Polyana Lima / CM D2c50e19 f664 4dc7 a9ec 67ab27330992

Uma quadrilha acusada de homicídios, tráfico de drogas e roubos no interior do Estado foi desbaratada durante ação realizada nesta quinta-feira, dia 24, no município de Murici, localizado na região da Zona da Mata Alagoana. Durante a operação 17 pessoas foram detidas, 15 presas e uma morreu em confronto com a polícia. Segundo a polícia, Jorge Henrique Tenório de Deus, acusado de liderar a quadrilha, foi preso hoje no Rio de Janeiro. O grupo tinha ramificações em São Miguel dos Campos, Rio de Janeiro, Murici e em Maceió.

As informações foram divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) nesta tarde, durante coletiva à imprensa, na sede da SSP.

Ainda segundo informações da polícia, Jorge estava foragido da Justiça e possui mais dois mandados de prisão em aberto, por homicídio. O acusado contava com a ajuda do irmão Eric Jones Tenório de Deus, que também foi preso hoje e participava em Maceió.

O grupo é acusado de participar de um duplo homicídio onde as vítimas foram um pai e seu filho, além de realizarem sequestro e um assassinato onde a vítima foi enterrada pela quadrilha em uma mata.

De acordo com informações do delegado Caio Rodrigues, as prisões foram deflagradas em Murici e na cidade do Rio de Janeiro. “Com essas prisões esperamos ter uma redução significativa da criminalidade na cidade, através dessas operações conseguimos esclarecer diversos homicídios, inclusive os que aconteceram nos últimos meses”, destacou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, durante a operação policial, William Douglas dos Santos, 18, vulgo "Pesadelo", morreu em confronto com a polícia.  

Durante a ação foram apreendidos 2 kg de maconha, 500 pedras de crack e 3 armas, sendo 2 revólveres e 1 espingarda.

Outros presos

José Wilson Aureliano dos Santos, 19 anos; Sebastião Gomes da Silva Filho, mais conhecido por “De Menor”; José Cícero da Silva Junior, 20, vulgo “Mago”; Jonathan Douglas da Silva, 22; José Douglas Alves da Silva, 32; Ariana da Silva Firmino, a “Mochila”, 25; Josival Correia Sampaio, o “Van”, 21; Edjane de Deus, 31; Weverton Gomes Leite, 19; Diogo da Silva Vieira, 23, "O Boneco"; Wemerson da Silva, 25, além desses, quatro pessoas foram presas em São Miguel dos Campos, O Gigante, Jorge, Erick e Jaciara Correia Sampaio. Dois menores, de iniciais C.C.M.S  e D.F.S de 17 anos, também foram detidos.
 

Após cerca de 90 dias de investigação da Polícia Civil, os mandados de prisão foram expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

*Estagiárias