Foto: Ascom PC/AL 748b7878 aa58 4ff6 b603 beff119163d9 Central de Flagrantes I

Por falta de pagamento devido a uma dívida de R$ 1.776,84 por causa de quatro meses de atraso, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) realizou o corte de água da Central de Flagrantes 1, do bairro do Farol, na manhã desta quarta-feira (16).

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol), Ricardo Nazário, chamou a atenção da importância da Central de Flagrantes que atende toda a região da grande Maceió, funcionando 24 horas.

“Os policiais civis vêm trabalhar e se deparam com a falta de água aos presos, à população e para a limpeza do local. Isso é uma ingerência da Delegacia Geral que deixa a Central em situação de caos”, critica.

*com Assessoria