4ec63248 3e61 49e9 8e0d 772f0c273341

O município de Batalha foi alvo nesta quarta-feira, dia 21, de mais uma etapa de investigação da operação Sururugate. Agentes da Polícia Federal em Alagoas estiveram na cidade realizando diligências no interesse da Operação Sururugate que apura um pretenso desvio de recursos públicos da folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas – ALE.

Sobre a Operação Sururugate, que teve início em março de 2017, as investigações dizem respeito a um suposto esquema de desvio de recursos da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), por meio de servidores fantasmas, muitos deles com cadastro no programa Bolsa-Família do Governo Federal.

A Operação Sururugate foi desencadeada em conjunto com a Controladoria Geral da União - CGU quando da realização de trabalhos iniciais de cruzamento de dados e posterior auditoria em beneficiários do Programa Bolsa-Família que, supostamente, faziam parte dos quadros funcionais daquela Casa Legislaiva.

Foram identificadas também declaração de informações da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS); acumulação ilegal de cargos e empregos públicos; percepção de benefícios sociais, previdenciários e da reforma agrária em desacordo com a lei; e pagamentos a servidores após registro de óbito no Sistema de Controle de Óbitos (SISOB).

*Com Ascom PF/AL