Roberto Gonçalves

Escolha do primeiro prefeito de Canafístula de Frei Damião começa ser articulado

13841793256578

O Senado já aprovou o projeto no último dia 16 de outubro deste ano para criação, incorporação fusão e desmembramento de municípios em todo o Pais incluindo o Distrito de Canafístula de Frei Damião no município de Palmeira dos Índios.

Restando apenas a sansão presidencial para definir a emancipação do distrito, nos bastidores já foram iniciadas as articulações com vistas a candidatura do primeiro prefeito e vereadores do 103º município de Alagoas. As articulações nesse sentido estariam sendo comandadas pelo deputado estadual Edval Gaia Filho (PSDB) prefeito de Palmeira dos Índios James Ribeiro (PSDB) e vereador por Palmeira dos índios, Júlio Cézar (PSDB).

Uma campanha pela emancipação vem sendo realizada pelos moradores do Distrito nas redes sociais – Canafístula de Frei Damião merece emancipação, como foco na defesa os internautas, buscam o desenvolvimento da região com geração de emprego e renda, melhorias nas áreas da saúde, educação, segurança, infraestrutura e, sobretudo melhor qualidade de vida.

Canafístula de Frei Damião apresenta uma área urbana já formada, com um comércio igual a muitas cidades do interior de pequeno e médio porte apresenta uma das melhores feiras de gado do Estado em local com total segurança e infraestrutura, grande produtor de pinha uma feira livre semanal com condições de melhorias e modernidade.

O município possui uma moderna emissora a Cacique FM. Realiza uma grande festa religiosa que atrai católicos de todo o Nordeste a Missa em memória de Frei Damião. Conta com escola estadual, Municipal, Posto de Saúde, Centro Comunitário, Praças, Igrejas, ruas calçadas, Cemitério Público, Mercados, lojas, bares, lanchonetes e a importante Associação Frei Damião com Mini hospital. Escola, Casa de farinha, Museu Frei Damião, parque, Centro Social e Centro administrativo.

CBC em Arapiraca realiza VI Exposição Cultural

13840515641904

O Colégio Cenecista Nossa Senhora do Bom Conselho realiza neste sábado, 09 e domingo 10, a VI Exposição Cultural com apresentação temática apresentada pelas turmas do ensino médio e fundamental.  O evento vem atraindo grande número de estudantes e visitantes na sede da instituição na Rua Estudante José de Oliveira Leite a partir das 17h30
O diretor da mais importante instituição de ensino de Arapiraca, professor José Moacir Teófilo considera o evento da maior importância para o desenvolvimento da pesquisa e, sobretudo a integração de todo o alunado professores e pais de alunos. 
Stands expostos no evento 

- Deuses do Olimpo
- Misticismo
- Primeiros Socorros
- Idade Média
- Vaquejada
- Índia
- México 
- Sexualidade
- Sete Pecados
- Profecias Apocalípticas 
- Estados Unidos


ATRAÇÕES NO PALCO: 

(Sábado) - Explosão Gospel
- Peça Teatral (Drácula)

(Domingo) - Ariel/Kaliban
- Show de Calouros

VENHA CONFERIR!!
Entrada Franca.  

Praça mais famosa de Arapiraca foi cena de crimes que abalaram Alagoas

Roberto Gonçalves 13839284636879

A Praça Marques da Silva, principal e mais tradicional espaço público de Arapiraca tem muitas histórias ao longo dos últimos 60 anos. De espaço para artistas de rua, repentistas e emboladores de coco a cena de dois crimes nas décadas de 50 e 60 que abalaram Alagoas e o Brasil.

A primeira vítima foi o deputado estadual e médico José Marques da Silva, fato registrado no dia 07 de fevereiro de 1957, em sua homenagem a Praça foi revitalizada na administração do então prefeito Severino e passou por reforma básica recentemente na administração da prefeita Célia Rocha (PTB).

