Luciana Beder/ Cada Minuto 364ee7a0 e81c 486f af4a 33acbc9a3c55 Oficial de justiça Robert Manso

O Oficial de Justiça, Robert Manso, procurou o Cada Minuto na manhã desta segunda-feira (16) para informar que voltou a ser ameaçado, nesse domingo (15), por traficantes da região da Santa Amélia, parte alta de Maceió. Robert sofreu uma tentativa de homicídio em setembro do ano passado.

Segundo o oficial, ele estava indo realizar pagamento dos funcionários da chácara em que residia, quando populares o informaram que um rapaz estava o esperando próximo ao local e disse que ia matá-lo.

Ainda segundo o oficial, Robert lavrou um Boletim de Ocorrência (BO) acerca do caso e disse que espera que a Secretaria de Segurança Pública (SSP) tome providências. "No ano passado quando sofri o atentado, tive uma reunião com o secretário de Segurança Pública e ele me aconselhou a mudar de endereço, porque o tráfico não se muda, e se comprometeu em tomar as providências cabíveis. Eu segui o conselho e me mudei, mas ainda tenho funcionários que trabalham na minha propriedade e preciso resolver algumas pendências por lá”, explicou.

"Eu espero que as autoridades do Poder Público tomem providências porque até agora nada. Eu tenho que continuar o meu trabalho, mas preciso de segurança. Trabalho há quase 13 anos com mandados de prisão, busca e apreensão e vários outros tipos que incomodam os traficantes da região. Vários colegas já foram mortos pelo ofício e eu temo pela minha vida", afirmou.

Robert conta que a esposa sofre até hoje com o que aconteceu. "Às vezes acordo na madrugada e minha esposa está acordada, sentada, com medo de acontecer algo. Nós tivemos que nos mudar por conta do meu trabalho, mas a insegurança continua e afeta não só a mim", disse. 

Relembre o caso

O oficial de justiça Robert Manso sofreu uma tentativa de homicídio, no dia 19 de setembro de 2017, dentro da própria residência localizada no bairro da Santa Amélia, em Maceió. Robert foi abordado por um homem mascarado que invadiu a propriedade do oficial e ameaçou tirar a vida dele. Outro suspeito também estaria durante a abordagem para fazer a "cobertura" do companheiro.

Segundo informações da assessoria do Sindicato dos Oficiais de Justiça de Alagoas (Sindojus/AL), Robert Manso tinha chegado em casa junto com sua esposa quando foi surpreendido por um homem armado. As vítimas conseguiram correr e adentrar na residência, enquanto trancavam a porta da casa e se protegiam.

Ainda segundo a assessoria, o oficial de justiça tem posse de arma permitida legalmente e reagiu à tentativa, deflagrando alguns tiros contra os criminosos até os assustarem e fugirem do local. Segundo a esposa da vítima, outro homem ainda estaria do lado de fora, fazendo cobertura do principal suspeito.

*Estagiária