B47eb995 f598 4e7d aafe d1f43d40a0d5

Os servidores contratados da Educação na gestão do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) estão com os salários do mês de abril em atraso. A revolta dos servidores é generalizada nas redes sociais e através de mensagens nas emissoras de rádio principalmente na rádio Pajuçara FM no programa Pajuçara na hora comandado pelo comunicador Ailton Avlis.

O prefeito Rogério Teófilo até o momento não se pronunciou sobre o problema, a secretária municipal de Educação, Mônica Pessoa, por telefone através da Pajuçara FM, colocou a culpa na Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), uma empresa contratada pela Prefeitura da capital do Estado,

A empresa alega que até o momento não consegui organizar a folha de pagamento em razão do alto volume de contratados. Os representantes da Oscip ao serem procurados pelos servidores foram orientados a procurarem a prefeitura.

Diante do impasse os servidores prejudicados pedem a intervenção do Ministério Público do Trabalho pelo fato da relação de trabalho não está definida. O caso deve ser assunto dos vereadores do grupo de oposição ao prefeito Rogério Teófilo na sessão ordinária na noite dessa terça-feira, (15) os vereadores Léo Saturnino (MDB) Moisés Machado (PDT) Rogério Nezinho (MDB) Sérgio do Sindicato (PPS) e Márcio Henrique (PCdoB) vão cobrar da tribuna do Legislativo a solução para o impasse que está prejudicando um grande volume de servidores.