Kleverson Levy

Marx Beltrão concede entrevista coletiva para explicar cancelamento do São João

Assessoria' 13169718227613d2724654f28e635a76347bd3b54914490d2c Marx Beltrão

Em contato com a Ascom de Coruripe, o blog foi informado que amanhã, às 9hs, na sede da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), o prefeito de Coruripe, Marx Beltrão (PMDB), concederá uma entrevista coletiva para explicar os motivos do cancelamento do São João 2012.

O prefeito e sua equipe enviaram à imprensa  uma nota explicando sobre o cancelamento dos festejos juninos no município e toda situação que fez a administração municipal optar pela não realização do evento.

Twitter: @kleversonlevy

Email: kleversonlevy@gmail.com
 

TCU: 140 ex-gestores alagoanos integram lista de inelegíveis

Internet 1312480089tse TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou na noite desta terça-feira (19) a lista de políticos que estão inelegíveis no Brasil. Ao todo, seis mil nomes de gestores públicos federais, estaduais e municipais que tiveram contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em decisões definitivas, e irrecorríveis, nos últimos oito anos.

Em Alagoas, por exemplo, 140 ex-gestores públicos - com 208 ocorrências - completam a relação dos que tiveram contas rejeitadas. Nomes conhecidos como Adalberon de Moraes (Satuba), Carlos Alberto Canuto (Pilar), Henrique Manso (Paripueira), Deraldo Lima (Santa Luzia do Norte), Petrúcio Barbosa (Igaci), Marcos Davi Santos (Santana do Ipanema), Maria Helena Santa Rosa (Belém), Oberdan Tenório Brandão (Inhapi), Reinaldo Lessa (Água Branca), Roberto Sapucaia (Maribondo) e demais ex-gestores completam a lista de inelegíveis.

Veja relação completa clicando aqui!

A presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia, informou que a rejeição das contas pode tornar inelegíveis esses políticos com base na Lei da Ficha Limpa. Entretanto, caberá à Justiça Eleitoral decidir sobre a inelegibilidade em cada um dos casos. A listagem será encaminhada para a Justiça Eleitoral em cada um dos Estados.

Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Com informações do UOL e TSE

Em Alagoas, pré-candidatos e partidos iniciam convenções nos municípios

Internet 1340140315partidospoliticos Ilustração - Partidos Políticos

Como o último prazo para que partidos e pré-candidatos - ao pleito deste ano - realizem suas convenções é até o dia 30, esta semana os bastidores da política alagoana anda agitada. Em todo o Estado, o clima vai ser de prévia eleitoral nos lançamentos dos nomes que concorrerão aos cargos eletivos de prefeito, vice-prefeito e vereador.

Faltando quase duas semanas para o encerramento dos festejos juninos e o início dos “festejos” eleitorais, alguns partidos políticos iniciam no próximo final de semana as convenções de seus pré-candidatos. Veja abaixo algumas cidades e datas das convenções partidárias.

Palmeira dos Índios

Em Palmeira dos Índios, por exemplo, a convenção da “Frente de Oposição” ao atual prefeito, James Ribeiro (PSDB), acontece no dia 27 de junho, às 10hs, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Participam do grupo de oposição PT, PCdoB, PDT, PPS, PSD, PP, PSDC, PV, PSC e PTN. Por enquanto, o nome dos candidatos será anunciado no mesmo dia.

Estrela de Alagoas

Estrela de Alagoas, reduto da família Garrote, a oposição formada pelos partidos PMDB, PSD e PT marcou para o próximo sábado, 23, a convenção do grupo. O candidato da oposição é o agropecuarista, Chico Fausto (PMDB), que juntamente com o ex-prefeito de Palmeira dos Índios, Gileno Sampaio (PT), e a vereadora Geralda Ferro (PSD) enfrentarão nas urnas o candidato da situação, Arlindo Garrote (PP).

Penedo

Já em Penedo, o ex-prefeito Március Beltrão (PDT) realiza sua convenção também no dia 23. Juntamente com Ronaldo Lopes (PMDB), escolhido para ser o vice-prefeito na chapa, Beltrão enfrentará o atual prefeito da cidade, Israel Saldanha (DEM). Devem comparecer ainda ao evento o senador Renan Calheiros (PMDB) e o ex-governador de Alagoas, Ronaldo Lessa (PDT).

