Bruno Levy

Guerra Infinita faz US$ 630 milhões e se torna a maior estreia da história do cinema

Divulgação 1b815f6a 7fbd 40c9 a7c9 8f8bf213433a Guerra Infinita superou a abertura de Velozes e Furiosos 7

Quem achou que o gênero de super-heróis estava se deteriorando, felizmente achou errado. Vingadores Guerra Infinita estreou nesta semana e em apenas quatro dias arrecadou 630 milhões de dólares, ficando, assim, como a maior estreia mundial de todos os tempos.

 

O filme que reúne os maiores heróis da Marvel bateu Velozes e Furiosos 7, que estreou com US$ 541 milhões. Na bilheteria doméstica, Vingadores derrotou Star Wars: O Despertar da Força com US$ 250 milhões, enquanto que o filme dos jedi fez US$ 247,9 milhões lá em 2015.

 

Mais que isso, os heróis ainda não estrearam na China, considerado o país como o segundo maior mercado cinematográfico do mundo. A estreia ainda está prevista para o dia 11 de maio.

 

No Brasil, o filme também se tornou a maior estreia com US$ 18,8 milhões em bilheteria, ultrapassando Capitão América: Guerra Civil.

 

O filme está fazendo tanto sucesso que tiveram que aumentar ainda mais o número de salas de cinema. Se quiser fugir dos spoilers, corre para o cinema logo!

 

Confira também a crítica que fiz clicando aqui.

Destruidor e hegemônico, Vingadores: Guerra Infinita é um épico sem precedentes

Divulgação Bdaaa5e9 3393 4f8d 9f60 54b43ccbc986 Thanos em Vingadores: Guerra Infinita

O momento mais esperado pelos fãs da Marvel finalmente chegou com Vingadores: Guerra Infinita e, com ele, o gênero chegou ao ápice e concretizou de vez a hegemonia dos super-heróis no cinema. Sem dúvida alguma, o terceiro longa dirigido pelos irmãos Russo é o melhor do universo expandido.

Diferentemente do primeiro e segundo Vingadores, Guerra Infinita precisava ser algo astronômico agora que a maior ameaça do universo se aproximava: Thanos. Foram 10 anos de espera (e muitas cenas pós-créditos) para este embate acontecer.

Mesmo com tantos personagens, o filme ficou completamente redondo e com bastante espaço para todos. O melhor de tudo, porém, é a química entre os personagens. Mesmo com diferentes peculiaridades, vemos uma família inteira presente.

A trama apesar de extremamente complexa, contou com espaço para a dramaticidade, ação frenética, choros e o que não pode faltar, as risadas. O que pode se destacar é a ousadia da Marvel fluindo depois do final de Guerra Infinita. Os irmãos Russo vão te destruir e deixar você sem chão ao terminar as 2h30min de frames.

Outro ponto é o CGI de deixar a franquia Star Wars com inveja. Tudo parecia palpável e real aos olhos de quem assistiu o filme.Thanos então nem se fala. O trabalho pesado e caro rendeu bons frutos para a Casa das Ideias.

E o que falar do vilão? Desde Zod, em Homem de Aço, não se via alguém tão avassalador quanto Thanos, interpretado por Josh Brolin. Palmas para a atuação de gala.

São muitos personagens, fica difícil falar de cada um, mas todos foram excelentes e transformaram o longa em obra-prima. Sem dúvidas, o destaque fica por conta de Thor (Chris Hemsworth) que renovou mais uma vez o deus do trovão. Steve Rogers (Chris Evans), Stark (Downey Jr.), Gamora (Zoë Saldana) e a Ordem Negra completam a lista.

Vingadores: Guerra Infinita promete e entrega além do esperado. Corra dos spoilers e vá ao cinema, vai valer cada centavo ver esse épico da Marvel.

 

Excelente

 

Confira as principais apostas para o Oscar 2018

Divulgação 57f3147e 9919 47d9 9e16 45b3737a9d9c Oscar 2018

Após uma maratona completa com os principais filmes indicados ao Oscar, é hora de apostar em quem serão os vencedores durante o maior evento do cinema que será realizado neste domingo (04), no tapete vermelho, com transmissão para o Brasil através do canal fechado TNT e pela Globo, ambos às 22h.

