Kleverson Levy

Assassinato de vereador de Anadia completa um ano na segunda-feira

Reprodução - internet 1324388898imagem Vereador Luiz Ferreira foi morto numa emboscada

O assassinato do vereador de Anadia, Luiz Ferreira de Souza (PPS), executado com treze tiros, no dia 03 de setembro, no povoado da Tapera, próximo ao município anadiense, completa um ano na próxima segunda-feira (03). Ferreira foi morto após ter participado de um programa de rádio, na cidade de Maribondo, onde anunciou que seria candidato a prefeito de Anadia em 2012.

A ex-prefeita do município, Sânia Tereza (sem partido), foi presa numa operação deflagrada pela Polícia Civil (PC), no dia 12 de setembro de 2011, em Anadia, juntamente com seu esposo, Alessander Ferreira Leal - apontados como autores intelectuais-, e o militar Cláudio Magalhães da Silva – primo da ex-gestora.

Em maio (dia 18) deste ano, a juíza da 17ª Vara Criminal da Capital, Dra. Lourena Souto Maior, concedeu a liberdade ao militar  - Claúdio Magalhães - porque ele não foi reconhecido pela principal testemunha ocular do crime - identificado como Cícero Jorge.

Já Sânia Tereza foi denunciada pelo Ministério Público Estadual (MPE) como mandante do assassinato do médico. Todos os outros envolvidos foram denunciados pelo MPE como autores materiais e intelectuais e estão presos. Sânia Tereza continua detida no presídio Santa Luzia, em Maceió.

Missa

Amanhã, 01, às 9h, na capela Recanto Coração de Jesus, no Barro Duro, será celebrada uma missa de um ano em memória do médico, vereador e professor do curso de medicina da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Luiz Ferreira de Souza. A celebração é uma homenagem que será realizada pelos familiares de Ferreira, pela Associação dos Docentes da Ufal (Adufal) e o Programa Ufal em Defesa da Vida.

“É por justiça que clamamos nesse ano de ausência. Há quem aposte na impunidade e no esquecimento, mas nós apostamos na justiça. Sabemos que ela não nos trará alento ao coração, mas nos dará alento como cidadãos”, disse a viúva Rita Luiza de Pércia Namé, professora do curso de música da Ufal.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Com ASCOM da Adufal
 

Falso candidato a vereador engana eleitor no interior

TSE - Divulgação 1346251914olhodaguagrande Dados que estão no DivulgaCand e adesivo são os mesmos

Um fato inusitado e surpreendente chegou ao conhecimento deste blogueiro. No município de Olho d’Água Grande, agreste alagoano, o “candidato” a vereador pede votos aos eleitores, porém, os dados pessoais registrados no site do DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), aparece com foto e nome de outro.

Na cidade, as pessoas comentam o fato que já repercute nas praças e ruas, mas este blog não teve informação se alguma denúncia foi formalizada e entregue ao juiz eleitoral da 34ª Zona Eleitoral, Leonizo de Melo Freitas, para análise do caso.

Genivaldo, filiado ao PRTB, e que pede votos no município, não é a mesma pessoa que aparecerá na urna eletrônica (no dia 07 de outubro) e que o DivulgaCand apresenta. No site do TSE, o nome e a foto são de Thiago Nogueira de Vasconcelos que, coincidentemente ou não, tem o mesmo nome e número igual ao “candidato” que se apresenta como Genivaldo.

Thiago Nogueira (veja imagem retirada do site do TSE abaixo) tem os mesmos dados de Genivaldo - com o nome e número para concorrer ao cargo de vereador. Entretanto, nos adesivos e “santinhos” - espalhados em Olho d’Água Grande - quem aparece nas fotos é Genivaldo e não o Thiago que foi registrado no DivulgaCand. O difere dos dois Genivaldos são os números do CNPJs de campanha.

Porém, Genivaldo e Thiago são aliados do atual prefeito e candidato à reeleição, Antônio Lima (PDT), que pretende eleger um deles. Qual dos dois? Mas, de acordo com o denunciante - que prefere não se identificar -, Genivaldo pode está sendo usado para atrair os votos dos eleitores e eleger Nogueira.

