candidato é filho do ex-vereador Virgílio Palmeira, presidente do diretório tucano na capital.

Leia também:

Meio ambiente pode render frutos na Câmara de Maceió

David Maia: de candidato a 100% soldado

Comissão vota PL que proíbe “teto” de velocidade na internet

Foto: Assessoria B57e7dff fb07 4d11 b621 9fffadb9f297 Senador Ricardo Ferraço

Pleiteada pelas operadoras, a limitação de dados na internet de banda larga fixa está mais perto de se tornar proibida por lei.

Neste sentido, o Projeto de Lei 174/2016, de autoria do senador Ricardo Ferraço (PSDB/ES), recebeu parecer favorável do relator, senador Pedro Chaves (PSC/MS), na Comissão de Ciência Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) do Senado.

A proposta está em pauta para ser votada na comissão na próxima terça-feira, 12, informou a Agência Senado.

Na justificativa do projeto – que altera o Marco Civil da Internet - Ferraço destaca que, além de ser um retrocesso, não é “razoável” limitar o tráfego de dados da rede.

Já o relator da matéria classificou a limitação de “freio” no avanço da inovação e de prejudicar ações de inclusão digital e o acesso à informação, cultura e educação.

Isso, para ficar no básico.

Vice-presidente da ALE: pausa para cuidar do visual

Foto: Vanessa Alencar/CadaMinuto/Arquivo 9197b474 ab52 4e62 b6c7 61c83cc02f67 Ronaldo Medeiros

O deputado estadual Ronaldo Medeiros (PMDB), vice-presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), aproveitou o recesso parlamentar para cuidar da saúde e da estética na capital paulista.

Medeiros retorna ao parlamento em agosto com uma discreta mudança no visual.

Deixando São Paulo, o líder do Governo na ALE volta a Alagoas e mergulha novamente na campanha eleitoral, percorrendo suas bases (e as bases do partido) em vários municípios.

Projeto estende meia-entrada para professores, atletas e paratletas em AL

Caso dois projetos de lei, de autoria da deputada estadual Thaíse Guedes (PMDB), sejam aprovados na Casa de Tavares Bastos e sancionados pelo Executivo, irá aumentar a lista de beneficiados com meia-entrada em eventos esportivos e culturais (cinema, teatro, etc.) em Alagoas.

Em duas matérias distintas, a parlamentar estende o benefício aos professores e especialistas da educação básica da rede pública federal, estadual, municipal e privada e aos atletas e paratletas (associados ou filiados à entidade de administração esportiva registrada no Estado).

As justificativas: o desconto daria aos professores a oportunidade de ampliação do conhecimento a ser repassado aos alunos.

E, no caso dos esportistas, contribuiria para formação de atletas e paratletas, “muitos deles, ex-alunos optantes por uma carreira curta e sacrificante”.

Sem entrar no mérito do merecimento – afinal, as justificativas são válidas - em nenhuma das duas matérias é apontado quem irá arcar com os custos da gratuidade.

Aviso aos condutores: não é só propaganda

Foto: BPTran/\Divulgação Ba25049e fa48 46f1 92c8 96507063705a Operação do BPTran

Vem chamando a atenção – positivamente - a atuação do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), principalmente na capital, e a sintonia que alguns de seus militares mantêm com a imprensa.

Por meio de um movimentado grupo de WhatsApp, o pessoal do Batalhão está sempre informando sobre o balanço das operações, com dados e imagens, passando uma sensação de “mãos a obras” que agora de traduz em números.

Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran),  o número de prisões em flagrante decorrentes da operação Lei Seca, realizada pelo órgão em parceria com a Polícia Militar, cresceu 125,4% no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2015.

Também cresceram o número de veículos abordados (26%) e o número de testes de bafômetro realizados (20,6%).

De acordo com a assessoria de Comunicação do Detran, os números são resultado da intensificação das abordagens em todo o Estado e das campanhas educativas realizadas no estilo “corpo a corpo”, em bares, faculdades e outros locais.

Aos que ainda insistem e arriscam transformar o carro em arma letal, o aviso: não é só propaganda.

Deputada quer impor “Passe Livre” em dia de eleição

Foto: Ascom/ALE Edcfdbea 1f4b 4096 a611 2133c6d0453b Deputada Thaíse Guedes

Um Projeto de Lei de autoria da deputada estadual Thaise Guedes (PMDB), protocolado no final de junho na Casa de Tavares Bastos, é, no mínimo inusitado.

A matéria institui o “Passe Livre” em dias de eleições para todos os passageiros em todos os transportes públicos coletivos de Alagoas.

Pela proposta, as empresas que descumprirem a lei estarão sujeitas a multa diária de R$ 5 mil; R$ 10 mil em caso de reincidência e até a suspensão do alvará de funcionamento.

Na justificativa, a parlamentar diz que a matéria visa valorizar o exercício da democracia, incentivando o eleitor a não se abster da votação.

A deputada só esqueceu de dizer quem vai pagar o “Passe Livre” que, de graça, não tem nada. Em nenhum sentido.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com