Cidade

Dia “D” da Campanha de Vacinação Antirrábica acontece neste sábado (24) em Arapiraca

  • Assessoria
  • 24/10/2020 08:57
  • Cidade

O Dia D de Vacinação Antirrábica para cães e gatos acontece, neste sábado (24), no horário das 8h às 17h. A Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Saúde, vai disponibilizar mais de 70 pontos de imunização, distribuídos em todos os bairros da cidade. Confira os locais de vacinação abaixo.

A estimativa é de que o Município vacine cerca de 40 mil animais, nas zonas urbana e rural do Município, segundo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Secretaria Municipal de Saúde.

Para a campanha deste ano, equipes volantes do CCZ visitaram mais de 130 comunidades rurais, vacinando os animais nas próprias residências. O serviço de vacinação também acontece no próprio órgão, localizado AL-220, 1286 - Canafístula, de segunda a sexta, das 8h às 17h, e aos sábados, das 8h às 12h.

“A vacinação é importante para garantir a prevenção de animais e humanos contra a raiva. Quem ainda não vacinou seus animais deve levar a um dos 70 pontos disponibilizados pela prefeitura com equipes do CCZ”, declarou o coordenador do CCZ, Emanuel Cardoso.

Prefeitura de Arapiraca antecipa pagamento da segunda faixa

  • Assessoria
  • 02/10/2020 15:00
  • Cidade

A Prefeitura de Arapiraca antecipou, para esta sexta-feira (2), o pagamento dos salários dos servidores que fazem parte da segunda faixa.

O pagamento representará um incremento na ordem de R$ 8 milhões na economia da cidade.

Recebem nesta etapa todos os servidores efetivos, contratados e comissionados com salários acima de R$ 2 mil.

Os recursos estarão disponíveis nas contas a partir das 15h.

Mulher recebe alta após dar à luz e ser entubada em Hospital de Arapiraca

  • Assessoria
  • 29/09/2020 16:31
  • Cidade

Vencer o coronavírus tem sido a luta de milhares de pessoas ao redor do mundo nos últimos. Mas, para a jovem Thainá de Oliveira Nunes, o ato se tornou ainda mais heróico.

Grávida, ela foi infectada pelo vírus e precisou ser internada na UTI COVID do  Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho, em Arapiraca, apresentando sintomas graves da Covid-19.

“Durante o internamento, ela entrou em trabalho de parto e precisou ser submetida a uma cesariana. Após o nascimento do bebê, Thainá voltou pra UTI e seu quadro de saúde piorou, sendo necessária a entubação da paciente”, disse Marcella Oliveira, Coordenadora Geral da Enfermagem para COVID.

A história da paciente acabou envolvendo todos os funcionários do Hospital Regional. “Thainá passou mais de 20 dias internada, passou praticamente por todos os setores, da recepção à UTI, e e seu quadro de saúde envolveu um grande número de profissionais, que se dedicaram ao máximo para salvar sua vida e a de seu bebê”, disse o diretor médico Ulisses Pereira.

Toda essa dedicação de médicos, enfermeiros e demais profissionais do hospital, garantiram a recuperação de Thainá, mas a garra e vontade de viver da nova mamãe foram imprescindíveis para a sua recuperação. “Após ela ser entubada, seu quadro de saúde se agravou, mas graças a Deus, ela responde bem ao tratamento, foi extubada e nesta segunda-feira (28), recebeu  alta.

Nascimento

A pequena Lana Maitê nasceu pesando 2570 quilos e bastante saudável. “Felizmente tudo se saiu bem nessa história. Serve de exemplo de luta e vitória, mas reforça a necessidade de que o vírus está aí e precisamos continuar com os cuidados”, falou o Superintendente do Regional, Geraldo Magela.
 

HE do Agreste atende 535 pacientes com Covid-19 em cinco meses

  • Assessoria
  • 22/09/2020 19:09
  • Cidade

O mais atualizado boletim epidemiológico, divulgado nesta terça-feira (22), revela que o Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca, já atendeu 535 pacientes com a Covid-19. O levantamento realizado pelo Serviço de Epidemiologia Hospitalar mostra que de 5 de abril até 17 de setembro deste ano, a unidade recebeu 310 pacientes do sexo masculino e 225 do sexo feminino.

Os dados ainda revelam que a maioria dos pacientes internados para tratamento e cura da Covid-19 é formada por pessoas na faixa etária entre 60 e 79 anos de idade, sendo a maior parte de cor parda (55%) e de pacientes de cor branca (24%).  Os pretos representam apenas 3,3% das pessoas internadas e os jovens com idade entre 15 e 19 anos são apenas 1,9% dos pacientes atendidos no HEA com Covid-19.