Na revitalização mais recente, o espaço ganhou mais modernidade e prestou uma homenagem ao deputado Marques da Silva com a colocação da sua estátua em tamanho natural sentado na Praça bem em frente à residência onde morou cujo prédio foi destruído, e no mesmo local onde foi tocaiado pelos pistoleiros e covardemente assassinado.

Marques da Silva foi assassinado por inveja, pela sede de poder e pelo domínio político que era contagiante e não tinha preço nem limites. O parlamentar sabia da trama ardilosa para a sua eliminação e em uma carta ao presidente do seu partido em nível nacional previu

“Se o ponto final dessa verdadeira tragédia for, como tudo indica minha eliminação pessoal, desejo, apenas, que minha família sofra com resignação e cuide dos meus três filhinhos, afim de que, mais tarde, eles possam fazer por Alagoas e pelo Brasil, o que não me foi possível realizar”. Uma morte previamente anunciada e foi título do meu livro reportagem – Marques da Silva – a morte anunciada.    

Segundo derramamento de sangue

O segundo derramamento  de sangue na Praça Marques da Silva ocorreu na noite do dia 08 de abril de 1978 quando o ex-prefeito de Campo Grande, José Paulo de Moura foi assassinado com vários tiros pelo sargento da Polícia Militar de Alagoas, Pedro Moreira da Silva.

No momento do crime, o político prestava socorro a uma vítima de uma colisão entre dois veículos registrada no local. O crime obteve grande repercussão em todo o Estado. José Paulo de Moura agonizou seus últimos momentos de vida nas águas da chamada fonte luminosa que existia no centro  da praça e que foi destruída.

O crime obteve ampla repercussão e com as mais desencontradas motivações e uma forte conotação de crime político. O militar sustentou a tese de vingança em razão, segundo ele de vir sofrendo perseguição pela vítima. Preso indiciado, Sargento Moreira foi levado a julgamento pelo Tribunal do Júri e foi absolvido.

Paulo Moura era muito polêmico detestava cabeludo muito comum na década de 70, e não permitia nenhum cabeludo na cidade em que governava.  Antes dois anos do assassinato foi vítima de um atentado a faca no momento em que desembarcava do trem na estação ferroviária de Campo Grande procedente de Maceió. O atentado teria sido atribuído a caso passional com conotação política.   

 

Vereadores e ex-vereadores são presos em Santana do Ipanema

13839078253868

Uma operação comandada pela delegada Ana Luiza Nogueira, , cumpriu mandados de prisão expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital. Foram presos parlamentares da cidade que são acusados pelos crimes de fraude à licitação, peculato, falsidade ideológica e formação de quadrilha. 
A prática dos vereadores e ex-vereadores era de comprar combustível e alugar carros através de contratos irregulares, beneficiando amigos e correligionários se utilizando de verba de gabinete.
A operação foi realizada pela DEIC, coordenada pela  delegada Ana Luiza Nogueira, com a participação do Ministério Público de Alagoas. O vice-prefeito de Santana do Ipanema Edson Magalhães está foragido além dos vereadores Jal de Areias e Gilmar França. 
Foram presos em suas residências na cidade de Santana do Ipanema Enaldo, Papatudo,Kátia Bulhões, Fôfa que já foi presidente da Mesa Diretora, Merica, Adenilson, Paozeiro, Gilmar, e José Vaz. No total são 12 mandados a serem cumpridos. 

 

Descoberta de mina de cobre em Igaci pode prorrogar mineração da Vale Verde no Agreste