Thiago, no entanto, não aparece na cidade e nem faz campanha. O que se sabe é que ele tem ligação com o prefeito e os familiares do gestor. Todavia, caso Genivaldo seja eleito quem ficará na vaga - por conta dos dados registrados no site DivulgaCand – é Thiago. Já Genivaldo – o que permanece no material de campanha - não está registrado no DivulgaCand como candidato pelo PRTB. Do partido - concorre ao cargo de vereador - apenas Tonhão, Bento do Sindicato, Cleber (Peba) e o Thiago Nogueira (o “Genivaldo”).

E agora?

Com a resposta, os os advogados e o Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL) para resolver esta situação em Olho d’Água Grande.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Por 6X0, TRE decide que Nivaldo Jatobá é inelegível

Cortesia Alagoas Web 1288714955nivaldo jatoba Nivaldo Jatobá

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL) decidiu na noite desta terça-feira (28) que o ex-prefeito de São Miguel dos Campos, Nivaldo Jatobá (PMDB), é inelegível. Os magistrados entenderam que caso Jatobá fosse eleito prefeito - em outubro - estaria exercendo um quinto mandato consecutivo na família.

A informação da inelegibilidade do ex-prefeito foi dada pelo advogado Marcelo Brabo, em seu microblog, o twitter. Brabo é também o advogado de defesa do atual prefeito e candidato à reeleição, George Clemente (PSB),  da Coligação “A Força que Vem do Povo”.

“TRE/AL acaba de prover, por 6 x 0, recurso no qual reconhece a inelegibilidade do candidato Nivaldo Jatobá de São Miguel dos Campos! O TRE/AL entendeu que é o quinto mandato familiar consecutivo. Modificou, por unanimidade, a decisão da Zona”, respondeu  o advogado via twitter.

A ação de impugnação impetrada pela Coligação “A Força que Vem do Povo” foi sob a acusação de que o candidato Nivaldo Jatobá (PMDB) mantém vínculo em união estável (Parentesco) com a ex-prefeita do município e sua sucessora na Prefeitura, Rosiane Santos (PMDB).

Em agosto de 2011, o TSE cassou, por 4 votos a 3, o mandato de Rosiane Santos. A ex-prefeita não poderia ter sido eleita, em 2008, uma vez que mantinha união estável com o seu antecessor, Nivaldo Jatobá, que foi prefeito de São Miguel dos Campos por dois mandatos (1996 e 2000) e ela – Rosiane – eleita em 2004 e reeleita em 2008.

Com esta decisão do TRE-AL, os advogados de defesa de Jatobá deverão recorrer da sentença no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na disputa pela Prefeitura, todavia, continua  os candidatos George Clemente (PSB) e Salustiano (PRTB). 

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Pesquisas internas apontam Toninho Lins na preferência pela Prefeitura

Facebook 1346152818toninholins01 Toninho Lins e Drª Eliza intensificaram as visitas de casa em casa

Pesquisas internas e não divulgadas apontam que o prefeito afastado de Rio Largo, Toninho Lins (PSB), dispara na preferência do eleitorado no município. As pesquisas também não foram registradas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL), mas estão sendo realizadas por alguns institutos em favor (a pedido) dos candidatos e coligações.

Um leitor que teve acesso a pesquisa mais recente apresentou a cópia para mais esclarecimentos deste blogueiro. O blog teve o resultado onde mostra que Toninho fica à frente de seus adversários. Pontuando na sequência - em segundo lugar - apareceu o nome de Marcos Vieira (DEM), seguido pelo ex-deputado estadual Gilberto Gonçalves (PRB) e, por último, a atual prefeita Fátima Correia (PSD).

Como essas pesquisas não foram divulgadas na imprensa ou registradas no TRE, as coligações preferem mantê-las circulando internamente com o intuito de saber – por enquanto - a opinião dos eleitores rio-larguense.