Os homens representam 58% do total de pacientes, enquanto as mulheres são 42% das pessoas atendidas. A estratificação no boletim epidemiológico mostra também que, 75% dos pacientes residem na área urbana e 25% são oriundos da área rural.

Novos recuperados

Na segunda-feira (21), o Hospital de Emergência do Agreste divulgou que mais cinco pacientes tiveram alta médica e se encontram curados da Covid-19. Foram recuperados quatro adultos que tinham 49, 83, 87 e 92 anos de idade, além de uma adolescente de 15 anos, que também ficou curada da doença e retornou para casa.

Atualmente, o maior hospital público do interior de Alagoas, vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), está com 63% dos leitos ocupados. Dos 27 leitos de UTI, 25 estão ocupados e 23 dos 50 leitos de enfermaria estão preenchidos com pacientes em processo de recuperação da Covid-19.

Fabiana Pessoa manda retirar mais de 8 mil toneladas de lixo em apenas 30 dias

  • Redação
  • 21/09/2020 15:57
  • Cidade

Nos últimos 30 dias, equipes da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, da Prefeitura de Arapiraca, recolheram cerca de 8 mil toneladas de resíduos na cidade, entre domiciliares, podas de árvores, carcaça de animais e entulhos, descartados irregularmente em pontos críticos da cidade.

Para o trabalho de limpeza, capinação, pinturas, jardinagem e manutenção da cidade, técnicos da secretaria seguem um cronograma elaborado por localidades, priorizando as necessidades mais urgentes da população.

Nos cemitérios públicos, a Prefeitura também levou serviço de manutenção, com mutirão de limpeza, pintura, iluminação, placas de identificação e desinfecção. Para os servidores desses locais, capacitações sobre uso correto de Equipamentos Pessoais de Segurança e cuidados pessoais de higienização.

Um programa de paisagismo e ornamentação está mudando o visual das praças e principais vias de acesso da cidade. Equipes de Serviços Públicos também instalaram gradeamento de áreas verdes, nos bairros Brasiliana, Senador Arnon de Mello, Bom Sucesso, Nilo Coelho, Cavaco, Zélia Barbosa, Santa Esmeralda e Planalto.

Recursos enviados por Severino Pessoa tornarão a saúde de Arapiraca mais equipada pós-pandemia

  • Assessoria
  • 15/09/2020 10:53
  • Cidade

Durante o pior momento da pandemia, o deputado federal Severino Pessoa (Republicanos/AL) enviou importantes recursos que tornarão a saúde de Arapiraca ainda mais eficiente, mesmo após a pandemia.

Os R$ 5 milhões enviados pelo deputado ao Hospital Regional foram fundamentais para a aquisição de equipamentos importantes para salvar vidas num dos piores momentos sanitários já vividos pela população arapiraquense e mundial.

Desse montante, o Hospital adquiriu equipamentos de hemodiálise, insumos, medicamentos, entre outros. 

Posteriormente, a pedido da então vice-prefeita Fabiana Pessoa [que hoje é prefeita], o deputado viabilizou, junto ao Ministério da Saúde, quinze respiradores, que continuarão em funcionamento mesmo após a chegada da vacina.

“Esses equipamentos tornam a saúde de Arapiraca ainda mais preparada para salvar vidas”, frisou o deputado.

 

HE do Agreste registra 373 atendimentos neste fim de semana

  • Redação
  • 14/09/2020 12:15
  • Cidade

O Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, registrou o atendimento a 373 pessoas, de sexta-feira (11) até a noite deste domingo (13).

O maior hospital público do interior de Alagoas atendeu 74 pessoas que sofreram queda da própria altura e 93 pacientes com ferimentos e traumas provocados por conta de acidentes no trânsito, sendo 88 vítimas de quedas e colisões de motos.

O HE do Agreste também recebeu três vítimas de agressão física, um paciente devido agressão com arma de fogo e três por conta de ferimentos provocados por arma branca (faca/facão).

Dezessete pessoas foram atendidas com corpo estranho no olho e 25 pacientes com picadas de escorpiões e mordidas de cachorro, além de outros casos de menor gravidade.

Ainda foram atendidos quatro paciente com problemas respiratórios.

Dos 373 pacientes atendidos de sexta-feira (11) até a noite ddeste domingo (13), 345 pessoas receberam alta hospitalar, ocorreram dois óbitos e 26 pacientes ficaram internados e em observação médica.

