Foto: Ascom TJ/AL Fa1b7e12 3084 4d1f 9e6a 11601d225c4d TJ/AL

Jorge de Albuquerque Marinho, conhecido como “Jorginho”, foi condenado, pelo Tribunal do Júri da 7ª Vara Criminal de Maceió a 13 anos e 4 meses, em regime inicialmente fechado, acusado de matar Rogério Araújo, em 2015, por disputa de ponto de tráfico de drogas na Praia da Pajuçara.  

O julgamento foi conduzido pelo juiz Sóstenes Alex Costa de Andrade, na tarde desta segunda feira (21). Segundo a assessoria de Comunicação do Tribunal de Justiça (TJ), o crime aconteceu no dia 9 de setembro de 2015.

De acordo com os autos do processo, um dia após o ocorrido, Jorge foi preso na região do Vale do Reginaldo, minutos depois de o seu irmão ter sido assassinado. O crime teria sido uma retaliação pela morte de Rogério Araújo, ocorrida no dia anterior.

Ainda de acordo os autos, a bala retirada do corpo de Rogério Araújo foi disparada pelo revólver encontrado com o réu. O motivo do crime seria a disputa por ponto de tráfico de drogas na Pajuçara.

 

*Estagiária com Ascom TJ