Feliz Deserto

O prefeito de Feliz Deserto, Maykon Beltrão (PMDB), candidato à reeleição, fará sua convenção no domingo, 24. Com grandes chances de vitórias no pleito de outubro, segundo pesquisas realizadas internamente, Maykon Beltrão tem feito um trabalho de grande destaque no município do litoral sul. Politicamente, o gestor conta com a maioria da Câmara de Vereadores e tem o apoio para reeleição dos partidos: DEM, PR, PDT, PPS, PTB e PMDB.

Rio Largo

Lá em Rio Largo, o pré-candidato a prefeito, Marcos Vieira (DEM), confirmou para o próximo dia 30 a convenção partidária municipal. O ex-vice-prefeito na gestão da ex-prefeita, Vânia Paiva (PMDB), é o candidato do Palácio República dos Palmares. Vieira ficou fortalecido politicamente após a prisão do prefeito Toninho Lins (PSB). Segundo pesquisas, Marcos Vieira está bem posicionado na opinião dos eleitores. Além disso, o pré-candidato conta com o todo aparato do Democratas e do vice-governador, José Thomaz Nonô (DEM).

Lagoa da Canoa

Em Lagoa da Canoa, o diretório municipal do PPS realizou a convenção partidária no último domingo, 17. Os partidos da coligação "Lagoa da Canoa para os canoenses" - PPS, PR, PSDB e PTC - confirmaram à candidatura do ex-prefeito do município, Dr. Lauro Fonseca (PPS), e Elialdo Ferreira (PR), como pré-candidatos a prefeito e vice-prefeito da cidade. Os dois nomes lançados enfrentarão o grupo do atual prefeito, Jairzinho Lira (PSC).

Barra de São Miguel

Pré-candidato do PP na Barra de São Miguel, o empresário José Nicolau Medeiros, o Zezeco, teve o nome homologado na convenção de seu partido na sexta-feira, 15. Favorito na disputa pelo Executivo barrense, Zezeco vai enfrentar à candidata da situação, Taciane Ferro (PTB), ligada ao atual prefeito do município, Reginaldo Andrade (PTB). Prestigiado politicamente, o empresário recebeu o apoio de vários políticos do Estado entre prefeitos, deputados, vereadores e lideranças partidárias.
 

Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

Ao rejeitar mandato de deputado federal, Alexandre Toledo deixa outra vez Penedo órfã

Cortesia- aquiacontece 1274530291alexandretoledo Alexandre Toledo

A primeira vez que o atual Secretário de Saúde de Alagoas e ex-prefeito de Penedo, Alexandre Toledo (PSB), deixou os eleitores órfãos foi na saída da Prefeitura de Penedo – em 2010 - para se candidatar ao cargo de deputado federal.

Com quase 70 mil votos, Toledo ficou na primeira suplência à Câmara Federal. Esta semana, após o anúncio da licença do deputado federal Rui Palmeira (PSDB) para se engajar na campanha de prefeito em Maceió, Alexandre Toledo desiste de tomar posse como deputado para continuar à frente da Secretaria de Saúde.

Na matéria divulgada aqui no CadaMinuto, pela jornalista Teresa Cristina, o secretário afirmou que a decisão de não exercer o cargo de deputado federal foi reforçada após uma conversa que ele teve com o governador Teotonio Vilela Filho. Com isso, o mandato fica para o segundo suplente que é o ex-deputado João Caldas (PSDB).

O jogo político que envolve Toledo/Penedo/Governo de Alagoas se arrasta desde a última eleição. Ao deixar o Executivo penedense – no início de 2010 - à retórica do ex-prefeito nos discursos pré-eleitoreiros era de que estaria saindo do cargo com o compromisso de trabalhar mais pela população de sua terra, caso fosse eleito deputado.

Porém, prestes a tentar cumprir o velho compromisso (firmado à época) nos próximos quatro meses, a desistência de Toledo veio antes mesmo de assumir o mandato. No entanto, assim como abriu mão de ser prefeito de Penedo na metade do mandato, o ex-prefeito revelou que prefere atender – de novo - o pedido de Téo Vilela.

Portanto, contraditório ou não, quando há chances de ser deputado federal (na licença de Rui Palmeira), Alexandre Toledo deixa escapar mais uma vez os compromissos assumidos com os penedenses e segue fielmente orientações de Vilela.

Sendo assim, orfãos estão mais uma vez todos os eleitores do belíssimo município que fica às margens Rio São Francisco.

Enquanto isso...