Prefeitura realiza mutirão de limpeza e manutenção de vias urbanas rurais de Arapiraca

  • Redação
  • 09/09/2020 17:37
  • Cidade

A Prefeitura de Arapiraca leva um mutirão de serviços a ruas e comunidades rurais da cidade, onde equipes da Secretaria de Infraestrutura, em parceria com a de Desenvolvimento Rural trabalham na recuperação e manutenção de vias.

Na área urbana, a população acompanha o serviço da prefeitura na operação tapa buracos, enquanto outras equipes realizam manutenção, desobstrução de bueiros, reposição de tampas e limpeza de galerias. Um trabalho preventivo que evita transtornos à população, a exemplo de alagamentos, durante o período de chuvas.

Esta semana, Avenida Ceci Cunha, Alto do Cruzeiro, Capiatã e Centro recebem o serviço. Após a conclusão, as equipes seguem para outros bairros, cumprindo um cronograma de cobertura de toda a cidade.

Já nas comunidades rurais, equipes da Infraestrutura e Desenvolvimento Rural trabalham na recuperação de estradas, facilitando o acesso da população a essas localidades e contribuindo com o escoamento da produção dos pequenos agricultores rurais. As comunidades Poção, Jenipapo, Poço da Pedra, Lagoa D'Água e Vila Aparecida estão entre as beneficiadas com o serviço. 

Substituição de relés deve gerar economia de R$ 60 mil na iluminação pública de Arapiraca

  • Redação
  • 04/09/2020 18:06
  • Cidade

Nesta semana a Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, iniciou a substituição de relés em diversos postes da cidade. Um estudo prévio detectou que muitos desses equipamentos estão com defeito, fazendo com que as lâmpadas permaneçam acesas diuturnamente, gerando um acréscimo médio mensal de R$ 60 mil na conta da iluminação pública do município.

O relé é uma espécie de sensor, responsável por ativar e desativar as lâmpadas de acordo com a iluminação natural, ou seja, acendendo ao anoitecer e apagando durante o dia.

Durante toda a semana, técnicos da Secretaria de Serviços Públicos percorreram bairros e comunidades rurais de Arapiraca para verificarem os equipamentos defeituosos, que estão sendo substituídos.

A Secretaria informa ainda que a população tem papel fundamental nesse tipo de trabalho. Quem verificar postes acesos durante o dia, como também apagados durante a noite, deve entrar em contato com a Prefeitura através do Disque Luz – 156, informando o número do poste, nome da rua e ponto de referência.

Hospital de Emergência do Agreste registra fim de semana com 372 atendimentos

  • Redação com Assessoria
  • 31/08/2020 09:46
  • Cidade

O Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, registrou neste fim de semana o atendimento a 372 pessoas. De sexta-feira (28/08) até a noite deste domingo (30/08), o maior hospital público do interior de Alagoas atendeu 57 pessoas que sofreram queda da própria altura e 105 pacientes com ferimentos e traumas provocados por conta de acidentes no trânsito, sendo 91 vítimas de quedas e colisões de motos.

O HE do Agreste também recebeu três vítimas de agressão física, um paciente devido agressão com arma de fogo e dois por conta de ferimentos provocados por arma branca (faca/facão).

Quinze pessoas foram atendidas com corpo estranho no olho e 23 pacientes com picadas de escorpiões e mordidas de cachorro, além de outros casos de menor gravidade. Ainda foi atendido um paciente com problemas respiratórios.

Dos 372 pacientes atendidos de sexta-feira (28/08) até a noite deste domingo (30/08), 347 pessoas receberam alta médica, ocorreram três óbitos e 22 pacientes ficaram internados e em observação médica.

Prefeitura e PM voltarão a intensificar fiscalização no Bosque neste fim de semana

  • Redação
  • 28/08/2020 11:06
  • Cidade

De hoje, sexta-feira (28), até domingo (30), a Prefeitura de Arapiraca repete a ação integrada de enfrentamento ao coronavírus, que aconteceu no último final de semana, no Bosque das Arapiracas. Durante a ação, equipes das Equipes das secretarias municipais de Serviços Públicos, Saúde e Desenvolvimento Econômico e Turismo, em parceria com SMTT, Procon, Vigilância Sanitária e Polícia Militar orientaram comerciantes e a população sobre a necessidade de continuar com os cuidados para evitar o contágio por coronavírus.

A secretária de Serviços Públicos, Vanessa Rousse Cavalcante, durante reunião de alinhamento da ação, destacou a importância das parcerias, na realização da atividade em um dos espaços públicos com maior circulação de pessoas na cidade.

“Neste momento, quando estamos na fase amarela do Plano de Distanciamento Social Controlado, apesar de liberadas algumas atividades, a população precisa entender que o vírus ainda circula em nossa cidade. Por isso, a necessidade de evitar aglomerações e continuar com todos os cuidados sanitários e o uso de máscaras”, completou a secretária.