13838323230357

Com previsão para o inicio da operação no segundo semestre de 2015 pela Mineradora Vale Verde no Serrote da Laje no município de Craíbas durante 12 anos previstos esse prazo poderá ser prorrogado por mais três anos de vida útil. A descoberta de uma mina de cobre no município de Igaci distante 15 quilômetros da planta industrial de Craíbas poderá prorrogar a operação.  
O investimento é para o futuro que pode contribuir como fonte de minério para o projeto a exemplo, o cobre seria lavrado na mina e levado em caminhões para o processamento no Serrote da Laje em Craíbas. De acordo com informações dos técnicos, o investimento nesse alvo potencial não está ainda dimensionado.
A infraestrutura para o escoamento da produção existe, o suprimento de água e energia está sendo viabilizado pelo Governo do Estado para suprir a demanda do empreendimento. Uma adutora com extensão de 57 quilômetros com 20 já, concluídos entre o município de Traipu e Arapiraca está sendo construída para levar água do Rio São Francisco a dez municípios da região Agreste através de uma parceria público-privada (PPP). Um terço da vazão de 1,5 mil metros cúbicos de água por hora abastecerá com água não tratada a Mineração Vale Verde. 
Em relação à energia elétrica a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) disponibiliza a subestação Arapiraca III na qual investiu recursos da ordem de R$ 28,8 milhões no período 2012 e 2013, que ficará interligada à linha de transmissão Rio Largo Penedo. Com um transformador de 100 MVA a nova subestação está reforçando o potencial energético de Arapiraca e cidades no seu entorno proporcionando o desenvolvimento das indústrias já implantadas e a serem instaladas e garantindo o fornecimento do potencial energético a Mineradora Vale Verde. 

Com informações da Revista Valor Econômico.
 

 

Euclydes rechaça vinculação e diz que helicóptero usado por Collor em 2010 está na prestação de conta


 O suplente de senador Euclydes Mello rechaçou o conteúdo do texto publicado por Roberto Gonçalves, em seu blog, ao tentar vincular o senador Fernando Collor com uma quadrilha de sonegadores, cujo helicóptero, apreendido pela PF, em recente operação, serviu à campanha de Collor ao governo de Alagoas, em 2010.

“É um absurdo, e chega a ser criminosa a tentativa de vincular esse grupo a Collor. A campanha utilizou oficialmente a aeronave para atender às necessidades de deslocamento do candidato. Consta na prestação de contas ao TRE”, explicou Euclydes.

O suplente de senador disse ainda que o blogueiro precisa se retratar. Caso contrário, terá de provar na justiça quais as supostas falcatruas, citadas em seu texto, que o senador Collor andaria se envolvendo.

“É muito fácil utilizar a liberdade de expressão para sair acusando as pessoas sem provas. No texto, ele ainda acusa o senador que utilizou dinheiro sujo para financiar a campanha de 2010. Ou se retrata, ou vai ter que provar na Justiça o que afirma, o que não conseguirá, porque é uma grosseira mentira e ofensa assacadas contra Collor”.

Ainda sobre o helicóptero, Euclydes Mello disse que há toda a documentação relacionada à utilização da aeronave. “Foi tudo feito de forma lícita, sem subterfúgio. Daí a razão de o helicóptero ter sido plotado com a marca e o número da candidatura de Collor ao governo”, disse Euclydes. Ele já prevê esse jogo sujo e duro em função da proximidade da campanha eleitoral. “Nós estamos preparados para esse tipo de baixaria, que visa apenas tentar enlamear a conduta do senador”.  

 

Helicóptero de quadrilha sonegadora, apreendido pela PF, é o mesmo usado por Collor em campanha eleitoral

13837650471413

O helicóptero “Esquilo Negro”, prefixo PT YOO, que o senador Fernando Collor usou em sua campanha para governador de Alagoas em 2010, e foi preso pela Polícia Federal, no aeroporto de Guararapes, em Recife, pertence à quadrilha de sonegadores de impostos, identificada e presa na Operação Abdalônimo. O aparelho era um dos transportes usados pelo empresário alagoano Walmer Almeida da Silva, acusado de ser cabeça da quadrilha que sonegou, nos últimos cinco anos, mais de R$ 300 milhões em impostos, em Alagoas e na Bahia.

Assim, desde a época de PC Farias, tesoureiro da campanha presidencial, que percorria o Brasil em seu learjet 55, o “Morcego Negro”, articulando um imenso esquema de corrupção, o atual senador Fernando Collor continua se envolvendo em falcatruas.

