4f911cd7 7308 4386 8908 b176b7a8cfd7

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (24/05), na Câmara Municipal de Vereadores, a secretária de saúde Geany Vergeth, junto com a equipe da Secretaria, fez a prestação de contas financeira e de produção da rede municipal de saúde referente ao ano de 2017. Os dados, que foram apresentados minuciosamente detalhados, chamam atenção por ilustrar o aumento de percentual de alguns atendimentos e exames prestados à população. 

A produção de fisioterapia, por exemplo, cresceu mais de 100% do primeiro ao terceiro quadrimestre do ano. Tratamentos clínicos tiveram um salto gigante de 1000%, enquanto a oferta de diagnóstico em laboratório clínico duplicou sua produção de serviços e a terapia ocupacional progrediu em mais de 500% durante 2017.  Entre outros aumentos significativos na lista de serviços públicos, como em consultas com médicos clínicos. 

A produção de procedimentos para o CAPS também saltou em 1000% do primeiro ao último quadrimestre de 2017, assim como as visitas dos agentes comunitários de saúde às casas foram mais de 220 mil. 

“Nossa saúde teve mais investimentos e mais assistência para nossa população que necessita do SUS. Isso é uma conquista muito expressiva e demonstra o quanto avançamos. E nossa meta é apresentar resultados ainda mais satisfatórios em 2018”, disse Geany. 

Destaca-se ainda o incentivo a capacitações e oficinas para os profissionais, ações e palestras educacionais, implementação do Cantinho da Criança – espaço para os pais deixarem seus filhos enquanto aguardam atendimento – nas unidades de saúde e mutirões para amenizar as demandas de espera e facilitar a acessibilidade dos moradores, chegando, inclusive, na zona rural, como o Saúde no Campo e Saúde no Bairro.