Entretanto, o comentário na cidade é que Lins continua na preferência do eleitorado por ter acertado também na escolha de sua candidata à vice-prefeita, Maria Eliza Alves (PRP), que é ex-prefeita de Rio Largo. Dr.ª Eliza, como é conhecida no município, tem serviços prestados em vários bairros e ainda mantém seguidores desde o período em que foi gestora (1997-2000 e 2001-2004).

Em contrapartida, a união Lins/Alves trouxe bons frutos para o atual grupo político nesta campanha eleitoral. Com pesquisas ou não em mãos, correligionários de Toninho Lins e Drª Eliza disseram que os dois aceleraram o ritmo de campanha diariamente e prometem visitar todas as residências em Rio Largo até o final da campanha.

No páreo, continuam também disputando à Prefeitura de Rio Largo a atual prefeita Fátima Correia (PSD), o ex-deputado Gilberto Gonçalves (PRB), o comerciante Daniel Pontes (PSDB) e o advogado Marcos Vieira (DEM).

Como as pesquisas continuam sendo realizadas internamentes - para saber da preferência do eleitor – é provável que nas próximas semanas um resultado oficial venha a ser registrado no TRE para o conhecimento de todos.

Será?

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Com 95 cm de altura, “Lili do Hospital” é a novidade na política em Palmeira

Facebook 1346089347256492427859423918832304053107o Eliene Silva de Queiroz, mais conhecida na cidade como ?Lili do Hospital?

Candidata à vereadora em Palmeira dos Índios, Eliene Silva de Queiroz, mais conhecida na cidade como “Lili do Hospital”, promete ser a novidade na política palmeirense. Tentando uma vaga na Câmara de Vereadores da Princesa do Sertão, a técnica de enfermagem vem superando obstáculos e tirando o sono de alguns candidatos ao legislativo palmeirense.

Filiada ao PSB, “Lili do Hospital” é portadora de nanismo e má-formação óssea. Com 95 centímetros de altura, sendo chamada também de “pequena gigante”, a candidata conta com o apoio da atual vice-prefeita do município, Verônica Medeiros (PSB), para chegar à Câmara Municipal.

Trabalhando há anos no Hospital Regional Santa Rita, “Lili” tem feito de sua experiência profissional um ato de responsabilidade e respeito por aqueles que convivem diariamente. Na eleição de outubro, poderá ter uma expressiva votação - chegando a ser a ‘puxadora’ de votos da coligação - e largar na frente de candidatos experientes da terra de xucurus-cariris.

Caso seja eleita vereadora, “Lili do Hospital” vai ter como bandeira de luta o trabalho em prol dos portadores de deficiências. “Não é por que sou especial que não tenho capacidade de assumir um cargo eletivo. Tem muitas pessoas sem nenhuma deficiência, porém, não tem a capacidade de uma pessoa que sofre de deficiência física”, relatou.

No xadrez da política, os correligionários da candidata dizem que ela terá uma boa votação no município. “Lili” que faz parte da coligação PP, PMDB e PSB poderá fazer mais um vereador - a depender de seu desempenho nas urnas. Porém, a certeza do grupo é que das quinze vagas que estão sendo disputadas uma pertence a ela. 

Portadores X Política

A história de portadores de deficiências faz lembrar outros candidatos que conseguiram êxitos na política alagoana. Hoje, em Alagoas, com mandatos, temos a deputada federal e candidata à prefeita em Maceió, Rosinha da Adefal (PTdoB), e a deputada estadual Thaise Guedes (PSC).

No passado bem recente, Gerônimo Ciqueira (faleceu em 2007), o Gerônimo da Adefal, iniciou à luta em favor dos portadores de deficiências quando foi eleito vereador por Maceió (dois mandatos) e deputado federal em 2006.  