Se recuarmos um pouco, na manhã de 3 de outubro de 2010, logo depois de votar em Maceió e ser vaiado na sua sessão eleitoral, o senador Fernando Collor afirmou arrogante ao site UOL: “Vou pegar o helicóptero agora e viajar para o interior. Vou planejar ainda o que irei fazer”. E saiu acenando a bordo do “Esquilo Negro”, avaliado em R$ 2 milhões. Durante a campanha, ele pousou em quase todos os municípios de Alagoas, como símbolo de poder, ostentação, riqueza e luxo. Mas conseguiu juntar poucos votos.

Collor, na eleição de 2010, amargou um terceiro lugar no primeiro turno. E, agora, menos de três anos depois, no dia 26 de setembro, a Polícia Federal cumpriu um mandado de apreensão, no Aeroporto Internacional de Guararapes, em Recife, como parte da operação Abdalônimo. Bingo. O helicóptero, que chegava da Paraíba, era o mesmo PT YOO usado por Collor na campanha. Foi a segunda maior doação individual que ele declarou ter recebido na sua prestação de contas, calculada a R$ 2 500,00 a hora voada, num total de R$ 220 mil.

O helicóptero é propriedade da Setana Motors Comércio de Veículos, de Feira de Santa, Bahia, empresa de propriedade de Walmer Almeida da Silva. Foi apreendido por ser parte do esquema de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, falsificação de documentos, falsidade ideológica e sonegação fiscal. A quadrilha, que montou cerca de 20 empresas laranjas, envolveu também a irmã de Walmer, Vitória Zoolo, proprietária de lojas em shoppings e uma revendedora de carros.

O empresário amigo e financiador da campanha de Collor, tido como violento, também responde pela morte de seu concorrente, Antônio Gonçalves Bezerra, em Vitória de Santo Antão, Pernambuco, além de porte ilegal de armas. Sem contar a ostentação de propriedades como imóveis em condomínios de luxo, lojas em shopping, revendedoras de veículos (avião Embraer 810 D (prefixo PT VRA) e carros caros, entre eles Ferrari e Masetari, que não correspondiam às declarações de renda.

É esse dinheiro sujo que ajudou a financiar a campanha de Collor a governador do Estado, aumentando os eternos mistérios sobre seus fundos de campanha. Na época em que foi candidato a presidente, as “arrecadações” lhe renderam, mais de 20 milhões de dólares só em “sobras de campanha” - e que ninguém sabe onde foi parar. Mas o Esquilo Negro está parado, preso, enquanto o processo contra a quadrilha corre em segredo de justiça.

 

Tarciso Freire amplia apoios rumo a ALE em 2014

1383750344853

 O vereador Tarciso Freire (PSD) que está no quinto mandato na Câmara Municipal de Arapiraca vem a cada dia ampliando apoios com vistas a sua pré-candidatura a deputado estadual em 2014. 

 Na sua atuação parlamentar ao longo de cinco mandatos vem mantendo a sua independência em relação ao Executivo e sempre defende os principais pleitos da comunidade arapiraquense e um dos seus grandes projetos  sociais é a implantação do Complexo Multidisciplinar que leva o seu nome e atende a mais de 300 crianças especiais de Arapiraca e região Agreste.  

Até momento, consegui o poio ao seu projeto político dos vereadores, Josias Albuquerque (PSD)  e Marcio Marques (PSC). Além do apoio de vereadores com serviços prestados à população, Freire consegui unir em seu projeto os suplentes Sidnei Geni (PSDB) o líder comunitário Odilon Tenório, ex-vereador e comerciante Jairo Barros além do líder comunitário Parreirinha.

Mineradora Vale Verde coloca o Agreste no mapa do minério

1383656894862

O governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) destaca o empreendimento em Craíbas e Arapiraca na Região Metropolitana do Agreste – (RMA) da Mineradora Vale Verde que deve iniciar a operação da mina de cobre em 2015 como um marco para o desenvolvimento da região.