A vereadora Ivana Toledo (PSDB), esposa de Alexandre Toledo, ao que tudo indica será a candidata à vice-prefeita na chapa com o atual prefeito, Israel Saldanha (DEM), que vai à reeleição em Penedo. Segundo informações de pessoas ligadas ao grupo de Saldanha, Ivana é a mais cotada para ser vice e a indicação parte mesmo é de dentro do Palácio República dos Palmares.

Será?

Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Prefeito de Maribondo "explica" desistência e indica sucessor

Wadson Correia 1254151883dsc0242jpg Prefeito de Maribondo, José Márcio.

Em entrevista concedida na manhã deste sábado (09) no programa do radialista Eduardo Nunes, na Farol Fm de Maribondo, o atual prefeito de Maribondo, José Márcio Tenório – o “Zé Marcio” (PSC), explicou o motivo de sua desistência à reeleição.

Como resposta - aos comentários ocorridos na cidade - o prefeito de Maribondo disse que sai da reeleição por problemas de saúde. Zé Márcio alegou que por recomendação médica é preferível que ele deixe de disputar o cargo eletivo.

“Não é pelo Zé Márcio político e sim pela pretensão de uma candidatura que pode prejudicar minha saúde. A parte médica eu vou continuar, porém, uma pretensa candidatura de prefeito eu vou recuar”, explicou o prefeito.

Zé Márcio participou da entrevista ao lado de seu secretariado, vereadores, lideranças políticas de Maribondo e amigos. Na oportunidade, o deputado estadual Antônio Albuquerque (PTdoB), aliado político de Zé Márcio, também comentou o episódio da desistência da reeleição.

“O Zé Márcio não é político, ele é médico. O prefeito tem feito um sacerdócio na profissão para ajudar o povo de Maribondo. Tenho certeza que o nosso sentimento de união e responsabilidade vai agregar mais valor para uma campanha limpa no município”, disse AA ao vivo por telefone durante o programa.

O que o atual prefeito veio revelar para seus eleitores e munícipes foi o acúmulo de funções (médico e prefeito) que estava deixando-o com menos tempo para tratar de sua saúde e cuidar da família. “Prefiro me resguardar em ter saúde, minha família e puder ajudar a muita gente na minha área da saúde”, completou Zé Márcio.

Mas, com relação a pesquisa que mostra sua alta rejeição (Leia matéria aqui: Prefeito desiste da reeleição após pesquisa apontar rejeição de quase 100%), a resposta não foi convincente. O gestor vinha trilhando uma administração caótica e a gestão não estava sendo bem avaliada na opinião dos eleitores e, principalmente, dos munícipes. Porém, Zé Márcio apenas preferiu reiterar - durante toda entrevista - que os motivos são de saúde.

Sucessão

Ainda na entrevista o prefeito Zé Márcio revelou o pré-candidato de seu grupo político que vai sucedê-lo no Executivo. O vereador Leopoldo César Amorim Pedrosa (PSC), que seria o vice na reeleição de Zé Márcio, será o candidato indicado pelo atual gestor.

Leopoldo Pedrosa conta ainda com o apoio do ex-prefeito Roberto Sapucaia, deputado estadual Antônio Albuquerque e de toda estrutura da prefeitura de Maribondo. Com um trabalho de destaque na cidade, Pedrosa foi o vereador mais votado na eleição de 2008.

Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

Prefeito desiste da reeleição após pesquisa apontar rejeição de quase 100%

Internet 1318890880za marcio prefeito de maribondo Prefeito de Maribondo, José Marcio Tenório - ?Zé Marcio? (PSC)

O que poderia ser improvável aconteceu. O atual prefeito de Maribondo, José Márcio Tenório – o “Zé Marcio” (PSC), desistiu de conquistar sua reeleição à Prefeitura de Maribondo. Com exclusividade para o blog, uma fonte fidedigna - que prefere não se identificar - revelou que o prefeito perdeu o ‘ânimo’ após uma pesquisa interna realizada na cidade.

Segundo a fonte, a pesquisa apontou que “Zé Marcio” estava com quase 100% de rejeição. O anúncio desse resultado  - a desistência - será feito neste sábado (09), no programa do radialista Eduardo Nunes, na Farol Fm de Maribondo.

O prefeito vinha trilhando uma administração caótica e a gestão não estava sendo bem avaliada na opinião dos eleitores e, principalmente, dos munícipes. Com quase onze mil eleitores, Maribondo ainda enfrenta grandes dificuldades nas áreas sociais e administrativas.