Neste post, pretendo colocar apenas as premiações em que possuo mais conhecimento. Questões como roteiros, curtas, filmes estrangeiros e documentários prefiro me abster.

Vamos às apostas:

 

Melhor Filme:

 

Me Chame Pelo Seu Nome

O Destino de Uma Nação

Dunkirk

Corra!

Lady Bird - A Hora de Voar

Trama Fantasma

The Post - A Guerra Secreta

A Forma da Água

Três Anúncios Para um Crime (Vence)

 

Três Anúncios Para um Crime deve ser a zebra da vencendo duas indicações

 

Melhor Direção

 

Dunkirk - Christopher Nolan

Corra! - Jordan Peele

Lady Bird - A Hora de Voar - Greta Gerwig

Trama Fantasma - Paul Thomas Anderson

A Forma da Água - Guillermo del Toro (Vence)

 

Melhor Atriz

 

Sally Hawkins - A Forma da Água

Frances McDormand - Três Anúncios Para um Crime (Vence)

Margot Robbie - Eu, Tonya

Saoirse Ronan - Lady Bird - A Hora de Voar

Meryl Streep - The Post - A Guerra Secreta

 

Melhor Ator

 

Timotheé Chalamet - Me Chame Pelo Seu Nome

Daniel Day Lewis - Trama Fantasma

Daniel Kaluuya - Corra!

Gary Oldman - O Destino de Uma Nação (Vence)

Denzel Washington - Roman J. Israel, Esq.

 

Gary Oldman está impecável como Winston Churchill em O Destino de Uma Nação

 

Melhor Ator Coadjuvante

 

Willem Dafoe - Projeto Flórida (Vence)

Woody Harrelson - Três Anúncios Para um Crime

Richard Jenkins - A Forma da Água

Christopher Plummer - Todo o Dinheiro do Mundo

Sam Rockwell - Três Anúncios Para um Crime

 

Melhor Atriz Coadjuvante

 

Mary J. Blige - Mudbound – Lágrimas sobre o Mississipi

Allison Janney - Eu, Tonya (Vence)

Laurie Metcalf - Lady Bird - A Hora de Voar

Octavia Spencer - A Forma da Água

Lesley Manville - Trama Fantasma

 

Melhor Animação

 

O Poderoso Chefinho

Viva - A Vida é uma Festa (Vence)

O Touro Ferdinando

Com Amor, Van Gogh

The Breadwinner

 

Melhor Fotografia

 

Blade Runner 2049 - Roger Deakins (Vence)

O Destino de Uma Nação - Bruno Delbonnel

Mudbound – Lágrimas sobre o Mississipi - Rachel Morrison

Dunkirk - Hoyte van Hoytema

A Forma da Água - Dan Laustsen

 

Melhor Figurino

 

A Bela e a Fera

O Destino de Uma Nação

Trama Fantasma

A Forma da Água (Vence)

Victoria e Abdul - o Confidente da Rainha

 

Melhor Maquiagem e Cabelo

 

O Destino de Uma Nação

Extraordinário

Victoria e Abdul - o Confidente da Rainha

 

Melhor Mixagem de Som

 

Em Ritmo de Fuga

Blade Runner 2049

Dunkirk (Vence)

A Forma da Água

Star Wars - Os Últimos Jedi

 

Melhor Edição de Som

 

Em Ritmo de Fuga (Vence)

Blade Runner 2049

Dunkirk

A Forma da Água

Star Wars - Os Últimos Jedi

 

Melhores Efeitos Visuais

 

Blade Runner 2049

Guardiões da Galáxia Vol.2

Kong - A Ilha da Caveira

Star Wars - Os Últimos Jedi

Planeta dos Macacos - A Guerra (Vence)

 

Planeta dos Macacos deve finalmente vencer o Oscar de Melhores Efeitos Visuais

 

Melhor Montagem

 

Em Ritmo de Fuga

Dunkirk (Vence)

Eu, Tonya

A Forma da Água

Três Anúncios Para um Crime

 

Melhor Trilha Sonora Original

 

Dunkirk - Hans Zimmer

Trama Fantasma - Jonny Greenwood

A Forma da Água - Alexandre Desplat (Vence)

Star Wars - Os Últimos Jedi - John Williams

Três Anúncios Para um Crime - Carter Burwell

 

E aí, em quem vocês apostam? Não esquece de me seguir no Instagram pelo @blcos_

Pantera Negra detona Liga da Justiça na bilheteria americana em apenas quatro dias

1755cb2d 75c0 469a b62f 6422ec595a8e

Pantera Negra mal estreou e já vem destruindo os concorrentes. Em apenas quatro dias, o até então desconhecido de grande parte do público detonou na bilheteria doméstica o grupo de super-heróis mais conhecidos do público brasileiro: Liga da Justiça.