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

PRE mantém posição de juiz e não acata recurso de candidato

CadaMinuto /Aquivo 1274290391rodrigo tenario Rodrigo Tenório

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL) publicou nesta quarta-feira (23) o parecer dado pelo Procurador Regional Eleitoral, Rodrigo Tenório, no recurso ingressado pelo advogado do candidato a prefeito de Palmeira dos Índios, Petrúcio Barbosa (PTB), contra o indeferimento de sua candidatura.

No último dia 09, o juiz eleitoral da 10ª Zona Eleitoral, Sandro Augusto, rejeitou o pedido de Embargos de Declaração impetrado pelos advogados de Barbosa. O magistrado manteve sua decisão anterior que indeferiu o pedido de registro de candidatura do ex-prefeito de Igaci.

No parecer de Tenório, ficou mantida a posição do juiz Sandro Augusto considerando que Petrúcio Barbosa não pode registrar a candidatura à Prefeitura de Palmeira. Já a tese de defesa apresentada pelo advogado, Fábio Ferrário, não se sustentou pelo motivo de Barbosa está enquadrado na Lei da Ficha Limpa - integrando a lista de inelegíveis do Tribunal de Contas da União (TCU).

No entanto, o parecer do MP não é considerado um voto no TRE. Com isso, não há qualquer tipo de antecipação em relação à situação de Petrúcio Barbosa. Porém, vale salientar, que é mais um elemento contrário à candidatura do ex-prefeito e de muita influência para o julgamento da questão que está previsto para acontecer na próxima terça-feira, 28, no pleno do TRE.

Por outro lado, Petrúcio Barbosa e Wellington Bento (candidato a vice-prefeito) mantém o ritmo de campanha no município. Enquanto aguardam decisão do TRE, os candidatos continuam visitando bairros, casas e realizando comícios relâmpagos em Palmeira dos Índios.

Será?

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Com Tribuna do Agreste
 

Pesquisa divulgada no CadaMinuto preocupa grupo político em Penedo

TSE 1345744643marciusbeltraopenedo Márcio Beltrão (PDT) lidera nas pesquisas em Penedo

A pesquisa Ibrape-Cadaminuto realizada na cidade de Penedo e divulgada hoje (23), no site CadaMinuto, começa a preocupar alguns candidatos no município. A liderança do ex-prefeito Márcio Beltrão (PDT) - na disputa pela Prefeitura da cidade - está incomodando o grupo do seu principal adversário político, o atual prefeito Israel Saldanha (DEM).

Liderado (como todos sabem) pelo o então Secretário de Saúde de Alagoas e ex-prefeito de Penedo, Alexandre Toledo (PSB), o grupo – segundo fontes internas – começa a traçar planos para alavancar à campanha de Israel Saldanha (candidato à reeleição) e sua candidata à vice-prefeita - a vereadora Ivana Toledo (PSDB).

O fato é que muitos eleitores andam insatisfeitos com a gestão atual e isso faz com que o nome de Saldanha/Toledo não decole nas ruas. No entanto, a pesquisa realizada durante os dias 17 e 18 de agosto, entrevistando oitocentas pessoas, em 31 localidades do município, já mostra um resultado do atual  quadro eleitoral na belíssima cidade que fica às margens do Rio São Francisco.

Ainda de acordo com os dados da matéria a rejeição de Saldanha é maior se comparada com os outros candidatos. Segundo o resultado total da pesquisa, 29% dos entrevistados não votariam em Israel Saldanha, 14% em Marcio e 13% em Carlos, 10% não votaria em nenhum deles e 34% não sabe ou não opinou.

Enquanto Saldanha/Toledo buscam fórmulas para ganhar a preferência dos eleitores penedenses e tentar elevar a campanha eleitoral; do outro lado, Márcio Beltrão e Ronaldo Lopes continuam bem aceitos nos bairros e residências que visitam constantemente.

Portanto, caríssimos leitores, é esperar até outubro para ver o desdobramento do que vai acontecer na política penedense.

Será?

