Reprodução 004e7287 1730 4dc4 9b89 25b6b6ead47a Renan Calheiros

Em vídeo divulgado nas redes sociais – e encerrado com o apelo “Lula livre” -, o senador Renan Calheiros (MDB) defendeu a transformação das eleições deste ano em Constituinte e a aprovação de “uma nova ordem constitucional”.

 

Ele comentou a visita da Comissão de Direitos Humanos para verificar as condições do petista na prisão e destacou que o Senado não pode errar, não pode “perder o foco”, “como aconteceu no “flagrante forjado pelo MP” contra o ex-senador Delcídio do Amaral”.

 

Para Calheiros, o que está em discussão no momento não são as condições da prisão do ex-presidente Lula (PT), mas se ela é legal ou ilegal, se podem ou não prendê-lo depois da decisão em 2ª instância.

 

“A condição da masmorra é consequência do descumprimento da ordem constitucional... O foco agora é sabermos se alguém pode se colocar acima da Constituição, se o STF vai ou não garantir a Constituição”.

 

Ele prosseguiu dizendo que, depois disso, se for o caso, pede-se que “façam como Sobral Pinto, que evocou a lei de proteção dos animais na defesa de perseguidos e presos políticos durante o Estado Novo”.