Para ter ideia, o filme da Marvel já fez US$ 235 milhões, enquanto que a Liga fez no total $228,616,472 desde que foi lançado, segundo o site Box Office Mojo. Na bilheteria total que envolve o resto do mundo, Pantera deve ultrapassar tranquilamente o longa da DC já no fim de semana.

Atualmente, Pantera Negra já arrecadou $404,000,000, enquanto que Liga da Justiça fez “míseros” $657,416,472. Triste saber que a Warner conseguiu destruir um filme com um potencial gigantesco devido ao famoso “olho grande” e devido a falta de ética e profissionalismo de uma empresa tão grande, sem tirar o mérito de Pantera Negra que se mostrou um longa mais capaz, maduro e ciente do que decidiu apresentar.

A crítica de Pantera Negra já está disponível para leitura, clique aqui. Me segue no instagram através do @blcos_

Marvel acerta mais uma vez com o excelente Pantera Negra; confira a crítica

Reprodução D3639ae8 8be4 4c76 9ca4 f75864ed9906 Pantera Negra

A representatividade tem sido o forte e o fio condutor ultimamente dos filmes de super-heróis. Foi assim com Mulher-Maravilha e agora com Pantera Negra, que pode ser tranquilamente considerado por muitos o melhor filme da Marvel até o momento.

Ryan Coogler, o mesmo diretor de Creed, repetiu a fórmula apresentada no longa do Rocky e de Adonis e proporcionou momentos incríveis em Pantera Negra. Os jogos de câmera do diretor, os ângulos das lutas e as cenas bem dirigidas proporcionaram ao herói de Wakanda o filme que ele merecia.

Unanimidade em Capitão América: Guerra Civil, Chadwick Boseman (T’Challa) melhora ainda mais seu desempenho como Pantera e se torna um dos queridinhos do universo expandido da editora. O elenco invejável possui química, com destaque a Letitia Wright (Shuri), irmã de T’Challa, alívio cômico nas horas exatas e que aparentou ser uma atriz bem madura.

A liberdade proporcionada pelos engravatados da Marvel à equipe de produção aliviou a pressão em expandir o universo e criou-se um dos melhores filmes da editora, ao qual nem parece ser um filme dela. Poucos erros como o mal aproveitamento do vilão Garra Sônica, interpretado pelo talentosíssimo Andy Serkis, e as cenas pós-créditos nada agradáveis (apesar da mensagem forte) foram bem evidentes.

Pantera Negra é redondinho e traz a representatividade da comunidade negra de forma séria, sem deixar de lado o fantástico. Este sim é o tipo de filme que vale à pena assistir mais de uma vez.

 

Pantera Negra: aclamado filme da Marvel estreia nesta quinta (15)

Divulgação 96f955ac 01ee 4708 95a3 4d2112eddab6 Pantera Negra estreia amanhã (15)

O tão aguardado novo filme do universo estendido da Marvel nos cinemas finalmente vai estrear nesta quinta-feira (15). Pantera Negra promete preparar o terreno para a chegada dos Vingadores, em abril.

Amplamente comentado e até o momento um dos mais elogiados filmes da editora, Pantera Negra tem um dos elencos mais invejados do cinema. Chadwick Boseman vive T’Challa, o Pantera, que após a morte do pai durante os eventos de Capitão América: Guerra Civil, retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação. Nela são reunidas as cinco tribos que compõem o reino, sendo que uma delas, os Jabari, liderado por Erik Killmoger (Michael B. Jordan), não apóia o atual governo. T'Challa logo recebe o apoio de Okoye (Danai Gurira), a chefe da guarda de Wakanda, da irmã Shuri (Laetitia Wright), que coordena a área tecnológica do reino, e também de Nakia (Lupita Nyong'o), a grande paixão do atual Pantera Negra, que não quer se tornar rainha. Juntos, eles estão à procura de Ulysses Klaue (Andy Serkis), que roubou de Wakanda um punhado de vibranium, alguns anos atrás.