Um empreendimento da ordem de US$ 450 milhões que coloca o Agreste de Alagoas no mapa brasileiro da exploração mineral promovendo empregos diretos e indiretos. A empresa pertence ao grupo canadense Aura Minerals.

Após entrar em operação a jazida terá capacidade para produzir sete milhões de toneladas por ano de minério de cobre e os 12 anos de vida útil estimados, vai gerar uma taxa de retorno de investimentos da ordem de 19% segundo estudo de viabilidade econômica elaborado pela companhia. 

O volume da exata medida da importância econômica do empreendimento quase três vezes os 2,8 milhões de toneladas por ano de minério de cobre processados pela Mineradora Caraíba na Bahia é pouco menos da metade dos 16 milhões de toneladas anuais produzidos pela Vale do Para. Segundo Tony Lima, gerente do projeto da Mineração Vale Verde.

O projeto Serrote da Laje como foi batizado no município de Craíbas  distante de Maceió 142 quilômetros através da Al-220 contempla a extração de cobre em uma área total de cerca de 2,6 hectares.

Do volume extraído da jazida é possível produzir em torno de 130 mil toneladas por ano de concentrado de cobre com uma pequena proporção de ouro por volta de três gramas por tonelada que contribuem com 8% da receita gerada na operação.

De acordo com o técnico a produção de 600 mil toneladas por ano de minério de ferro que inicialmente estava previsto no projeto, ficou fora e não há previsão de quando essa atividade será colocada em pratica. O nome que batizou o projeto foi inspirado nas características da região. Serrote é um diminuitivo de serra e laje faz mensão a um afloramento de minério que formou um tipo de rocha lisa, explicou Lima.

A área que abriga o empreendimento é formada por diversas fazendas a maioria de pequeno porte, dedicadas à agricultura de subsistência que estão sendo desapropriadas. Assim que as famílias dos agricultores forem removidas começara a construção da unidade. A expectativa é de que o processo esteja concluído até julho, foram negociados 70% das famílias e conseguimos 60% da área, explicou.

Os US$ 450 milhões correspondem apenas ao capital destinado à  instalação da planta. O montante está sendo aplicado na aquisição das propriedades, reassentamento das famílias que moram na área, engenharia e gerenciamento, aquisição de equipamentos, materiais e serviços necessários à construção, além de treinamento e contratação de pessoal. Na etapa da construção serão gerados 1,2 mil empregos diretos, enquanto a fase de operação a partir de 2015 empregará  400 pessoas.

Com informações da revista Valor Econômico.

Participação do Complexo multidisciplinar Tarciso Freire no desfile emocionou público

13833120449345

O público foi tocado pela emoção no desfile da emancipação política de Arapiraca na tarde do ultimo dia 30 de outubro com o desfile das crianças acompanhadas pelos pais que são assistidas pelo Complexo Multidisciplinar Tarciso Freire.
O vereador Tarciso Freire (PSD) idealizador do importante projeto social participou do desfile montado no boi “Gaucho” e chamou a atenção do público, sobretudo das crianças que fizeram questão de serem fotografadas ao lado do animal muito bonito e dócil.  
Pelo terceiro ano consecutivo, Freire levou para a Avenida suas trezentas crianças acompanhadas dos pais assistidas pela instituição que atende crianças especiais de Arapiraca e toda região Agreste.
“Eu espero com ansiedade por este dia. O que me deixa muito feliz e realizado pelo sucesso e os resultados positivos desse projeto social”. A satisfação de presenciar a alegria dessas crianças sendo amadas pelos pais e o povo é uma realização, completou Freire. 
“Essas crianças são especiais para mim, não pelo fato de terem algum problema, mas por me ensinarem no dia a dia que vale a pena lutar pelo bem-estar social de cada uma delas,” argumentou.
“É preciso que a sociedade possa conhecer de perto o trabalho desenvolvido pela equipe do complexo, que recebemos crianças de todas as partes do estado de Alagoas”. Sem adiantar a surpresa do próximo ano Freire garantiu uma surpresa para o desfile de 2014   quando Arapiraca completa seus 90 anos. 

 

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com