O técnico da seleção inglesa Fabio Capello afirmou que está satisfeito pelo fato de David Beckham ter seguido atuando com qualidade no Milan nesta temporada, mas fez questão de adicionar que o fato de o meia estar atuando em um time de ponta do futebol europeu não o garante na equipe nacional.

Há tempos Beckham não é chamado para a seleção inglesa. Segundo ele, entre outros fatores, pela sua idade. A estrela do Milan completa 34 anos em maio e já disse que gostaria de atuar na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010. Capello, entretanto, negou que a idade esteja emperrando sua convocação.

"Quando observo um jogador, não vejo a idade. Procuro pelos melhores jogadores. A Itália continua convocando o zagueira Fabio Cannavaro e ele tem 35 anos", disse o treinador. "Tenho assistido aos últimos jogos do Beckham no Milan e estou muito feliz pelo fato de ele estar atuando bem", completou.

O humor de Capello muda quando o assunto é o possível retorno de Beckham ao futebol norte-americano. Atualmente, o meia tem contrato com o Los Angeles Galaxy e está emprestado ao Milan.

Para o técnico italiano, o meia deveria seguir atuando na Europa caso ainda tenha o sonho de jogar na seleção. A equipe do astro nos EUA, entretanto, chegou a relutar em ceder o jogador aos italianos até o final da temporada.

"Beckham tomou uma decisão pessoal. O campeonato norte-americano é diferente [dos torneios europeus]. Neste momento, é importante para ele jogar na Europa. Não apenas no Milan, mas na Europa", afirmou.

Beckham deve retornar ao L.A. Galaxy em julho e lá deve permanecer até novembro, quando termina a temporada norte-americana. No período, viverá a expectativa de ser chamado para os amistosos da seleção inglesa contra a Holanda (12 de agosto) e Slovênia (5 de setembro)