Homens acima de 70 anos são maioria dos pacientes internados com Covid-19 no HEA

  • Assessoria
  • 25/08/2020 16:30
  • Cidade
Foto: Davi Salsa

Homens com idade entre 70 e 79 anos representam a maioria dos pacientes internados com Covid-19 no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca, de acordo com um levantamento realizado pelo Serviço de Vigilância Epidemiológica do hospital.

Os dados coletados mostram que entre os meses de abril e julho deste ano, o hospital recebeu 469 pacientes infectados pelo vírus. Desse total, foram atendidos 277 homens e 192 mulheres. Os indivíduos do sexo masculino representam 59% dos pacientes, enquanto as mulheres são 41% das pessoas que receberam atendimento no Hospital de Emergência do Agreste.

As estatísticas também revelam que 253 homens de cor parda foram internados, o que significa o percentual de 54% do total dos pacientes. As pessoas de cor branca aparecem em segundo lugar, enquanto os indivíduos de cor preta representam a minoria dos infectados pela doença.

Faixa etária – A pesquisa realizada aponta que 25,6% das pessoas em tratamento da doença têm idade entre 70 e 79 anos. Em segundo lugar, com 21% do total de internamentos, estão os pacientes na faixa etária entre 60 e 69 anos.

Vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), o Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, recebeu investimentos do Governo de Alagoas e passou por uma reestruturação física, com a implantação de 77 leitos exclusivos para o atendimento a pacientes com Covid-19.

Atualmente, a unidade de saúde dispõe de 27 leitos de UTI e 50 leitos clínicos para tratamento da doença. Desse total, 43 leitos estão sendo utilizados, o que representa uma taxa de ocupação da ordem de 56%.

A coordenadora do Serviço de Vigilância Epidemiológica do HE do Agreste, assistente social Ana Lúcia Lima, avalia os resultados do levantamento. "Os dados mostram que a doença evolui de forma muito rápida e, dessa forma, as pessoas devem procurar as Unidades Básicas de Saúde assim que apresentarem sintomas, para que sejam medicadas e monitoradas, evitando o agravamento e a necessidade de internação", reforça.

Ainda de acordo com Ana Lúcia, a atenção deve ser redobrada com os idosos, considerado grupo de risco e que se constitui, segundo ela, no maior percentual de internação e de óbitos.

 

Arapiraca permanece na fase amarela, segundo governo do Estado

  • Redação
  • 24/08/2020 12:23
  • Cidade

Arapiraca permanece na fase amarela. A informação foi confirmada pelo governador Renan Filho durante o balanço epidemiológico relacionado aos números da Covid-19 em Alagoas, na manhã desta segunda-feira (24). 

Na apresentação, o secretário de Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques mostrou que o Estado está registrando queda no número de óbitos.

“Alagoas fechou a última semana com 20 óbitos e mostra que está em queda contínua, quando comparamos aos outros meses”, explicou o secretário. 

Fabrício também disse que Maceió também registrou queda. " É o menor número das últimas 20 semanas, e a capital está em queda contínua há 13 semanas. O pico foi 109 óbitos, quando tínhamos média de 16 mortes por dia, e hoje um óbito na semana", disse.

O governador Renan Filho completou dizendo que “Maceió está em queda mais rápida do que o interior, mas que mesmo assim, as cidades do interior estão tendo diminuição de casos”.

Mas que mesmo em queda, Renan disse que vai continuar ampliando leitos e investindo na saúde. E reforçou: “É preciso que se continue tendo o distanciamento social, o uso de máscaras”.

O governador afirmou que cinemas, teatros e museus seguem fechados. “Não vemos que é conveniente que se abra agora”, disse. 

Covid-19: Bairros Brasília, Primavera e Planalto acumulam 25% do total de casos em Arapiraca

  • Redação
  • 24/08/2020 11:03
  • Cidade
Divulgação

Os bairros Brasília, Primavera e Planalto representam quase 25% do total de casos confirmados de Coronavírus em Arapiraca.

Juntas, as três comunidades somam mais de 1.800 casos, de acordo com boletim divulgado no último sábado (22), ranqueando os casos confirmados de Covid-19 por bairro.

Segundo o boletim atualizado deste domingo (23), Arapiraca acumula 10.399 casos confirmados, sendo que 8.318 já foram curados. Durante a pandemia 173 pessoas perderam suas vidas, fato que não ocorre há 10 dias, período em que Arapiraca não registra óbito por conta do Covid.

