Foto: Agência Alagoas Cfa5c6c2 95cf 4adf 83a1 3d479634e083 Maternidade Santa Mônica

Duas das unidades hospitalares mais importantes de Maceió informaram na tarde desta sexta-feira, 15, que estão superlotadas. A Maternidade Escola Santa Mônica, localizada no bairro do Poço, e  a maternidade do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes, o conhecido Hospital Universitário (HU), na parte alta da capital.

Após denúncias de que pacientes estariam aguardando vagas para internação sentados em cadeiras, a Maternidade Santa Mônica informou, através de sua assessoria, que apresenta um quadro de superlotação e não há como receber pacientes por demanda espontânea.

A maternidade esclareceu, por meio de nota, que já comunicou a Secretária de Estado de Saúde (Sesau) e a Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) sobre a situação.

A unidade hospitalar recomenda que as gestantes busquem outras unidades de saúde mais próximas de suas residências, mas ressalta que os partos agendados pelo Complexo Regulador de Maceió (CORA) serão devidamente realizados.

Também nesta sexta, o Hospital Universitário informou que todos os leitos da maternidade da unidade estão ocupados. São dez leitos da Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), e  vinte da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal. No entanto, o hospital comunicou que há pacientes aguardando receber alta médica e novas vagas podem surgir de forma gradativa.