O grupo político do prefeito espera agora que ele indique um nome para sucedê-lo no Executivo Municipal. Como anunciamos aqui no blog, o astral político de “Zé Márcio” já não estava nada bem. Eleito em 2008 com o apoio do ex-prefeito, Cleovan Almeida (PSD), de quem era vice-prefeito, ele – o prefeito - não cumpriu com os acordos políticos e criou um clima de “traição” para Cleovan.

Hoje, o ex-prefeito Cleovan é um forte candidato da oposição a ocupar mais uma vez a cadeira que foi sua por dois mandatos. (2000-2004/2004-2008).

No entanto, apesar de ter feito acordos na Câmara de Vereadores para se livrar da oposição, “Zé Márcio” deixa seus novos aliados (ex - adversários) em um jogo de xadrez ainda mais complicado para eleição de outubro. Fora do páreo, os aliados terão que procurar novas alianças para o pleito de 2012.

Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

Em ritmo de convenção, Taciane Ferro recebe amigos e correligionários em festa de aniversário

Facebook 1339161676tacianeferro01 Taciane Ferro (PTB candidata a prefeita da Barra de São Miguel

O aniversário é hoje (08) e a festa é amanhã (09). A filha do deputado estadual Cícero Ferro (PMN) e pré-candidata a prefeita da Barra de São Miguel, Taciane Ferro (PTB), comemora mais uma primavera ao lado de amigos e correligionários neste sábado.

Em ritmo de convenção e festejos juninos, a pré-candidata dá o pontapé inicial para sua campanha recebendo aliados políticos. O evento deverá contar com as presenças de várias personalidades da política alagoana entre prefeitos, ex-prefeitos, deputados, senadores e populares.

Taciane Ferro é a indicada à sucessão do atual prefeito Reginaldo Andrade (PTB) pelo grupo da situação. Além de contar com o apoio do prefeito, a filha de Cícero Ferro tem todo o aval do senador Fernando Collor (PTB) para concorrer à Prefeitura da cidade.

Na política, vale salientar, Collor sempre teve o pai dela – Cícero Ferro – como um fiel amigo e aliado político de primeiro escalão.

E o PMDB?

Já o senador Renan Calheiros (PMDB), ligado ao prefeito e a primeira-dama da Barra de são Miguel, Márcia Andrade (PMDB), não se pronunciou quanto ao pleito de outubro no município. Segundo fontes fidedignas, Calheiros prefere deixar que a primeira-dama decida o rumo do PMDB barrense na eleição municipal.

Como ela – Márcia – é peemedebista de carteirinha o senador "deixou" o resultado das alianças nas mãos dela (e do esposo também, claro!). A única certeza é que Renan Calheiros sobe no palanque de quem a primeira-dama indicar apoio. Será?

Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

Convenções: 1ª chapa majoritária do interior de Alagoas é lançada nesta terça-feira

Você Acontece 1337603686marcius e ronaldo lopes Marcius Beltrão entre Jorge Sexto (PT) e Ronaldo Lopes (PMDB)

Foi dada a largada para o início das convenções partidárias no interior de Alagoas. A primeira chapa majoritária a ser lançada nesta terça-feira, 05, acontece na cidade de Penedo. O ex-prefeito Március Beltrão (PDT) se reúne pela manhã com os partidos políticos que apoiam sua candidatura para eleição de outubro.

Lideranças dos partidos – que já haviam declarado apoio - PT, PMDB, PDT e PCdoB definirão o candidato a vice-prefeito que vai encabeçar a chapa de oposição a atual administração. Na oportunidade, além da coletiva para revelar o nome do vice, a adesão de mais legendas para o “chapão” de Penedo será anunciada.

De acordo com algumas informações de bastidores, o nome mais cogitado e que deverá ser oficializado é do engenheiro e presidente do PMDB penedense, Ronaldo Lopes, como já publicamos aqui neste blog no mês de maio.

Assim, igual ao PT, o PMDB lançaria um candidato à majoritária e preferiu pela retirada do nome da disputa para apoiar Március Beltrão. Juntos o PT, PDT e PMDB terão mais tempo de propaganda eleitoral no rádio.

O “chapão” deverá contar ainda com o apoio do senador Renan Calheiros (PMDB), do ex-governador Ronaldo Lessa (PDT), de lideranças do PT, PcdoB e, provavelmente, do PSD do deputado federal João Lyra.

A coletiva está marcada para acontecer no auditório da Câmara de Vereadores de Penedo, às 10hrs, com todos os partidos da base de oposição ao prefeito Israel Saldanha (DEM).

Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Toninho Lins cessou o “sonho” de eleger a esposa prefeita de Messias

Edmilson Teixeira 1309208556toninho e esposa Izabelle e Toninho Lins

A repercussão do caso de Rio Largo interferiu na eleição deste ano em Messias. Como todos sabiam, Toninho Lins (PSB), ainda no cargo de prefeito de Rio Largo, pretendia eleger a esposa, Izabelle Lins (PSB), prefeita da pequena Messias.

Após o ocorrido na cidade riolarguense, onde ele – Toninho - foi acusado de liderar um esquema de dispensa ilegal de licitação na compra de um terreno, o clima político na terra comandada pela prefeita Vânia Omena (PSDB) também mudou.

Por conta do escândalo – ganhando cada dia mais destaque na imprensa e repercutindo bastante - o “sonho” de Toninho em eleger a esposa prefeita de Messias não deve ter mais palanque. Fontes ligadas ao prefeito revelaram ao blog que “não há mais condições dele tentar colocar Izabelle na disputa eleitoral”.

Como havíamos divulgado aqui no blog, o ex-prefeito de Messias, Jarbas Maya de Omena (PSDB), temendo perder a eleição de 2012 para Izabelle Lins, seria o candidato do grupo político dos Omena. No entanto, a família Omena poderá - ainda não é certo afirmar que sim, mas comenta-se esta hipótese - deixar Vânia ir à reeleição sem ter que se preocupar com os Lins.

Com o desejo de ser prefeita, Izabelle Lins – há alguns meses - fixou residência em Messias e realizava vários eventos beneficentes e sociais evidenciando seu nome na cidade. Todos, sem exceção, premiavam os messienses com grandes brindes. Em Messias, quando há evento realizado pela primeira-dama de Rio Largo a festança é repleta de moradores.

Politicamente, lá em Messias, Toninho e Izabelle contavam ainda com o apoio dos três vereadores de oposição aos Omena: Marcos Calheiros, Marcos Silva e Pedrinho. E agora, após o escândalo, como fica também a situação dos nobres parlamentares? Para onde o trio de vereadores que apoiam (ainda apoiam?) Toninho e Izabelle seguirá?

Por outro lado, se Jarbas Omena vai ou não substituir Vânia Omena na eleição de outubro é outra questão. Os Omenas agora passam a liderar mais a disputa pelo Executivo Municipal. Já os comentários em praça pública na pequena Messias é que o grupo de Toninho Lins foi derrotado antes mesmo do dia 07 de outubro.

“Para quem desejava se reeleger e eleger forçadamente a esposa em outro município, realmente, vai terminar o ano de 2012 sem ter êxito nas eleições de 2012 e, posteriormente, nas mãos da Justiça”, relatou um morador.

Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Em Palmeira, G12 se reúne hoje para definir nome de "prefeitável" que será lançado dia 10

Internet 1336442786palmeira dos indios vista Vista da cidade de Palmeira dos Índios

Está marcada para noite desta quarta-feira (30) mais uma reunião do G12 - grupo dos doze partidos da oposição - que vai decidir quem serão os candidatos a prefeito e vice-prefeito na eleição de outubro, em Palmeira dos Índios.

A oposição é formada pelos partidos PT, PCdoB, PTB, PDT, PSDC, PPS, PP, PV, PR, DEM, PSC e PSD. O grupo decidiu que no próximo dia 10 de junho anuncia à chapa majoritária que vai enfrentar o atual prefeito James Ribeiro (PSDB).

A indecisão do G12 ainda se deve por conta do nome do ex-prefeito de Igaci, Petrúcio Barbosa (PTB), que aguarda julgamento da Justiça no caso da “Ficha-Suja”. No entanto, em entrevista ao blog do Bernardino, o petebista garantiu que seu nome não consta na lista dos inelegíveis.

Além de Petrúcio Barbosa, os nomes que surgem como possíveis “prefeitáveis” são o da deputada estadual Patrícia Sampaio (PT), Márcio Henrique (PPS), Vladimir Barros (PCdoB), Ricardo Vitório e/ou Zé Maria (PP) e Júnior Miranda (PDT).

Segundo algumas pesquisas internas realizadas, o candidato do PTB sai na frente – com uma grande diferença - quando a disputa é contra o atual prefeito James Ribeiro (PSDB). Com isso, fica mais fácil uma vitória da oposição palmeirense manter a união até o final da campanha.

Segundos os especialistas políticos, se houver um “racha” no G12 o que pode acontecer é a garantia de mais quatro anos do governo tucano de Ribeiro.

Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com 

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com