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Prefeito da Barra de São Miguel nomeia secretários e começa a regularizar situação

Internet 1345587150dsc0047 capia Prefeito da Barra de São Miguel, Carlos Henrique Almeida Alves ? o Carlinhos Alves (PSC)

O novo prefeito da Barra de São Miguel, Carlos Henrique Almeida Alves – o Carlinhos Alves (PSC) -, começou a regularizar a situação de abandono e caos (de acordo com o que foi divulgado na imprensa) em que se encontrava o município.

No sábado (18), quando foi empossado no cargo, Alves deu início a um mandato que vai ter duração de quatro meses. O blog recebeu informações – fonte fidedigna - de que tudo está se normalizando na cidade. Numa missão que vai durar 135 dias à frente do Executivo, Carlinhos Alves, que deixou a presidência da Câmara de Vereadores e a garantia de sua reeleição ao legislativo barrense, desistiu da candidatura de vereador para assumir à Prefeitura.

Em três dias no comando, o novo prefeito mandou recolher todo o lixo que estava acumulado desde semana passada, colocou em funcionamento as secretarias que se encontravam paralisadas, nomeou os novos secretários (Ver lista abaixo), vai enxugar a folha salarial para mantê-la em dia e, também, quitar as dívidas acumuladas. Além disso, Carlinhos Alves, que prometeu pagar os salários atrasados, começou a liberar o dinheiro para todos os funcionários da Prefeitura.

Até então, Carlinhos Alves desconhece a situação financeira do município e aguarda que o Tribunal de Contas de Alagoas (TCA-AL) envie as documentações comprovando que houve, de acordo com o que foi denunciado pelo ex-vice-prefeito Lelo Maia, um “rombo” de cerca de R$ 2 milhões.

Por enquanto, as palavras de ordem na Barra de São Miguel é regularizar a situação de caos em que se encontrava a cidade, recuperar o tempo perdido e creditar confiança no trabalho do novo prefeito.

No lugar de Carlinhos Alves - na presidência Câmara - assume a vereadora Adeice Alves da Silva ( a Déa – PSD), que era vice-presidente da casa. Na vaga de vereador quem fica no cargo é o primeiro suplente Karlo Alfredo da Silva Nunes, conhecido na cidade como Carlos Alfredo (PSL).

Novo secretariado

Neide Cavalcante Torres – Secretaria de Turismo
Ronaldo Vieira Carvalho - SMDU
Eládja Rocha – Secretaria de Assistência Social
Ednaldo Lyra de Holanda Silva - Secretaria de Finanças
Elba Carla Lino Monteiro de Oliveira – Secretaria de Educação
Adjer Geovanne dos Santos – Secretaria de Administração
Taciana Amorim – Secretaria de Meio Ambiente

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com


 

Em 1996, vitoriosa, "Mazé" mudou a realidade política de Palmeira dos Índios

Cortesia - Gilberto Ferro 1345559008maza01 Posse de Mazé em Janeiro de 1997.

A história política na terra de xucurus-cariris nunca se diferenciou do passado. Os filhos da terra, claro, sempre eleitos e escolhidos pelos próprios conterrâneos. Uma mudança – reviravolta – teve início na eleição de 1996 com a primeira mulher eleita prefeita de Palmeira dos Índios. Os eleitores estavam cansados de serem enganados por aquelas famílias que há anos administravam à Prefeitura da cidade.

Na eleição de 1996, Maria José de Carvalho Nascimento, a "Mazé", venceu o pleito contra os grandes caciques da política da Princesa do Sertão. Mazé derrotou, de uma só vez, o ex-prefeito da cidade Gileno Sampaio, Fernando Duarte (hoje ex-deputado estadual) e o candidato da situação – à época – Pedro Gaia. Todos os três postulantes oriundos de famílias tradicionais foram "extirpados" do Poder.

O pleito daquele ano foi surpreendente para quem achava que estava a um pé de entrar na prefeitura palmeirense. Este ano, todavia, pode acontecer o mesmo do ocorrido em 1996, entretanto, em circunstâncias e situações bem diferentes.

