Foto: Assessoria A673ff46 d8e1 4a21 bd41 c45d622c023b

Foi reinaugurado nesta segunda-feira (23), no Bloco Administrativo do Instituto Federal de Alagoas - Ifal Campus Maceió, o auditório Oscar Sátyro, numa solenidade que mesclou saudosismo, alegria e o clima de celebração.  O espaço foi reinaugurado pelo reitor do Ifal Sérgio Teixeira Costa, a diretora geral do Ifal Campus Maceió Jeane Melo e a secretária de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Eline Melo. A  cerimônia de reinauguração teve apresentação cultural do coral Mulheres Cantoras de Paripueira, que fazem parte do programa Mulheres Mil.

Para o reitor Sérgio Teixeira Costa a reinauguração do auditório Oscar Sátyro é a realização de um sonho. O reitor destacou o empenho e profissionalismo da equipe de gestores e projetistas envolvidos na obra e apresentou o auditório como um novo equipamento para a promoção de cultura, conhecimento e educação na capital alagoana. "A realização de uma obra como esta reflete nosso poder de diálogo e articulação, a competência da equipe técnica do Instituto e  a credibilidade que adquirimos junto ao governo federal", avaliou o reitor. "Temos diante de nós um equipamento cultural moderno, um espaço de convivência que volta a ser cenário de grandes eventos para a história do Ifal e também de Maceió", destacou.

A diretora geral do Ifal Campus Maceió Jeane Melo vê a reinauguração do auditório Oscar Sátyro como uma celebração da garra, da competência e do sucesso de quem todos os que "fazem acontecer no Instituto Federal de Alagoas, sem medir esforços pela sua modernização". A gestora destacou a necessidade de um projeto arrojado, com adaptações para segurança e acessibilidade, gerando um novo espaço que agira é realidade dentro da Instituição. "Atendemos todas as normas necessárias em um projeto audacioso que exigiu de todos nós foco, fé e determinação. Hoje temos uma nova realidade e pedimos a toda a comunidade que cuide, mantenha, preserve, pois este é o nosso patrimônio e é preciso cuidado para que ele dure e continue sendo parte de nossa história. Nosso auditório voltou com força total", comemorou a diretora do Campus.

A secretária de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Eline Melo, avaliou o valor auditório como algo muito além do conteúdo material e estrutural: "Num espaço como este,  o valor existente é muito maior que os custos com a obra, estrutura, materiais de construção. Além de toda a estrutura física e dos esforços dos profissionais envolvidos, há um valor inestimável que é o cultural. Temos um novo aparelho educacional, que vai oportunizar a difusão de conhecimento e informação em muitos momentos compartilhados", avaliou a gestora, representando a "parceria" entre a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica e o Instituto Federal de Alagoas.

A solenidade foi concluída com o descerramento da placa e a visita às instalações do novo auditório, que permaneceu aberto à comunidade durante a reinauguração. Além de sediar eventos do Ifal, o novo auditório também está disponível para eventos externos, sendo necessário agendamento prévio .

O AUDITÓRIO

O auditório Oscar Sátyro foi inaugurado pela primeira vez na gestão do professor Breno Lins, em 1979, e reinaugurado após período de reforma e ampliação, o que resultou em um novo e moderno espaço com tratamento acústico, dispositivos anti-incêndio, extintores, áreas de evacuação e vias de acessibilidade, o que inclui rampas com corrimões, plataforma elevatória e banheiros amplos e adaptados. Além das adaptações para segurança e acessibilidade, o novo auditório tem capacidade para 327 pessoas, palco, camarins, sala técnica e sistema de som. A estrutura do antigo auditório foi aproveitada, mas a construção de espaços adaptados, foyer superior (espaço de acesso localizado no piso superior) com copa e depósito, e espaço interno revestido em MDF é totalmente nova.

O novo auditório tem também acabamentos em granito, piso em porcelanato e forro em gesso e PVC. A obra atende às normas de segurança contra incêndios e de acessibilidade. O valor total da obra foi de R$ 1.514.881,85.

O andamento nas obras do auditório Oscar Sátyro foi sido acompanhada por um corpo técnico formado por servidores da Diretoria de Infraestrutura e Expansão (Diex ,vinculada à Pró-reitoria de Desenvolvimento Institucional  -PRDI) e do Ifal Campus Maceió, habilitados para a supervisão dos trabalhos.

OSCAR SÁTYRO

Oscar Sátyro Correia foi professor da Antiga Escola de Aprendizes e Artífices, que, posteriormente, transformou-se na Escola Industrial de Maceió e, depois, na Escola Industrial Deodoro da Fonseca.

O docente atuou na área de Mecânica e Refrigeração, foi admitido na instituição em 01 de fevereiro de 1935 e destacou-se pelo bom relacionamento e constante interação com os alunos, pelo incentivo à aprendizagem e pela valorização das aulas aliadas à prática profissional. O professor assumiu a antiga Coordenadoria de Mecânica e Refrigeração da escola.