Foto: Assessoria 369cbf1d caec 4bf0 9ec6 f61c156348f4 Hospital de Emergência do Agreste

Morreu na tarde dessa quinta-feira, o terceiro suspeito baleado em confronto com a polícia durante a “Operação Ares II” deflagrada na manhã desta quinta-feira, 22, em Arapiraca, no Agreste de Alagoas.

O homem não teve a identidade divulgada. Ele faleceu no Hospital de Emergência do Agreste, onde estava internado desde que foi ferido no confronto.

Tony Paulo Santos Silva, 34 anos, e Edjames Falcão Barbosa, 43 anos, também morreram durante a operação policial.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a “Operação Ares II” é fruto de um trabalho de investigação, que durou mais de cinco meses, em conjunto com a Assessoria Integrada de Inteligência do órgão e das Polícias Civil e Militar.

As facções são acusadas de praticar diversos delitos. Nesta manhã sob coordenação do Delegado Regional de Arapiraca, Thiago Prado, e Comandante do 3º BPM, Capitão Luciano, foram cumpridos 66 mandados de busca e apreensão e 30 de prisão.

A operação contou com apoio institucional da 17ª Vara Criminal da Capital, que expediu os mandados, e do Grupo de Combate às Organizações Criminosas do Ministério Público do Estado (Gecoc).