O super elenco ainda conta com Martin Freeman (O Hobbit: Uma Jornada Inesperada) e Daniel Kaluuya (Corra!) e é liderado por Ryan Coogler, que dirigiu o excelente Creed.

Pantera Negra deve quebrar o recorde de maior abertura em bilheteria de todos os tempos no mês de fevereiro desbancando Deadpool, ao qual fez US$ 132,434,639. A pré-estreia ocorre já nesta quarta-feira (14) com sessões a partir das 0h. Os ingressos já estão disponíveis para venda.

Confira todos os trailers e teasers de filmes exibidos durante o Super Bowl LII

Reprodução F20ceb96 6693 4a34 8975 eac55bba4c83 Missão Impossível e Guerra Inifinita foram os principais destaques

O Super Bowl é um dos maiores eventos dos Estados Unidos, protagonizado pela final entre dos times da NFL, principal liga de Futebol Americano. Graças a isso, o cinema aparece também com um show a parte com a divulgação de trailes, teasers e comerciais durante toda a transmissão do evento.

 

Se ainda não assistiu nenhum desses trailers, não se preocupe. Neste post você vai conferir tudo o que rolou neste domingo (04).

 

 

 

 

Teaser de Vingadores: Guerra Infinita

 

 

Teaser de Han Solo: Uma História Star Wars

 

 

Trailer de Missão Impossível: Efeito Fallout

 

 

Teaser de Jurassic World: O Reino Ameaçado

 

 

Trailer de da 2ª temporada de Westworld

 

 

Comercial de Um Lugar Silencioso

 

 

Comercial de Arranha-Céu: Coragem Sem Limite

 

 

Teaser de Cloverfield: A Partícula de Deus

 

 

Este último teve algo especial. Absolutamente ninguém sabia da produção do terceiro filme da franquia Cloverfield. De surpresa, a Netflix soltou o teaser no Super Bowl e já disponibilizou o filme completo na plataforma.

 

Gostou de algum trailer/teaser/comercial em especial? Comenta. Me segue também no Instagram pelo @blcos_

Maze Runner: A Cura Mortal fecha trilogia como melhor franquia de filmes teen

Divulgação Fbec2a7e 41dd 45be 8caf 8e57871a73a7 Crítica de Maze Runner: A Cura Mortal

Finalmente estreou o tão esperado Maze Runner: A Cura Mortal, que encerra a trilogia de uma das melhores, senão a melhor, adaptação de livro com tema teen após três anos desde que o segundo filme foi lançado, lá em 2015, quando um acidente grave durante a produção quase tira a vida de Dylan O’Brien.

Frenético, o terceiro longa da trilogia Maze Runner não vai deixar nem os fãs filmes e nem dos livros tristes. Com um visual impecável, cenas de ação bem coreografadas e diálogos bastante interessantes, A Cura Mortal deixa um ar de quero mais ao final. Sem dúvida alguma, o “novato” diretor Wes Ball, que tem apenas a trilogia em seu currículo, vai deslanchar na carreira.

Mais conhecido como diretor de efeitos visuais, a Fox apostou em Wes e acertou em cheio. Talvez até um medalhão não acertaria da forma que o diretor acertou. A produção que custou US$ 62 milhões entrega um material de primeira qualidade, coisa que em filmes como Liga da Justiça e Guerra Civil, com um orçamento altíssimo, deixaram a desejar.

Em A Cura Mortal o efeito é contrário. Apesar da gravidade do que ocorreu com O’Brien, o mal veio pelo menos para um bem. O tempo “extra” resultou em um trabalho mais impecável nos efeitos e no roteiro. O melhor de tudo é que Dylan voltou muito melhor que antes.

O ator, que interpreta Thomas, voltou com força total, dando jus ao papel principal da franquia. Dylan lembra muito Tom Cruise lá no início da carreira e no deslanche em Missão Impossível. Quem sabe não teremos um novo astro dos filmes de ação? (Se é que ele já não é!)

Muitas palmas para a equipe técnica, desde o figurino, até a mixagem de som e a trilha sonora. A Cura Mortal deixa o espectador vibrante em meio aos diversos tiroteios, perseguição e explosões apresentados no longa. O terceiro Maze Runner soube beber da fonte de Mad Max, construindo algo totalmente novo e extraordinário.