Hoje, há o desejo de mudar, inovar ou continuar com o mesmo paradigma na política. Com Mazé, vale salientar, foi o voto contrário aos candidatos considerados fortes e que culminou numa vitória jamais esperada. O eleitor de "Mazé" pensou igual e puniu os que debochavam do jeito humilde da ex-prefeita fazer campanha pelos bairros de Palmeira dos Índios.

De chinelo, com um carro de som e ladeada de poucos correligionários a ex-prefeita foi eleita sem gastar um centavo, apenas, conquistou o voto de repúdio e revolta por parte dos palmeirenses. "Mazé" ficou no cargo de 1997 até 2000.

Depois o ex-prefeito Albérico Cordeiro comandou o município por dois mandatos (2001-2008). Cordeiro foi mais um "forasteiro" - como chamavam-o por ele ser pilarense - que administrou Palmeira. Em 2008, o povo apostou em James Ribeiro - filho da terra -  para ser prefeito e muitos eleitores andam decepcionados. E 2012?

Em  2012

A eleição de 2012 promete grandes surpresas para outubro. Na disputa, continuam os candidatos James Ribeiro (PSDB), Patrícia Sampaio (PT), Alcineide Nascimento (PR) e Petrúcio Barbos (PTB) – indeferido com recurso. Todos  correm atrás do voto do eleitorado da Princesa do Sertão incessantemente.

Este ano, a situação política – nas ruas e praças - para muitos é o desejo de renovação. Será? São quatro candidatos, quatro propostas, quatro nomes diferentes e um único interesse: administrar Palmeira dos Índios durante quatro anos.

Para isso, o eleito, terá que mudar a realidade política e administrativa a partir de 2013. Com seus 123 anos de Emancipação Política, Palmeira passou a ser a terceira maior cidade de Alagoas. No entanto, deixo uma pergunta no ar:

E qual será a surpresa de 2012?

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

Em apoio à candidatura de Taciane Ferro, Cícero Almeida participa de caminhada e comício

Cortesia - Thalita Ferro 13454019175510423426196891582031481229288n Cícero Almeida pediu votos para Taciane Ferro

O sábado (18) na belíssima Barra de São Miguel, litoral sul de Alagoas, foi de comício e caminhada da candidata à prefeita, Taciane Ferro (PTB), pelas ruas da cidade. O que mais chamou atenção dos presentes foi a participação do prefeito de Maceió, Cícero Almeida (agora PEN), que declarou apoio à filha do suplente de deputado estadual Cícero Ferro (PMN).

Almeida, além da caminhada nas ruas da cidade ao lado de Ferro, subiu no palanque da candidata e foi bastante aplaudido por aqueles que assistiam aos discursos dos convidados. O prefeito de Maceió, de fato, pediu aos presentes que votem nela (Taciane) por ser – atualmente - a melhor opção para administrar o município barrense.

O mais interessante é que ‘antigamente’ Almeida era do mesmo partido do candidato da oposição, José Nicolau Medeiros – o Zezeco (PP). Hoje, Zezeco, conta com o apoio irrestrito do senador e ex-aliado do prefeito de Maceió - Benedito de Lira (PP) – para vencer o pleito.

Outra presença marcante foi a do ex-prefeito da Barra de São Miguel, Reginaldo Andrade (PTB), que desde sempre apoiou à candidatura de Taciane Ferro. Andrade, ainda tentando reaver o cargo na Justiça, foi afastado pelo desembargador Orlando Manso após denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) - que acusa o prefeito em crimes contra a administração pública e a Lei de Licitações.

A disputa polarizada e o clima eleitoral no município andam cheio de surpresas. De um lado, Taciane Ferro e Quitéria continuam brigando para conquistar os votos do eleitorado da Barra. Do outro, o empresário Zezeco também segue em busca das aptidões políticas.

Leitores: aguardem! O blog trará mais informações sobre o clima político da Barra de São Miguel nas próximas semanas. Dizem, todavia, que candidatos à Câmara de Vereadores andam insatisfeitos. É o efeito “pula de lado e sai correndo” que é mais fácil de ser atendido.

Será?

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com