Nutricionista do HEA indica alimentos que reforçam a imunidade

  • Redação
  • 20/08/2020 17:39
  • Cidade

A pandemia do novo coronavírus modificou o modo de vida das pessoas.

Para enfrentar a doença, adultos e crianças devem buscar uma alimentação equilibrada que fortaleça o organismo e ajude a melhorar a imunidade para auxiliar na prevenção de infecções.

A nutricionista Adna Araújo, do Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, alerta para o anúncio de produtos tidos como milagrosos, como chás e cápsulas no combate à Covid-19.

"Os bons hábitos de vida, com uma alimentação saudável, boa hidratação e ingestão de água, além de práticas de atividades físicas, sem o consumo abusivo de álcool e cigarros,   podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico contra qualquer doença ", explica.

 

Vitaminas

Em relação ao consumo de alimentos, Adna Araújo recomenda que as pessoas coloquem no cardápio frutas e verduras ricas em vitamina A, como cenoura, abóbora e laranja.

A nutricionista do HE do Agreste também sugere o consumo de frutas ricas em vitamina C, a exemplo de laranja, acerola e goiaba, entre outras.

Adna Araújo frisa que o organismo humano necessita de alimentos ricos em vitaminas do complexo B, B2, B3 e B6, orientando o consumo de grãos integrais, ovos e peixes.

"Também é muito importante a pessoa ficar um tempo à exposição solar, preferencialmente cedinho da manhã. Isso é fundamental para o metabolismo ósseo e o sistema imunológico", reforça Adna Araújo, recomendando ainda a inclusão de fígado, gema de ovo, leite e iogurte, que são ricos em vitamina D.  

"No consumo de alimentos, aconselhamos incluir fibras, como o bagaço da laranja e abacaxi, que auxiliam na digestão e favorecem a resposta do sistema imunológico diante infecções”, explica.

Frentes de trabalho promovem serviços de limpeza e conservação de vários bairros de Arapiraca

  • Redação
  • 20/08/2020 16:22
  • Cidade

As principais vias e logradouros públicos de Arapiraca começam a ganhar um novo visual. É que a Prefeitura vem montando frentes de trabalho para levar limpeza e manutenção em toda a cidade.

As diversas frentes de trabalho, coordenado pela secretaria mujnicipal de Serviços Públicos, vem priorizando a limpeza de vias, retirada de lixo, capina, varrição de ruas, pintura de meio-fio,  podas de árvores e manutenção de jardins de praças.

Esta semana, equipes trabalham no Trevo do Coringa, parte baixa do Planalto, Rua Bela Vista, Itapuã e no Parque Ceci Cunha. Já foram concluídos os serviços  de limpeza na via de acesso ao viaduto na interseção com a AL-220, em frente ao Assaí Atacadista, no Bosque das Arapiracas, Avenida Ceci Cunha, Praça Manoel André e bairros Centro, Alto do Cruzeiro, Brasília e Ouro Preto.

Nos próximos dias, o trabalho segue para outras ruas e bairros. O objetivo desse serviço, a partir da conservação das vias urbanas e espaços públicos, é cuidar da cidade e proporcionar uma melhor qualidade de vida à população.

Promotoria de Taquarana ajuíza ação para garantir fornecimento de água à população

  • Assessoria MP/AL
  • 20/08/2020 11:23
  • Cidade

O Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL) ajuizou, recentemente, uma ação civil pública (ACP) contra a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) em razão da falta e abastecimento de água no município de Taquarana. Na petição, a Promotoria de Justiça daquele município requereu, e o Poder Judiciário determinou, que o órgão promova o abastecimento regular e ininterrupto de água potável, própria para o consumo, em toda a cidade. Além disso, o MPAL ainda pediu que a companhia se abstenha de cobrar os valores das faturas de contas de água, enquanto não ocorrer o devido abastecimento da forma correta.

A ação civil pública foi ajuizada pela promotora de Justiça Ariadne Dantas Meneses, titular da Promotoria de Justiça de Taquarana. Segundo ela, a ACP foi baseada num inquérito civil que apurou as reclamações formuladas por moradores da cidade. “Eles relataram que é comum o município ficar sem receber água por vários dias seguidos, situação que, inclusive, vem causando transtornos na prestação de serviços públicos essenciais, como o funcionamento de escolas e postos de saúde. E, para agravar ainda mais o problema, a Casal continua enviando a fatura para os consumidores pagarem, mesmo sem os mesmos terem consumido quase nada de água”, explicou.

