6805b407 7243 492e 99b9 7fa852151de2

A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB/AL) esteve reunida, na manhã desta quinta-feira (12), na sede do Centro de Apoio Operacional do Ministério Público (CAOP), no bairro do Farol em Maceió, para tratar de assuntos referentes aos assassinatos dos moradores em situação de rua. A Comissão foi representada pelo presidente, Ricardo Moraes.

Para deliberar sobre o tema, também estiveram presentes Ronilson Medeiros, delegado, Rafael Machado, representante do Movimento dos Moradores em Situação de Rua e Alessandra Silva, diretora do Centro Pop I, que foram recepcionados pelo promotor José Antônio Malta Marques.

“A reunião foi extremamente proveitosa porque temos três situações quando tratamos sobre homicídios de moradores em situação de rua. Temos os inquéritos concluídos com autoria identificada, temos os que foram concluídos sem autoria e temos os que ainda se encontram em aberto. O delegado apresentou como as investigações estão sendo encaminhadas e tudo que vem sendo feito. Ao final do encontro, o MP, de forma conjunta com a OAB Alagoas e demais entidades representativas, requisitou todos os esforços para a elucidação total destas ocorrências”, explicou o presidente da Comissão de Direitos Humanos, Ricardo Moraes.