6a99ee1a d3e0 43ed 869e f79688e482fc

De 13 a 17 de março, Salvador na Bahia reúne  diversos mundos, muitas causas sociais e  mais de 60 mil pessoas durante cinco dias. Acontece o Fórum Social Mundial que tem  como tema central “Povos, Territórios e Movimentos em Resistência”, e o slogan “Resistir é criar, resistir é transformar”.

Mais de 1.300 atividades serão oferecidas ao público presente. Serão  120 países, povo, ideais, ideologias  debatendo, definindo novas alternativas e estratégias de enfrentamento ao neoliberalismo, aos golpes e genocídios que diversos países enfrentam na atualidade.

O racismo e suas conseqüências genocidas serão debatidas por coletivos, organizações e entidades do movimento negro do país.

O Fórum Social Mundial é uma iniciativa da sociedade civil organizada, nascida em Porto Alegre, em 2001.

O FMS em Salvador é o terceiro, do qual o Instituto Raízes de Áfricas participa tendo como objetivo aprofundar a reflexão coletiva, troca de experiências buscando assim o fortalecimento da luta antirracista.

O Instituto Raízes de Áfricas fez mais três  outras participações no FMS acontecidas em Porto Alegre.