CadaMinuto 0901e535 6b58 4e7f a2ff 9453d8ccbe1f Mapa de implantação das intervenções pretendidas

O projeto de intervenções na área do Porto de Maceió, proposto pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial (SEDET) em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo (SEMTUR), vem causando revolta e indignação nos trabalhadores da região. Segundo Milton Jorge, presidente do Sindicato dos Portuários de Alagoas (Sindport), as obras propostas irão causar grandes prejuízos aos operários, além de atrapalhar o desenvolvimento do próprio Porto.

“Estamos precisando de tanta coisa, a gente não tem absolutamente nada, nenhum equipamento novo. E vão arrendar a área do Porto para colocar estação? Se fizer essa construção ali, vai atrapalhar todos os nossos trabalhadores e o desenvolvimento do próprio Porto. Querem fazer turismo com a área, mas e nós? Já temos problemas com várias coisas, como com os caminhões que param ali. E agora querem nos dar mais um. Não vamos aceitar. Aquela área é nossa” explicou Milton.

Ainda de acordo com ele, a categoria espera que o departamento jurídico do Porto tome alguma providência. Em caso de início das obras, o presidente afirma que paralisará as atividades dos portuários, bem como mobilizará outros sindicatos.

“Não é só a gente que está achando isso um absurdo. As obras vão atrapalhar as Usinas também, por exemplo. Esperamos que o departamento de turismo do Porto tome alguma providência. A obra foi feita por uma pessoa que provavelmente não conhece a cidade ou a região. Se as construções tiverem início, vamos paralisar as atividades e protestar. Provavelmente, outros sindicatos também se união na luta” disse.

Projeto de Intervenções

Estação de Transferência para passageiros de ônibus

A primeira proposta de intervenção para a área é a construção de uma estação de transferência para passageiros de ônibus em Jaraguá. Segundo a proposta, a estação se diferencia pela circulação de usuários em transferências, além dos passageiros que tem a origem ou o destino no terminal/estação.

Ainda de acordo com o projeto, a área comportará passageiros à espera do seu ônibus e área de circulação para fluxos de chegada e partida de passageiros, mantendo um nível de serviço recomendável, tanto para filas quanto para a circulação de passageiros e localização das entradas e saídas.

Deck Contemplativo

A segunda proposta consiste na construção de um deck contemplativo na área, que tem o objetivo de oferecer um “local agradável para apreciar o pôr do sol, ao mesmo tempo acessível e que possui uma das mais belas vistas para o mar, tornando-se assim mais um atrativo turístico para a cidade e movimentando o fluxo turístico no histórico bairro de Jaraguá”.

 

A redação do site CadaMinuto tentou contato com alguém responsável pelo projeto e aguarda um posicionamento.