O maior pecado de Wes Ball foram algumas cenas de ação exageradamente grandes. Ok, gostamos de ação, mas nada em excesso funciona. Pelo menos uns 15 minutos de filme poderiam ser cortados tranquilamente. O acontecimento final também criou um drama melancólico e desnecessário, quando algo totalmente óbvio poderia ter ocorrido, o que pode irritar o público, já que provoca uma tentativa de imbecilizar quem assiste.

A dinâmica do grupo não estava assim tão boa quanto A Prova de Fogo, o que pode ser compreensível, visto que o tempo que passaram longe um dos outros durante as filmagens pode ter provocado um esfriamento. De qualquer forma, a franquia Maze Runner fecha com chave de ouro e por cima, e é isso o que importa.

 

 

Doutor Sono, sequência do clássico O Iluminado, vem aí!

Reprodução B8c34945 c4c6 4c8f b723 c0c29f899248 Jack Nicholson em "O Iluminado"

Doutor Sono, mais uma obra de Stephen King, será adaptada para os cinemas. A Warner Bros. oficializou a contratação de Mike Flanagan, diretor de Jogo perigoso (outra obra de King) e outros filmes como Ouija, Sono da Morte e O Espelho.

Embarcando no sucesso recente do remake de It – A Coisa, a Warner decidiu realizar mais uma adaptação dos livros de King, segundo informou o site Hollywood Reporter. Desta vez, Doutor Sono é uma sequência de O Iluminado, clássico de 1980 protagonizado por Jack Nicholson.

A trama traz Danny Torrance, agora um adulto traumatizado, alcoólatra, nômade e atormentado. Enfim estabelecido em uma pequena cidade, ele começa a trabalhar num hospício e traça um forte vínculo telepático com uma menina especial.

No ano passado,  It – A Coisa, obra adaptada mais bem sucedida de Stephen King, arrecadou mais de US$ 700 milhões no mundo enquanto a produção custou “míseros” US$ 35 milhões.

Doutor Sono ainda não tem data para início das filmagens e nem elenco escalado.

Confira as novidades da Netflix para o mês de fevereiro

Reprodução 54e01da7 9300 48fb 9063 78202bf3d855 Netflix

Mais novidades serão adicionados ao catálogo da Netflix para o mês de fevereiro. Dentre as principais produções estão Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo, Guardiões da Galáxia, o vencedor do Oscar Garota Dinamarquesa e Corações de Ferro.

Dentre as sérias, tem a estreia da produção original da Netflix Altered Carbon, a primeira temporada de Legion, a quarta temporada de Brooklyn 99 e a primeira parte da sexta temporada de Teen Wolf.

Confira:

 

01/02

Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo

Corações de Ferro

Guardiões da Galáxia

99 Casas

78/52

Seremos História?

How The Beatles Changed The World

Brooklyn Nine-Nine – 4ª temporada

Spike Team - 1º temporada

Teen Wolf – Primeira parte da 6ª temporada

Kakegurui – 1ª temporada

As Meninas Superpoderosas – 1ª temporada

Elena de Avalor – 1ª temporada

 

02/02

Altered Carbon  - Estreia Netflix

Luna Petúnia: De Volta à Incrivolândia – 1ª temporada

 

06/02

Fred Armisen: Standup for Drummers

Sharknado 5: Voracidade Global

 

07/02

Queen Eye – 1ª temporada

 

09/02

Quando Nos Conhecemos

Gloria Allred: Justiça para Todas

 

13/02

Riverdale – 1ª temporada

Steve Jobs

 

14/02

Legion – 1ª temporada

Greenhouse Academy – 2ª temporada

 

15/02

Re:Mind  - 1ª temporada

 

16/02

Perfeita Pra Você

Everything Sucks! – 1ª temporada

Prima Squadra: Juventus – 1ª temporada

Dragões: Corrida até o Limite – 6ª temporada

 

19/02

Fullmetal Alchemist

 

20/02

As Crônicas de Frankenstein

 

23/02

Mudo

Seven Seconds – 1ª temporada

Marseille – 2º temporada

Ugly Delicious – 1ª Temporada

 

25/02

Verônica

 

27/02

Garota Dinamarquesa

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com