Blogs

Nezinho x Barbosa: impasse em Arapiraca pode gerar racha no MDB

  • Paulo Marcello
  • 15/07/2020 08:31
  • Blogs

A pré-candidatura a prefeito de Arapiraca do deputado estadual Ricardo Nezinho (MDB) pode rachar o partido nos próximos meses. A imposição é, segundo uma fonte palaciana, do próprio governador Renan Filho (MDB), que não pretende abrir mão desta ‘promessa’ feita ao parlamentar que já está em pré-campanha.

 

O imbróglio é que o vice-governador Luciano Barbosa (MDB) já comentou que é o pré-candidato a prefeito da cidade que já administrou por dois mandatos (2005-2012) e conta com apoio do deputado federal Severino Pessoa (Republicanos), lideranças comunitárias e vereadores da legenda: Léo Saturnino, Fábio Henrique e Rogério Nezinho, irmão do deputado.

 

Tudo estava escrito no ‘manual’ do MDB e Luciano Barbosa assumiria o governo no início de 2022, quando seu titular renunciaria o cargo para se candidatar ao senado. Desta forma, LB seria efetivado como governador e seria candidato a reeleição, mas algo saiu errado e o vice e ex-secretário de Educação perdera prestígio dentro do Palácio República dos Palmares. Assim, só restaria tentar voltar à prefeitura de Arapiraca ou esperar pelo prazo de validade do cargo, em dezembro de 2022.

 

A fonte ainda revela que se Luciano for confirmado como pré-candidato a prefeito, Nezinho já estaria de malas prontas para deixar o MDB. Por sua vez, o deputado Severino Pessoa lançaria sua esposa, Fabiana Pessoa, como pré-candidata a prefeita, podendo deixar Nezinho indicar o vice, que poderia ser o vereador Rogério Nezinho. Os próximos dias serão decisivos para o MDB em Arapiraca e o resultado deste impasse está ligado diretamente com os planos para as eleições de 2022.  

 

Vereadora denuncia perseguição e 'jogo sujo' do prefeito de Porto Real do Colégio

  • Blog do Paulo Marcelo
  • 23/11/2017 15:15
  • Blogs

A vereadora Isabelita Conceição da Silva, mais conhecida por Isabelita Enfermeira (PSDB), de Porto Real do Colégio (AL) postou uma nota, nesta quinta-feira (23) na qual repudia o tratamento recebido pela administração municipal após ter deixado a base de sustentação do prefeito Aldo Popular (PMDB).  

Segundo a vereadora, a retaliação começou logo após ela ter anunciado que estaria rompendo com o prefeito.

Isabelita é enfermeira profissional há mais de 15 anos e conta que dias após ela ter usado a Tribuna da Câmara para anunciar que seria oposição, foi transferida para outra unidade de saúde que não tem as mínimas condições físicas para receber os pacientes. 

Boataria

Antes mesmo de oficializar a transferência da vereadora e enfermeira, o prefeito teria espalhado boatos na cidade de que este seria o seu procedimento, após Isabelita ter optado em romper com a gestão do tucano. Um outro vereador, que não teve o nome revelado, disse que os parlamentares de oposição são muito perseguidos.  

De acordo com a vereadora, sua decisão de sair da base do prefeito ocorreu após tomar conhecimento e verificar ‘in loco’ o descaso da administração ao flagrar a falta de merendas nas escolas, bancas e cadeiras quebradas, além de outras irregularidades na Educação.  

Jogo Sujo

Isabelita aponta ainda, em sua nota de repúdio, a falta de estrutura física para atender aos pacientes na unidade de saúde para a qual foi designada pelo prefeito da cidade. Para ela tudo é fruto de perseguição política e faz parte do que chamou de ‘jogo sujo’ por parte do gestor.  

Abaixo a nota na íntegra: 

NOTA DE REPÚDIO!!!
Sou a VEREADORA ISABELITA de PORTO REAL DO COLÉGIO! 
Enfermeira à 15 numa mesma Unidade de Saúde! 
Devido ao fato de sair da "bancada do prefeito "por tomar pra mim umas insatisfações em relação à diversas áreas: Não marcação de exames.....
Quando marca exame ,não oferece transporte....
Falta de merenda na escola!
Falta de material de limpeza nas escolas etc...
Estou sofrendo PERSEGUIÇÃO POLÍTICA!!!!!
Fui trocada de minha unidade de saúde....
Meu consultório, onde deveria realizar exames preventivos....Pré- Natal ....atendimento à criança ...idosos etc....não tem ventilação alguma!!!!
Não tenho água pra tomar, nem pra oferecer medicação aos pacientes!!!!
Venho lhes passar tal situação, pra informar que em tempos tão modernos, ainda existe esse jogo sujo político em minha cidade por parte do prefeito!