Foto: AFP A14ce858 b91f 4315 a93f debfa2cdcde1

A Croácia derrotou a Nigéria, neste sábado (16), por 2 a 0, em confronto válido pela primeira rodada do Grupo D da Copa do Mundo. Com o triunfo, o selecionado comandado por Zlatko Dalic deu passo importante rumo à classificação, já que o outro confronto da chave, entre Argentina e Islândia, terminou empatado.

O jogo começou truncado, com as duas equipes muito fechadas. A Nigéria enfrentou dificuldades na saída de bola, forçando muitos passes e errando lançamentos longos. A primeira grande chance do jogo foi da Croácia. Aos 13 do primeiro tempo, a Croácia teve a primeira boa chance da partida. Mandzukic ajeitou a bola para Perisic, que bateu por cima do travessão da meta defendida por Uzoho. 

A seleção europeia continuou melhor na partida. Em boa trama ofensiva, a Croácia conseguiu obter um escanteio. Após a cobrança, Rebic desviou de cabeça. Na sequência, Mandzukic também cabeceou, de raspão, e a bola acabou batendo em Etebo. O desvio foi fatal e tirou as chances de Uzoho: 1 a 0.

O primeiro tempo seguiu sem quaisquer outros lances perigosos. Aos 45, Moses cobrou falta para a área. No rebote, Iwobi bateu bem. Contudo, a bola acabou parando em Lovren. 

Com tamanha morosidade, o trio de arbitragem, composto por brasileiros, não teve trabalho. Sandro Meira Ricci aplicou dois cartões amarelos: aos 29 do primeiro tempo, para Rakitic, após entrada forte em Moses, e para Troost-Ekong e Brozovic, já na segunda etapa. Também marcou pênalti, aos 24 minutos do segundo tempo, para a Croácia. A penalidade foi convertida por Luka Modric, meia do Real Madrid.

A segunda etapa, mesmo com o gol marcado, não foi empolgante. Antes da penalidade máxima, aos 3 minutos, o nigeriano Moses fez uma boa jogada, mas finalizou muito mal. Aos 33 a Croácia quase fez o terceiro. Depois de ótima trama, Modric cruzou para a área, mas Uzoho saiu bem do gol e fez a defesa. 

O próximo adversário da Croácia na Copa do Mundo é a Argentina, no dia 21, às 15h. Se vencer garante a classificação antecipada para as oitavas de final e deixa os hermanos em maus lençóis. Já a Nigéria buscará a reabilitação contra a Islândia, no dia 22, 12h. Dependendo da combinação de resultados, a seleção africana poderá dar adeus ao torneio antes mesmo do findar da primeira fase.