Em razão das representações feitas por comunidades de diferentes localidades de Taquarana, o Ministério Público enviou ofício à Casal em busca de informações, ainda no ano de 2018. Àquela época, um representante da companhia confirmou o problema no abastecimento e justificou a necessidade de ampliação no sistema adutor, o que já seria um projeto da Casal. Em 2019, o diretor-presidente do órgão comunicou que o problema ainda não havia sido resolvido porque ocorrera, supostamente, aumento populacional na cidade, tendo prometido, mais uma vez, tentar resolver a situação. Porém, 2020 chegou e a população continua sofrendo com a falta de água.

O ajuizamento da ação

Ainda tentando solucionar o caso no campo extrajudicial, a Promotoria de Justiça de Taquarana, mais uma vez, oficiou à Casal um pedido de informações. Porém, como nenhuma resposta foi dada, o caminho encontrado pelo Ministério Público foi o ajuizamento da ação civil pública. “Além da má prestação do serviço, emerge dos elementos colhidos que o funcionário que exerce as funções no posto desta cidade é desrespeitoso com os usuários, fazendo piadas quando reclamado, isso sem falar na dificuldade para

contatá-lo, vez que o local está constantemente fechado e ninguém atende pelo número de telefone disponibilizado, fato constatado por esta subscritora nas vezes em que tentou resolver consensualmente o problema”, diz um trecho da ACP.

“A ausência do serviço público ou sua precariedade demonstram, por si, de forma notória, o periculum in mora, sem precisar de devaneios argumentativos e jurídicos para esclarecer o óbvio. Ressoam evidentes os malefícios causados, de forma continuada, à saúde da coletividade, caso a Casal não adote, o mais brevemente possível, as medidas nesta ação civil pública postuladas, no afã de se ter o serviço de fornecimento de água, nos moldes constitucionais, legais e regulamentares. As frágeis justificativas da requerida em suas respostas ao Ministério Público, sempre aduzindo problemas técnicos, em tese, até poderiam ser aceitáveis, se o problema da falta d’água não fosse recente. Porém, o descaso vem de longa data e, assim, tais argumentos sucumbem ao tempo e à qualidade do serviço”, revela a ação.

Os pedidos do MPAL

Na ação civil pública, Ariadne Dantas Meneses requereu fosse determinado o abastecimento regular e ininterrupto de água potável, própria para o consumo, em toda a cidade de Taquarana. A promotora de Justiça também pediu para que a casal se abstenha de cobrar os valores das faturas de contas de água, enquanto não cumprida a providência encartada na ACP.

“Também requeremos que a companhia informe, de forma clara, prévia e ostensiva,quando for ocorrer a necessidade de suspensão do fornecimento, de modo que os moradores possam se prepara para isso, disse Ariadne Dantas.

Com base em todos os argumentos apresentados pelo Ministério Público, o juiz da comarca, Rômulo Vasconcelos de Albuquerque, acatou todas as solicitações pleiteadas pelo MPAL. Num prazo de 30 dias, a Casal terá que “adequar a qualidade da água fornecida aos ditames da Portaria MS (Ministério da Saúde) nº 2.914/2011 e regularizar o abastecimento de água no município de Taquarana, em seus bairros e povoados, para não deixar de fornecê-la aos consumidores, sob pena de multa diária em caso de descumprimento no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), a teor do art. 537, do Código de Processo Civil”.

A companhia também está proibida de cobrar os valores das faturas de contas de água, enquanto não cumprida a providência do abastecimento. Em caso de descumprimento, a multa diária é de R$ 1.000,00 (um mil reais).

Com 39 novos registros nas últimas 24h Arapiraca segue sem óbitos há seis dias

  • Redação
  • 19/08/2020 13:19
  • Cidade

De acordo com o boletim diário, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, 39 casos positivos de Covid-19 foram registrados nesta terça-feira (18), oriundos dos Testes Rápidos realizados na Central de Triagem Iza Castro. Com isso, a cidade de Arapiraca soma 10.312 casos positivos, com 7.130 curados. Não houve registro de óbito nesta terça-feira e o número de mortes até o momento é de 173.

Quanto aos 39 novos casos, são 16 pacientes do sexo masculino e 23 do sexo feminino, com idades de 13 a 81 anos, residentes nos bairros Alto do Cruzeiro, Baixa Grande, Baixão, Bonsucesso, Brasília, Brasiliana, Cacimbas, Centro, Massaranduba, Nilo Coelho, Nova Esperança, Planalto, Santa Esmeralda, São Luís, Batingas, Pau D`Arco, Teotônio Vilela, Verdes Campos e Vila Aparecida.

Todos os casos notificados, bem como os contatos, continuam sendo monitorados pelas equipes da Vigilância Epidemiológica, Unidade Sentinela e equipes das Unidades Básicas de Saúde.

