80a5b0c3 5e5a 4905 9a66 78476e611070

A Prefeitura de União dos Palmares continua mobilizando pacientes portadores de glaucoma para o procedimento de reavaliação. Cerca de 700 pacientes estão sendo atendidos nesta segunda etapa. 

O público em questão, desta quarta-feira (13/06), fez o recadastramento para tratamento nas unidades do Alto do Cruzeiro, da Vaquejada, do posto Francisco e Nelson e da Abolição. Já nesta quinta (14/06), serão os pacientes das unidades de Rocha Cavalcante, Várzea Grande, Nova Esperança, Newton Pereira, Teresa Romana, Santa Maria Madalena, Santa Fé, Padre Donald, Laginha e Sagrada Família.

Os pacientes que fazem tratamento no IOFAL de Maceió serão convocados pela capital para esta reavaliação. A secretária Geany Vergeth acompanhou os procedimentos. 

Saiba mais sobre o Glaucoma

A neuropatia óptica caracterizada pela perda progressiva do campo visual, o glaucoma representa hoje 12,3% dos casos de cegueira no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde. No Brasil, estima-se em cerca de 1 milhão os casos da doença, com incidência de 2 e 3% na população acima de 40 anos, de acordo com dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia. Dos cerca de 1 milhão de glaucomatosos, 50% ou mais não sabem que são portadores da doença. A estimativa é que até 2020 o glaucoma deverá atingir  80 milhões de pessoas em todo o mundo.

Ao contrário do que ocorre com a  catarata, a cegueira provocada pelo glaucoma é irreversível – e silenciosa, pois a forma mais comum da doença não apresenta sintomas. “A pessoa não se apercebe, a não ser quando já perdeu 90% de seu nervo óptico”, revela o oftalmologista Remo Susanna Jr., titular da disciplina de Oftalmologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.