Há seis dias o município segue sem registro de óbitos

Trabalhador fica ferido após cair de altura de 7 metros no bairro Bonsucesso

  • Redação
  • 19/08/2020 13:14
  • Cidade

O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado na manhã desta quarta-feira (19) após um homem ter caído de uma altura de 7 metros, no bairro Bom Sucesso, na cidade de Arapiraca, em Alagoas.

Segundo informações dos Bombeiros, a vítima estava consciente, mas apresentava dificuldade respiratória aguda. Ele caiu da estrutura de um galpão de aproximadamente sete metros.

A guarnição realizou os primeiros socorros e em seguida, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou e ficou responsável pelo deslocamento da vítima até o Hospital de Emergência do Agreste.

HE do Agreste registra fim de semana com 334 atendimentos

  • Assessoria
  • 17/08/2020 16:08
  • Cidade

O Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, registrou neste fim de semana o atendimento a 334 pessoas.

De sexta-feira (14) até a noite deste domingo (16), o maior hospital público do interior de Alagoas atendeu  61 pessoas que sofreram queda da própria altura e 76 pacientes  com ferimentos e traumas provocados por  conta de acidentes no trânsito, sendo 73 vítimas  de quedas e colisões de motos.

O HE do Agreste também recebeu seis vítimas de agressão física, um paciente  devido agressão com arma de fogo e dois por conta de agressão com arma branca (faca/facão).

Vinte pessoas foram atendidas com corpo estranho no olho e 18 pacientes com picadas de escorpiões e mordidas de cachorro, além de outros  casos de menor gravidade.

Ainda foram atendidos três  pacientes com problemas respiratórios.

Dos 334 pacientes atendidos de sexta-feira (14) até a noite deste domingo (16), 308 pessoas receberam alta médica e 26 pacientes ficaram internados e em observação médica.

Arapiraca avança para fase amarela a partir desta quinta

  • Assessoria
  • 13/08/2020 06:37
  • Cidade

Arapiraca vai avançar com a reabertura gradativa de serviços não essenciais durante a pandemia de Covid-19, a partir desta quinta-feira (13). Estabelecimentos comerciais acima de 400m², shoppings, bares e restaurantes serão reabertos seguindo as normas do decreto municipal nº 2.664, assinado pela prefeita Fabiana Pessoa.
Após dados positivos no enfrentamento ao coronavírus, o Município entrará para a fase amarela, definida pelo Plano Estadual de Distanciamento Social Controlado. Permanecem mantidas as práticas de distanciamento social, recomendadas como forma de evitar a transmissão comunitária da Covid-19, a fim de continuar o achatamento da curva de proliferação do vírus no Município, observadas as flexibilizações contidas do decreto.

 

FASE AMARELA

Estarão autorizados a reabrir as portas as lojas ou estabelecimentos de rua acima de 400m², bares e restaurante com 50% da capacidade de funcionamento até meia-noite, e shoppings, galerias e centros comerciais entre 10h (dez horas) e 22h (vinte e duas horas). Os salões de beleza e barbearias poderão atender os clientes até o total da capacidade e as igrejas podem receber os fiéis com 50% de ocupação da capacidade total dos templos.

As academias, centro de ginásticas e estabelecimentos congêneres, com 50% de sua capacidade. Além disso, os setores autorizados nas fases vermelha e laranja seguem liberados.

Os estabelecimentos comerciais que estejam autorizados a funcionar durante as fases vermelha (risco elevado), laranja (risco moderado alto) e amarela (risco moderado), devem funcionar nos seguintes horários:

I- seguda a sexta-feira, das 9h00 às 17h00
II – sábado, das 9h00 às 14h00

“Estamos avançando para a fase amarela graças aos esforços das equipes de saúde e a diminuição dos casos, mas é importante que toda a população colabore, pois a pandemia ainda não acabou”, ressaltou a prefeita Fabiana Pessoa.

Decreto do governo: Arapiraca avança para fase amarela

  • Redação
  • 12/08/2020 06:20
  • Cidade
Foto: Assessoria
Centro de Arapiraca

A segunda maior cidade do estado, Arapiraca, avançou para a fase amarela do plano de distanciamento controlado do Governo de Alagoas, conforme anunciou o governador Renan Filho, em coletiva online, nesta terça-feira (11). Com exceção dos municípios localizados no Sertão do estado, os demais, que estavam na fase laranja, agora também estão na fase amarela.

Conforme o plano de distanciamento estadual, na próxima segunda-feira (17), volta a funcionar em Arapiraca, o shopping, galerias, centros comerciais e estabelecimentos congêneres; 

Templos, igrejas e demais instituições religiosas poderão funcionar com 50% da capacidade, assim como bares e restaurantes.

O serviço de transporte intermunicipal e turístico também retornam as atividades com 50% da capacidade. As academias poderão operar com horário marcado.

O governador ressaltou que, mesmo com o avanço de fase, é importante lembrar que a população deve continuar mantendo os cuidados e as medidas sanitárias, e de saúde, recomendadas.  O uso de máscaras e o distanciamento social são necessários para evitar a contaminação e propagação da Covid-19.

Maceió irá avançar para a fase azul, na qual bares, restaurantes, templos, igrejas e transporte intermunicipal terão a capacidade de funcionamento ampliada de 50% - autorizada na fase amarela- para 75%. A região do Sertão alagoano segue na fase laranja, onde já está inserida desde o último decreto.

Com 9.876 casos confirmados de coronavírus, Arapiraca registrou nas últimas 24h, 115 novos infectados e um óbito. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 170 pessoas já morreram na cidade em decorrência da doença. Até o momento, 6.117 pessoas já se curaram da doença no município, que agora segue para um nova fase de flexibilização.

Pandemia: empresária arapiraquense usa tecnologia em máscaras que mata o coronavírus

  • Assessoria
  • 09/08/2020 11:27
  • Cidade

Há quase 30 anos no mercado de confecções, a empresária arapiraquense Juraci Barbosa adaptou seus negócios e está oferecendo equipamento de proteção individual capaz de matar o coronavírus em até 2 minutos. 

Os produtos desenvolvidos em seu ateliê - máscaras, aventais e até jalecos - são confeccionados com um tecido desenvolvido por cientistas brasileiros que usa elementos como íons de prata, comprovadamente capazes de eliminar bactérias e vírus.

“Estamos felizes em poder atender as pessoas, tanto da área da saúde quanto empresários e autônomos. Adaptamos nossa equipe para fabricar tudo com segurança e rapidez e graças a Deus o resultado tem sido positivo”, comentou Juraci, que é artesã e começou a vida profissional fabricando enxovais de bebê para as amigas.

Com o surgimento da loja, muitas foram às fases de adaptação ao mercado. Hoje ela trabalha com fardamentos, fantasias e roupas para balé, incluindo figurinos para apresentações, além dos enxovais que ainda mantém. 

A tecnologia da fabricação do tecido, segundo Jura, como é conhecida, foi desenvolvida pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. Assim que soube da existência do tecido, a empresária de Arapiraca fez as encomendas. 

“Era uma demanda natural a fabricação dos EPIs e a chegada desse produto veio fortalecer o negócio, pois garante mais segurança a quem compra”, falou ela.

Ainda segundo dados revelados pelo fabricante, a garantia antiviral dura até, no máximo, 30 lavagens do produto. “Até a chegada da vacina todo esforço para prevenção do coronavírus é válido”, comentou.

Arapiraca completa três dias consecutivos sem óbitos pela Covid-19

  • Redação c/ Blog Roberto Gonçalves
  • 06/08/2020 07:27
  • Cidade

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou nesta quarta-feira (5) mais um boletim epidemiológico com os números da Covid-19 em Arapiraca. Há três dias a cidade não registra óbitos e 155 novos casos positivos foram contabilizados, resultado de testes rápidos realizados na Central de Triagem Iza Castro e de laboratórios particulares. 

Os casos desta quarta são: 71 pacientes do sexo masculino e 84 pacientes do sexo feminino, com idades de 6 a 91 anos, residentes nos bairros: Alto do Cruzeiro, Baixa Grande, Baixão, Boa Vista, Bom Sucesso, Brasília, Brasiliana, Brisa do Lago, Cacimbas, Caititus, Canafístula, Cavaco, Centro, Eldorado, Itapoã, Jardim Tropical, Jardim Esperança, Manoel Teles, Massaranduba, Nilo Coelho, Nova Esperança, Novo Horizonte, Olho D’Água dos Cazuzinhas, Ouro Preto, Padre Antonio Lima Neto, Planalto, Primavera, Santa Esmeralda, Santa Edwiges, São Luis, São Luis II, Sítio Alazão, Sítio Batingas, Sítio Bom Nome, Sítio Capim, Sítio Corredor, Sítio Fernandes, Sítio Ingazeira, Sítio Laranjal, Sítio Mundo Novo, Sítio Pau Darco, Sítio Poção, Verdes Campos e Zélia Barbosa.

Números gerais

• 5.341 curados
• 166 óbitos
• 9.111 confirmados

Ainda é preciso um esforço da população em manter o distanciamento social, e no reforço às medidas de prevenção, como higienização e uso de máscaras.